Puma oriental é oficialmente extinto e deve ser ‘substituído’ por leões da montanha



puma oriental extinto 2




2019 mal começou e vem recheado de notícias tristes. O Puma oriental acaba de ser oficialmente decretado como extinto, disseram autoridades do Serviço de Pesca e Vida Selvagem dos Estados Unidos. O animal, que já foi retirado da lista dos animais em extinção, será ‘substituído’ por pumas ocidentais, também chamados de leões da montanha, já que os grandes carnívoros são necessários para manter a rede alimentar selvagem saudável.

puma oriental extinto 1

A reintrodução de pumas ocidentais diminuirá a população de veados e ajudará a reduzir as doenças transmitidas por carrapatos que são prejudiciais aos seres humanos, em áreas que vão do Quebec – Canadá, à Carolina do Sul – nos Estados Unidos. Sem o puma, a população de cervos disparou, causando desequilíbrio na natureza, como o declínio do crescimento das árvores e a ameaça à vida dos pássaros, que ficam sem vegetação rasteira para se protegerem.

puma oriental extinto 2

Mais uma espécie desaparece do planeta por causa da caça e da ação humana, que vem destruindo os habitats naturais de diversos animais. Embora seja extremamente triste que o puma do leste tenha sido extinto, os especialistas esperam que a reintrodução de outro predador ajude o meio ambiente a longo prazo. Até quando?

puma oriental extinto 3

Fotos: Pinterest/ fonte:via

Resort no Canadá cria ponte de 130 metros a 2,5 mil metros de altura

O medo de altura pode ser tão perturbador que muitas vezes simplesmente assistir a um vídeo ou mesmo uma foto mostrando um lugar alto é capaz de provocar incômodo, suores nas mãos e aquela vertiginosa sensação nas pernas e na sola do pé. Se você é uma dessas pessoas, fuja dessa matéria – e, mais ainda, não faça planos de visitar o Vail Resort, um resort de esqui no Canadá que acaba de inaugurar a mais alta ponte da América do Norte. Se você é viciado em adrenalina, no entanto, a Cloudraker Skybridge foi feita sob sua medida.

Construída entre o pico da montanha Whistle e a West Ridge, a ponte se estende sobre o vale a cerca de 2500 metros de altura. Com 130 metros de uma ponta a outra, a Cloudraker Skybridge foi construída utilizando 101 módulos de aço de 226 quilos, e é sustentada somente por quatro cabos, cada um tensionado em mais de 36 toneladas. Aos corajosos, a aventura oferece a recompensa de uma vista única e espetacular em 360º.

Para atravessar a ponte, que fica aberta o ano todo, é preciso comprar um ingresso ou possui um vale para esquiar na montanha pela temporada. A Cloudraker Skybridge a parte de uma série de investimentos no valor de 66 milhões de dólares que o Vail Resort vem fazendo nas montanhas dessa região do Canadá. Se você é destemido, vá – senão, melhor só enfrentar seu medo de altura por fotos, ainda que a impressão seja de que iremos tombar do alto de nossos sofás.

© fotos: reprodução/fonte:via

Fotografias mostram a magia dos nevoeiros nas florestas da Alemanha

Florestas ensolaradas, montanhas cobertas de névoa, campos floridos ou simplesmente o céu estrelado. O trabalho do fotógrafo alemão Oliver Henze é um apaixonado pelos elementos da natureza. Ele é particularmente fascinado pela floresta: “Quanto pior o tempo, mais interessantes os motivos. Isso fica especialmente claro com a formação de névoa mística”, relata o artista.

Com a ajuda de sua lente, ele captura momentos únicos para cada imagem. O trabalho de Henze é um passeio visual pela natureza. Há mais de 10 anos ele vive na pequena aldeia de Wernigerode, na Alemanha. Segundo ele, caminhadas noturnas no Brocken, montanha situada na cordilheira do Harz, ao norte do país europeu, e passeios regulares pelas paisagens rochosas do Bodetal sempre dão origem a fotos muito especiais e raras. “Claro, um pouco de sorte é necessário, mas quando você começa, geralmente encontra a melhor inspiração no inesperado”, descreve Henze.

Seu trabalho pode ser visto em seu site e no Instagram.












 

Fotos: Oliver Henze/fonte:via

Esse fotógrafo amador viajou pelo Canadá para ganhar portfólio – e conseguiu

O jovem Ethan Chin, de apenas 17 anos, colocou na cabeça que gostaria de realizar uma viagem para as Montanhas Rochosas, no Canadá, logo que se formasse no Ensino Médio. Ele havia começado a estudar fotografia há pouco mais de um ano e queria fazer fotos para montar seu portfólio.

Porém, Ethan não tinha carro e, por ser muito jovem, também não conseguiria alugar um. O jovem começou então a buscar um meio de transporte alternativo, até que teve a ideia de partir em sua bicicleta mesmo.

Durante meses, Ethan treinou religiosamente para que conseguisse dar conta da viagem, que duraria dias. Em junho de 2017, logo depois de se formar no colégio, botou o pé na estrada. E no dia 21 de julho, finalmente chegou ao Parque Nacional Jasper, na província de Alberta, no Canadá. Segundo o jovem, a viagem foi uma verdadeira lição de vida. E o resultado transparece nas suas imagens, confira:

HoneymoonLake-800x534

IcefieldsParkway-800x534

cyclingthecanadianrockies-800x534

TwoJackLake-800x534

HerbertLake-800x534

LakeLouise-533x800

MoraineLake-800x534

Todas as fotos © Ethan Chin/fonte:via