Fotógrafa transforma piscina e nadadoras em arte surrealista com pitada de Wes Anderson

Os fotógrafos costumam se especializar em um tipo de fotografia. Se alguns possuem um talento natural para clicar paisagens, enquanto outros preferem fazer retratos, não seria diferente com Maria Svarbova, fotógrafa baseada na Eslováquia, que é conhecida por retratar piscinas.

A artista, que gosta de fotografar espaços públicos do século 20, possui uma estima especial pela arquitetura socialista, que traz toda uma estética retrô minimalista, que se comunica muito bem com as técnicas digitais que ela usa para compor suas séries.

Misturando cores fortes e detalhes com artimanhas como clonar digitalmente o mesmo retrato em uma única composição, ela consegue criar uma arte enigmática, incomum e surrealista, algo que nos remete naturalmente à estética dos maravilhosos filmes de Wes Anderson. Não tem como ficar indiferente!

Fotos: Maria Svarbova /fonte:via

Anúncios

Estas boias gigantes de animais são tudo que você sempre sonhou

Já passou o tempo das boias de piscina individuais. Elas podem até ser divertidas, mas estas boias gigantes com capacidade para até seis pessoas são muito melhores!

O Sam’s Club acaba de disponibilizar três modelos destas boias que prometem fazer a alegria deste (finzinho de) verão. Você e seus amigos poderão escolher entre flutuar sobre um unicórnio, pavão ou flamingo.

A boia tem capacidade para até 600 quilos, conta com suporte para seis copos e os modelos na versão flamingo e pavão ainda vem com um cooler embutido. Seria um sonho?

Cada produto sai por US$ 149,98 (cerca de R$ 500) no Sam’s Club, mas todos os modelos estão temporariamente esgotados no site da empresa. Com alguma sorte, ainda é possível conseguir um deles em uma loja perto de você.

 

Fotos: Reprodução Sam’s Club/fonte:[via]

Ensaio de Marilyn Monroe na piscina para refrescar em grande estilo

Marilyn Monroe sempre foi um furacão. Seus ensaios fotográficos arrebatavam corações e exalavam ousadia. Mesmo suas fotos antes da fama já insinuavam que ali existia um talento raro e a cada clique ela parecia mais desenvolta frente às câmeras.

Quando ela foi morena, as fotos feitas para a Playboy e usadas sem o seu consentimento, e até mesmo uma série de imagens clicadas quando a diva tinha apenas 19 anos. Nenhum destes ensaios é tão polêmico quanto as fotos clicadas por Lawrence Schiller nos bastidores das filmagens do filme “Something’s Got to Give”, dirigido por George Cukor, em 1962.

Para uma sequência do filme, Marilyn nadava apenas com um biquíni cor da pele, insinuando estar nua. Após filmar a cena, ela teria até mesmo removido essa peça para clicar fotos publicitárias para o filme, como conta o IMDB. Um gesto extremamente ousado para a época, que rendeu cobertura internacional às gravações.

Apesar de tudo, Marilyn foi demitida da produção de “Something’s Got to Give” e novamente contratada, porém faleceu antes de que as gravações terminassem, em 1962. O filme permaneceu em sigilo até 2001, quando foi restaurado e divulgado como um curta-metragem de 37 minutos.

Mesmo assim, as fotos do ensaio continuam sendo algumas das mais polêmicas da carreira da atriz. Espia só!


Fotos: Lawrence Schiller /fonte:via

Como funcionam as piscinas biológicas, que substituem cloro por plantas

Por maior que seja o prazer de mergulhar em uma piscina, e por mais benesses para a saúde que o hábito de nadar possa nos trazer, o fato é que muitas vezes a quantidade de cloro e químicos presente na água podem fazer um mal danado para nossa pele e corpo em geral. Tais agentes são usados em piscinas para eliminar bactérias e fungos mas, antes que junto eliminem parte de nossa saúde, alguma pessoas vêm utilizando uma alternativa mais saudável, agradável e bonita ao cloro: plantas aquáticas.

São as chamadas piscinas biológicas, que basicamente utilizam micro-organismos e plantas como filtros para a água. Para tal, divide-se a piscina em uma parte para nadar e outra para as plantas – o que é importante, pois protege o banhista de nadar entre as plantas, que podem conter insetos e girinos.

Através da fotossíntese, as plantas produzem biomassa, que serve como alimento para os micro-organismos. São eles que transformam a matéria em substâncias inorgânicas, como dióxido de carbono e sais minerais, fundamentais para o crescimento das plantas e para a conclusão de todo o ciclo.

A piscina precisa ser construída em um buraco escavado, de pelo menos 10 por 15 metros, com uma tela impermeável protegendo-a. As plantas – criadas em viveiros por empresas especializadas – purificam a água liberando oxigênio durante a fotossíntese.

Ainda que o custo de fabricação possa ser um pouco elevado, os custos posteriores são mínimos, pois não exige equipamentos elétricos nem produtos químicos – chegando a um resultado arquitetonicamente incrível, natural e delicioso – é, afinal, como ter um lago natural em sua própria casa.

A empresa liberou um tutorial em vídeo para a fabricação das piscinas.

© fotos: divulgação/reprodução/fonte:via

Piscina na Califórnia recria quadro ‘A Noite Estrelada’, de Van Gogh

A Noite estrelada de Van Gogh é, sem dúvida, uma das obras de arte mais admiradas da cultura ocidental.

Tanto, que na Califórnia, o proprietário de uma casa, decidiu eternizar a obra do artista holandês de um jeito bem especial e diferente: com uma piscina reproduzindo a pintura original.

Um usuário do Reddit compartilhou fotos da obra-prima aquática, explicando que o pai de seu amigo é o empreiteiro que criou e capturou imagens via drone.A piscina incrível é apenas um dos elementos elaborados na incrível propriedade, embora certamente seja o mais original.

A única desvantagem é que a maravilhosa obra só pode ser totalmente apreciada a partir de uma visão aérea.

Imagens: Reprodução/fonte:via

Após a morte de sua mulher, esse homem de 94 anos construiu uma piscina no jardim pra ter a companhia de crianças vizinhas

O norte-americano Keith Davison nunca soube o que era solidão, já que por 66 anos foi casado com Evy, e com ela formou uma grande e feliz família. Com a vida adulta, os filhos logo se mudaram da casa dos pais, e com isso o casal passou a morar sozinho, se tornando ainda mais unido e companheiro um do outro.

Mas no início do ano passado tudo mudou, quando Evy faleceu de câncer e Keith se viu sozinho, mergulhado no silêncio de sua enorme casa. “Você não pode imaginar o quanto é difícil. Você chora muito. E é porque ela não está aqui“, disse o juiz aposentado ao canal Kare 11.

E foi para fugir da solidão que Keith teve uma ideia bastante inusitada. Resolveu construir uma piscina no jardim da sua casa, para que todas as crianças de vizinhança pudessem brincar lá. A reforma ficou pronta no início deste ano, mas o aposentado resolveu manter segredo até o mês passado, quando as férias escolares iniciaram.

“Isso é espalhar alegria e felicidade pelo nosso bairro e para essas crianças (…). Ele é um homem muito humilde e amável”, disse uma vizinha de Keith à revista People. Agora, o simpático senhor de 94 anos nunca mais estará sozinho!

 

Via © Bored Panda/fonte:via