Sacolinha de amido de mandioca se dissolve na água quente evitando poluição

“Eu não sou de plástico”, é assim que a sacolinha de amido de mandioca se apresenta. Desenvolvida pela Avani Eco, empresa de Bali, na Indonésia, ela é totalmente biodegradável, pode ser reciclada como papel e dissolve na água.

Por não ser tóxica, a sacola desaparece com um simples copo de água quente e depois pode até ser bebida. Além de contribuir para a diminuição da produção de produtos plásticos, o objeto não-tóxico também ajuda no consumo racional de água. A invenção é resultado do trabalho do biólogo Kevin Kumala.

O preço sugerido para comercialização é de R$ 1, por volta de 405 rupias indonésias. Mas para ser vendida é necessário que os pedidos atinjam a marca de pelo menos 5 mil unidades.

Para especialistas os debates sobre o uso do plástico serão os grandes protagonistas da primeira metade do século 21. Atingindo níveis preocupantes, o item está sendo banido em países europeus e também no Brasil. Recentemente o McDonald’s anunciou a substituição do canudinho de plástico pelo de papel em todas as unidades britânicas. No Rio de Janeiro uma lei prevê o banimento dos canudos em bares da capital fluminense.

Foto: Reprodução/fonte:via

Fotógrafo usa caixa de hambúrguer para iluminar seus retratos e mostra como criatividade é tudo

O fotógrafo francês Philippe Echaroux, conhecido por suas fotos de celebridades, está habituado a usar equipamentos de última geração nos seus ensaios. As melhores lentes, câmeras e iluminação sempre estão disponíveis ao talentoso fotógrafo, que é especialista em retratos.

Mas recentemente ele foi desafiado a abrir mão de tudo isso para mostrar que, com um pouco de criatividade, a fotografia pode ser acessível à todos. O The Big Mac Challenge, como foi chamado, levou Philippe a utilizar uma caixinha do tradicional hambúrguer do McDonald’s como base da iluminação para suas fotos.

O fotógrafo ainda utilizou uma lanterna e um canudo para criar a engenhoca, que foi acoplada em um iPhone. Foi também no celular que ele editou todas as imagens, e para isso três aplicativos foram usados: VSCO CAM, Photoshop Fix e Lightroom Mobile. O resultado foi nada menos do que maravilhoso, confira:

 

Imagens © Philippe Echaroux/fonte:via