Restauração de tela de Rembrandt será transmitida ao vivo pela internet

As transmissões ao vivo, mais conhecidas como lives, têm feito cada vez mais sucesso na internet. Artistas, youtubers, empresas e até canais de TV têm apostado na ferramenta, e uma das lives mais interessantes de todas está programada para julho de 2019.

O Rijksmuseum, de Amdsterdã, é o museu nacional dos Países Baixos, com um enorme acervo de pinturas de grandes nomes da arte holandesa, incluindo, é claro, o mestre Rembrandt, e constantemente conduz processos de restauração das obras para manter tudo nos trinques.

As restaurações são complexas e geralmente feitas em salas especiais, com acesso restrito a especialistas nas técnicas. Nada que a tecnologia não dê um jeito: no ano que vem, a famosa tela A Ronda Noturna será restaurada com transmissão ao vivo pela internet.

O projeto é estimado em milhões de euros, e dará sequência à última restauração da obra, feita em 2014. A tela será restaurada dentro de uma câmara de vidro, e os visitantes do museu também poderão acompanhar o processo.

A tela A Ronda Noturna tem uma particularidade infeliz: em 1975, um homem com problemas psiquiátricos usou uma faca para causar danos à pintura, que foi restaurada e quase não apresenta traços do vandalismo – é possível perceber a descoloração onde a faca passou, especialmente perto do cachorro deitado.

Dez anos depois, um ácido em forma de aerossol foi usado em outra tentativa de arruína-la, mas a segurança agiu rápido e evitou maiores danos – mesmo assim, A Ronda Noturna foi novamente restaurada e logo voltou a ser exibida no Rijksmuseum.

Fotos: Domínio Público/fonte:via

Busca por selfies radicais já matou mais de 250 pessoas entre 2011 e 2017

O que você se dispõe a fazer em troca de uma selfie incrível, aquela foto impressionante, capaz de atrair centenas de curtidas, vários novos seguidores e, quem sabe, impulsionar uma carreira como digital influencer?

Existem na internet relatos de pessoas que alugam roupas, carros e até alugam diárias em hotéis de luxo para produzirem fotografias que elas consideram interessantes o suficiente para bombar nas redes sociais. Mas há também quem arrisque a própria vida.

De acordo com um estudo publicado na Biblioteca Nacional de Medicina dos EUA, foram registradas exatamente 259 mortes relacionadas a selfies arriscadas ao redor do mundo entre 2011 e 2017.

O número está crescendo bastante: em 2011, foram apenas 3 fatalidades do tipo, enquanto 2016 registrou 98 ocorrências, além de 93 casos em 2017 (o estudo não leva em conta o mês de dezembro de 2017).

Para fazer o estudo, os pesquisadores escolheram palavras-chave para procurar notícias sobre mortes relacionadas a selfies em sites de notícias do mundo todo. Isso significa que o número de casos pode ser ainda maior.

De acordo com os dados, os países com maior número de mortes do tipo são, na ordem, Índia, Rússia, Estados Unidos e Paquistão. 72,5% dos mortos eram homens e 27,5% eram mulheres, e a idade média das vítimas fatais é de 22,9 anos.

A maioria das mortes esteve relacionada a quedas e afogamentos, com o topo de montanhas, de prédios e lagos como os locais mais comuns para as mortes. Ataques de animais, eletrocussão e mortes por armas de fogo também aparecem com frequência.

Como conclusão do estudo, os pesquisadores sugerem que pontos turísticos com locais perigosos para selfies deveriam determinar que nas áreas mais arriscadas seja proibido o uso de câmeras e smartphones para tirar fotos.

Fotos: Reprodução/Internet/fonte:via

ICQ, MSN e telefone fixo: museu reúne acervo com sons da sua infância

A máxima do tempo ser implacável é um fato mais do que sabido. Todavia, a percepção de sua passagem é um fato muito mais complexo de lidar. Pense bem, desde a virada do século (quase há 20 anos) muitos equipamentos tecnológicos que fizeram parte da vida de gerações, não são mais úteis.

Na verdade, objetos como telefone fixo e a máquina de escrever estão praticamente extintos. Pergunte para um adolescente se ele tem ideia do que era viver sem conexão com a internet ou ouvir música no rádio. Com algumas poucas exceções, a resposta será negativa.

Para preservar o ruído de itens agora quase obsoletos, o Museum of Endangered Sounds recolheu em um site mais de trinta sons em perigo de extinção. O objetivo do corpo curatorial é preservar lembranças auditivas e surgiu a partir da reunião de três publicitários norte-americanos.

Phil Hadad, Marybeth Ledesma e Greg Elwood encontraram um meio de alimentar a nostalgia saudável de quem assiste seus aparelhos favoritos sendo substituídos por novas máquinas. Finalmente estamos entendendo nossos pais.

O acervo do museu conta com o som do toque do telefone sem fio, os efeitos sonoros da digitação numa máquina de escrever, o tema do Windows 95 e até o ruído do bichinho virtual. Nós separamos mais alguns pra você revisitar tempos que não voltam mais.

Notificação de mensagem do MSN

Toque do celular Nokia

Som da Internet discada

Windows 95

Som do ICQ

Som do Yoshi

Som caixa registradora

Som do orelhão

Fita cassete rebobinando

Foto: Reprodução/fonte:via

Esta garotinha é uma instrumentista de mão cheia e quer se tornar a melhor baterista do mundo

Se uma das coisas mais fascinantes da vida é assistir uma criança tocando com perfeição qualquer instrumento que seja, o que diremos então de uma garotinha de apenas 8 anos, que toca mais de um, muito melhor do que muito adulto por aí e, ainda por cima, tem um super bom gosto musical?

Yoyoka Soma é uma japonesinha muito bem decidida, que já sabe exatamente o que quer ser quando crescer: a melhor baterista do mundo. Com menos de uma década de vida ela já toca perfeitamente o clássico “Good Times Bad Times”, do Led Zeppelin e, é a mais nova sensação da internet. Porém, seu talento não fica restrito ‘apenas’ à bateria, já que ela também é tecladista e canta!

Ela começou a tocar com apenas 2 anos, influenciada pela família super musical. Com pais cantores e compositores, aos 4 ela já se apresentava em concertos em sua cidade, com a banda ‘Kaneaiyoyoka’ que possui com seus pais e irmão.

Muito mais do que uma criança prodígio, Yoyoka é a prova viva de que mulheres podem, sim, ser o que quiserem. Inclusive, o próprio Robert Plant – vocalista do Led Zeppelin, uma das bandas de rock mais icônicas do mundo, já deixou clara sua admiração pela encantadora garota:

Não dá pra não se apaixonar!

Fotos: Kaneai Yoyoka /fonte:via

Estas 20 fotos disputam prêmio de melhor clique para o Instagram

Estima-se que 60 milhões de fotos sejam publicadas no Instagram diariamente – já são mais de 20 bilhões desde que o aplicativo foi criado. Pensando na quantidade de ótimas imagens que podem se perder em meio ao feed sempre se atualizado, uma empresa britânica resolveu criar o primeiro Prêmio de Fotografia do Instagram.

De acordo com a Photobox, que organiza o concurso, foram mais de 180 mil fotos inscritas desde julho. O processo é gratuito e obedeceu regras simples, como as imagens terem sido publicadas nos últimos 12 meses. São dez categorias diferentes, com cada vencedor embolsando 500 libras como prêmio (cerca de R$2,7 mil), além de 5 mil libras (cerca de R$27 mil) para o ganhador geral.

Os ganhadores serão anunciados no dia 3 de outubro. Enquanto isso, a organização divulgou uma https://www.pipa2018.com/shortlist/lista de finalistas, com cerca de 15 por categoria, para aguçar a curiosidade do público. Confira algumas das mais legais:

Viagem

Animais

Moda

Amor

Paisagem

Festivais

#NoFilter

Arte, Cultura e Estilo

Esporte

Família

Fotos: Divulgação/Photobox /fonte via

Instagram X realidade: artista alemã brinca com a verdade por trás das fotos ‘perfeitas’

Quase todo mundo já se pegou insatisfeito com alguma coisa em sua vida e decidiu pegar o celular para dar uma distraída. Uma rolagem rápida pelo feed do Instagram e logo o dia a dia de todo mundo parece muito melhor que o seu. Familiar?

A artista alemã Geraldine West não gosta dessa ideia, e usou a própria rede social para brincar com a ilusão de vida (alheia) perfeita que o Instagram ajuda a construir.

Para isso, ela criou uma série simples em que publica a versão “Instagramizada” de momentos corriqueiros ao lado de registros de como a mesma situação se passaria com pessoas normais, que pouco têm a ver com as produções caprichadas que tomam o Instagram.

Fotos via Geraldine West  /fonte via

Como estão hoje os protagonistas dos seus memes favoritos

Os memes são esta coisa fantástica que nasceu junto com o amadurecimento da internet. No começo se tratavam de artes, digamos, rústicas, que em seguida foram substituídas por rostos de pessoas.

E claro, como as pessoas têm histórias, estes rostos – eternizados no mundo inteiro, não são diferentes. Então, você certamente já se perguntou em como estão estrelas de memes célebres, com o da menininha sorridente enquanto uma casa voa pelos ares ou o aquela garotinha loira fofinha com  uma expressão de…estranhamento, talvez? Não sabemos, afinal ela é usada para todas as situações possíveis.

O Bored Panda teve a sensibilidade de nos mostrar como estão estas celebridades das redes sociais nos dias de hoje e os resultados vão aquecer seu coração. E atualizar o seu estoque de memes.

1- A Garota do Desastre (Zoe Roth)

Não, a icônica fotografia não é montagem. Na verdade ela foi tirada por Dave Roth, em janeiro de 2004, enquanto o corpo de bombeiros da cidade de Mebane, Carolina do Norte, apagava um incêndio em uma casa duas quadras da sua.

Enquanto fotografava o incêndio, Dave clicou sua filha, Zoe, com um sorriso maquiavélico de frente para a residência em chamas. Mais de 10 anos depois, a jovem diz que “amou o meme, que me ajudou a entrar na faculdade. Porém, eu gostaria que as pessoas me conheçam pelo que eu sou”.

2- A Olhada de Chloe (Chloe)

Muitas vezes os memes falam por nós. Sabe aquela descrição perfeita para um momento de desconforto ou estranheza? O vídeo de Chloe cai como uma luva. E assim vem sendo pelos últimos cinco anos.

Tudo começou em setembro de 2013, quando foi publicado no YouTube o A Surpresa da Disney de Lily….de novo. Trata-se de uma filmagem feita pela mãe da jovem Chloe.  

No vídeo as duas estão acomodadas no banco de trás do carro quando recebem a notícia de que irão para a Disney. A reação é impagável, principalmente de Chloe, que apesar de não dar nome ao conteúdo, foi imortalizada pela rede.

Enquanto a irmã mais velha cai no choro, Chloe nos brinda com um olhar peculiar. Um atitude de espanto e desconfiança diante de uma ‘notícia boa demais para ser verdade’. Agora crescida, seu olhar ficou ainda mais encantador. O vídeo original da Side-Eyeing Chloe (algo com ‘Chloe Olhando de Canto de Olho) tem mais de 17 milhões de visualizações.

3- Tentando segurar um pum perto de uma garota bonita na sala

Em março de 2014, Redditor aaduk_ala colocou no ar uma fotografia intitulada ‘Tentando segurar um pum perto de uma garota bonita na sala de aula’. Com as veias saltadas e uma evidente cara de sofrência, o rapaz fez milhões de pessoas rirem. Aqui pra nós, quem nunca se identificou? Só quem é sabe.

Será que o rapaz se relaciona bem com o fato de ser associado com uma coisa natural, mas que muita gente prefere não falar sobre? Michael McGee disse que curte ser famoso, porém se arrepende de não ter ganhado dinheiro com a fama repentina.

“Eu curto ser a celebridade da internet. Agora, me arrependo de não ter registrado os direitos da imagem, porque poderia ter feito muito dinheiro com isso”.

4- Bad Luck Brian (Kyle Craven)

Estamos diante de um engano. Sim, o rapaz vestindo camisa polo e um suéter colorido não é quem vocês pensam que é. Brian, comumente associado com a má sorte, é na verdade Kyle Craven. Pouco se sabe sobre o garotinho da foto postada originalmente em 2012 por um amigo de longa data.

5- O cara mais fotogênico do mundo (Zeddie Smith)

No boa, quem consegue sair bem na foto enquanto corre uma maratona? Só por este dom, Zeddie Smith tem todas as credenciais de ser um meme histórico. O cara ridiculamente fotogênico ganhou fama depois da corrida de Cooper River Bridge, de 2012.

Literalmente com espírito esportivo, ele diz que não sabe como aconteceu, mas ‘me senti honrado em ser parte da piada. Foram reações bacanas, porque algumas vezes a internet pode ser espaço de brincadeiras ofensivas. Mas, na maioria das vezes, são piadas de bom gosto.

Com a humildade digna de quem faz inveja para meio mundo, Zeddie diz “achar engraçado as pessoas gostarem disso. Talvez seja a melhor maneira de ficar famoso nas redes sociais”.

6- Namorada super dedicada (Laina Morris)

Além dos temores (claramente não confirmados) de fim do mundo, 2012 foi o ano em que Boyfriend, canção lançada por Justin Bieber, tocou, tocou e tocou repetidamente nas rádios.

Daí, Laina Morris, ciente da potência da internet, resolveu virar meme. Veja, estamos diante de um caso onde a pessoa decididamente opta pela fama memestica. Para participar de um concurso de promoção da marca de perfumes de Bieber, Girlfriend, a jovem postou um vídeo com uma paródia da música.

Pronto! Aquele olhar meio….deixa pra lá, causou rebuliço na web. Mas, para Liana as coisas passaram um pouco do ponto. “Estranhos invadiram meu Facebook. Eles encontraram meu trabalho e tentaram acessar meu histórico escolar”, recorda.

7- Good Luck Charlie (Mia Talerico)

Gente, essa é uma cena tirada do seriado Good Luck Charlie, exibido pelo Disney Channel. A garota com expressões marcantes e caprichadas é Mia Talerico, referência para quando precisamos dar aquela respostinha: ‘eu não sei!’

8- Garoto de sucesso (Sam Griner)

Este aqui é um dos precursores dos memes. Oriundo do longínquo ano de 2007, a imagem foi tirada por Laney Griner, mãe do garoto. Para alguns ele estava querendo destruir castelos de areia. Mas, a internet consagrou ele como sinônimo de sucesso. Segundo a mãe, até hoje a criança fica com vergonha ao ser associada com o meme.

9- Ermahgerd (Maggie Goldenberger)

O meme emergiu pela primeira vez em março de 2012. Estamos falando que este foi um ano importante na história da humanidade. A garota na imagem é Maggie Goldenberger. Ela diz que a imagem foi criada quando estava na quarta ou quinta série e seus amigos resolveram fantasiá-la.

10- Scumbag Steve (Blake Boston)

Reddit. Janeiro de 2011. Um usuário na caixa de comentários do site teve sua vida transformada quando as pessoas notaram sua fotografia de boné pra trás, jaqueta e um olhar a lá Beckstreet Boys.

“Eu não tenho arrependimentos na vida. Não importa o que eu faça. Eu posso estragar tudo e ainda assim não vou me arrepender. No fim do dia é isso que faz eu ser quem sou. Então, eu não apagaria nada se pudesse voltar no tempo”, revelou Weezy B.  

Fotos: Reprodução/fonte:via