Serena Williams está arrasando com seu tutu no Aberto dos EUA

Algumas pessoas insistem em se opor ao avanços. Foi o caso do corpo diretivo do Roland Garros, tradicional torneio francês, vencido por Serena Williams três vezes. Os responsáveis pela direção do aberto decidiram banir a roupa inspirada no filme Pantera Negra.

Segundo o presidente da Federação Francesa, Bernard Giudicelli, a norte-americana precisava “respeitar o jogo”. Lembrando que o figurino desenvolvido pela Nike para Serena Williams levava em consideração os problemas enfrentados por ela depois de dar à luz.

“Me senti uma guerreira naquela roupa. Uma verdadeira princesa de Wakanda. Eu estou usando calças quando jogo, assim consigo manter o sangue circulando. É uma roupa engraçada, mas ao mesmo tempo, funcional”, declarou.

A repercussão foi grande e muitas pessoas apoiaram a decisão da atleta. Fazendo vista grossa, a multi-campeã preparou uma surpresa para a estreia no Aberto dos Estados Unidos. Williams apareceu na quadra no bairro do Queens, em Nova York, vestindo um tutu  preto.

Durante entrevista coletiva antes da estreia no US Open, Serena Williams resolveu colocar panos quentes e ressaltar a boa relação com Giudicelli. “Nós já conversamos e está tudo certo, gente”, finalizou.

Polêmicas de lado, o tutu foi um arraso e ela repetiu a dose na segunda partida. Desta vez, Williams jogou toda de lilás. O design é de autoria de Virgil Abloh e faz parte da linha QUEEN, colaboração entre o artista e a Nike. Claro, inspirada na diva Serena.  

Fotos: Reprodução/fonte:via