Fotos raras mostram vida do homem mais alto que já viveu na Terra

Robert Wadlow nasceu em 22 de fevereiro de 1918 e, embora ninguém tenha previsto, o bebê aparentemente normal ia crescer e se tornar o homem mais alto do mundo.

O crescimento extraordinário de Wadlow aconteceu devido a uma hipófise hiperativa – isso o levou a crescer a uma taxa impressionante logo após o nascimento. Com 5 anos tinha 1,63 m e precisava usar roupas destinadas a um jovem de 17 anos. Três anos depois, aos 8 anos, chegou a 1,87m e 90 quilos, superando a altura e peso de seu próprio pai.

Não há como negar que Wadlow era uma criança extraordinária, no entanto seus pais tentaram tornar sua vida o mais normal possível. Não foi fácil para ele participar de atividades regulares, porque eram necessárias algumas adaptações. Quando aos 13 anos de idade ele se tornou o escoteiro mais alto do mundo, usava um uniforme feito sob medida e tinha uma barraca e um saco de dormir modificados de acordo com sua altura.

O gigante quebrou o recorde de homem mais alto do mundo quando atingiu a altura de 2,53 metros aos 18 anos. No entanto, ele sofria de fraqueza e falta de sensibilidade nas pernas e pés, e precisava de suspensórios nas pernas e uma bengala para andar. Em 1940, uma órtese mal colocada no tornozelo provocou uma bolha que infeccionou e o levou a óbito em 15 de julho de 1940 aos 22 anos de idade.

Antes de sua morte, os médicos haviam medido sua altura: 2,72 metros. As últimas palavras do gigante foram “O médico diz que eu não vou chegar em casa para as celebrações”. Ele estava se referindo as bodas de ouro de sua avó paterna.

Veja algumas fotos do gigante:

Imagens: Reprodução/fonte:via

Anúncios

15 imagens mostram por que o Japão não é igual a nenhum outro país

Os japoneses parecem estar muito à frente do nosso tempo. A sensação é de que tudo funciona perfeitamente bem no país – e talvez não seja apenas uma sensação…

Essas 15 imagens mostram algumas das coisas que fazem com que o Japão seja um lugar tão único (e você vai morrer de vontade de ver tudo se repetir por aqui também!).

1. Elevadores equipados com água, desodorante, lanterna, papel higiênico e um BANHEIRO DE EMERGÊNCIA

2. A companhia de trem se desculpou por um atraso de 20 segundos

3. Você pode acender apenas metade da lâmpada do abajour

4. A equipe do aeroporto organiza as malas por cores

5. É assim que se espera o trem no Japão

6. Os mictórios são equipados com um jogo

7. O jeito certo de subir as escadas

8. “Bati acidentalmente na sua bicileta e quebrei o sino”, diz o bilhete

9. A descarga do banheiro reutiliza a água da lavagem das mãos

10. Até a comida de hospital é boa no Japão

11. E os banheiros têm uma cadeirinha de bebê

12. Na Copa de 2014, eles ficaram mais tempo no estádio para limpar a sujeira

13. Como é ser cego no Japão

14. Durante a greve, os motoristas de ônibus continuavam dirigindo, mas se recusaram a aceitar o pagamento das passagens

15. Há mais de 300 faixas de pedestres na diagonal para atravessar a rua com mais segurança

Créditos das fotos sob as imagens/fonte:via

As árvores de São Francisco são (quase) esculturas naturais

A fotógrafa Kelsey McClellan, conhecida por sua série Wardrobe Snacks, captura as extravagantes árvores do subúrbio de São Francisco. Residente na cidade californiana há 2 anos, a artista americana fotografa essas criações incríveis da natureza – verdadeiras esculturas de plantas. Caminhando pelas ruas, ela descobre arbustos maravilhosos com formatos cada vez mais excêntricos.

Conheça a série de imagens:

Fotos: Kelsey McClellan /fonte:via