Fotógrafo alemão retrata cenas do verão com cliques simétricos

Os amiguinhos virginianos vão pirar nessas fotos que mostram toda a geometria do verão – e a última vez que eles foram tão felizes foi com essas fotinhos de nado simétrico.

Vista aérea de uma praia repleta de guarda-sóis dispostos simetricamente

Os cliques são do fotógrafo alemão Bernhard Lang que já foi destacado por ter registrar algumas das melhores fotografias sem retoques digitais em 2015. Depois de fotografar a praia de Versilia (Itália) que, vista de cima, parece ter sido organizada por uma pessoa com TOC, o moço continuou os registros pelo país.

Dessa vez, os cliques focam na praia de Adria, uma comuna italiana localizada na região do Vêneto. Guarda-sóis coloridos, esteiras de praia e muita simetria são a prova de que o verão fica muito mais gostoso quando é organizado por cores.

Vista aérea de uma praia repleta de guarda-sóis dispostos simetricamente e que parecem separados por cores

Vista aérea de uma praia repleta de guarda-sóis dispostos simetricamente

Vista aérea de uma praia repleta de guarda-sóis e cadeiras de praia dispostos simetricamente

Vista aérea de uma praia repleta de guarda-sóis, cadeiras de praia e barcos dispostos simetricamente

Vista aérea de um clube de praia repleto de guarda-sóis dispostos simetricamente

Vista aérea de uma praia repleta de guarda-sóis dispostos simetricamente

Vista aérea de uma praia repleta de guarda-sóis dispostos simetricamente

Vista aérea de uma praia repleta de guarda-sóis azuis dispostos simetricamente

Duas fotos retratam vista aéreas de uma praia repleta de guarda-sóis dispostos simetricamente

Duas fotos retratam vista aéreas de uma praia repleta de guarda-sóis dispostos simetricamente

Duas fotos retratam vista aéreas de uma praia repleta de guarda-sóis dispostos simetricamente

fonte:via Fotos: Bernhard Lang

Conheça o incrível Surf Park, que produz ondas oceânicas em uma imensa piscina

Ser surfista para quem mora longe da praia é um pouco complicado, porém não para os habitantes do País de Gales – Reino Unido. Depois de uma década de construção, o Surf Snowdonia possui com um imenso lago artificial que produz as ondas artificiais mais longas do mundo. Considerado o mais próximo possível de um oceano de verdade, o parque é um verdadeiro sucesso entre surfistas, body boarders e praticantes de caiaque.

Inaugurado em 2015, ele foi construído em uma antiga fábrica de alumínio e, a piscina artificial foi feita a partir de uma imensa estrutura que utilizou um arado submarino para criar a sensação de que estamos no mar. Capaz de fazer a diversão de 36 participantes por vez, para os mais radicais ainda é possível acampar no local, que oferece camping, restaurante e até cursos de surf.

A empresa responsável por este incrível empreendimento, a Wavegarden, também construiu um parque no mesmo estilo, em Austin – Texas, o NLand Surf Park e tem planos de construir mais. Agora é torcer para que façam um pertinho de nós!

Fotos: Wavegarden /fonte:via

Maior mutirão de limpeza da história faz com que tartarugas retornem à praia após 20 anos

Ninguém gosta de praia suja, nem mesmo a vida marinha.

Entre os animais mais ameaçados por essa poluição estão as tartarugas, muitas vezes pescadas por engano em redes buscando por camarões ou prejudicadas devido à grande quantidade de plástico nos mares. Se a vida não estava fácil para estes animais, a ação de um ambientalista está mudando esse cenário e trouxe de volta as tartarugas à praia de Versova, em Mumbai (Índia).

O maior mutirão de limpeza do mundo foi organizado pelo advogado Afroz Shah. Durante 85 semanas, ele foi responsável por remover 5 milhões de quilos de plástico da praia, com a ajuda de diversos voluntários.

Em pouco mais de um ano, a costa da praia que parecia um verdadeiro lixão a céu aberto se transformou em uma bela praia. A mudança não foi sentida apenas pelos humanos: após 20 anos, tartarugas voltaram ao local para fazer seus ninhos.

Segundo o jornal The Guardian, pelo menos 80 filhotes de tartarugas foram vistos a caminho do mar em Versova. Um grupo de voluntários, incluindo o próprio Afroz, protegeu a ninhada para que elas não fossem vítimas de outros  animais durante esse percurso.

Os impactos que um mutirão de limpeza pode ter em um ambiente natural são inúmeros, Melhor do que ficar apenas observando, uma boa alternativa é organizar o seu próprio mutirão. Entre os dias 16 e 24 de setembro, a ONU Meio Ambiente promove a Semana Mares Limpos. Para auxiliar pessoas interessadas em organizar o seu próprio mutirão, a organização lançou uma cartilha disponível gratuitamente online.

Entre as indicações, estão o uso de materiais retornáveis na coleta ao invés de sacolas plásticas, bem como o contato direto com cooperativas de catadores de lixo, buscando garantir que os resíduos recolhidos receberão o tratamento adequado. Afinal, não adianta recolher o lixo da praia se ele não tiver a destinação correta, né?

Clica aqui para acessar o conteúdo na íntegra.

Ele foi dar uma volta na praia e encontrou uma embalagem de Kolynos de mais de 20 anos

A Kolynos é uma das marcas de creme dental mais conhecidas entre os brasileiros. O produto desembarcou por aqui em meados de 1917 e até a década de 1990, reinou soberano.

Aposentada há mais de 20 anos, a Kolynos ainda pode ser encontrada por aí, mas, infelizmente, não no formato tradicional. Uma fotografia tirada por Alexandre Menezes, com o tubo de creme dental jogado na praia, viralizou e nos faz pensar sobre urgência da instauração de métodos sustentáveis de reciclagem de lixo.

Segundo matéria publicada pelo jornal Folha de São Paulo, cerca de 56% dos municípios brasileiros utilizam depósitos inadequados para se livrar do lixo produzido. Com isso, cenas como a da praia não vão deixar de ser comuns tão cedo.

A inércia do poder público esbarra em uma questão vital, o tempo de decomposição. Por exemplo, 20 anos parece muito para nós humanos, entretanto para uma embalagem de alumínio não é nada. Um tubo como o da Kolynos demora 200 anos para desaparecer.

De olho na situação, a ONU Meio Ambiente e a Coalizão de Embalagens – formada por 23 associações signatárias do Acordo Setorial de Embalagens em Geral, lançaram o movimento Separe. Não Pare.

O intuito é de mobilizar a população brasileira a separar e descartar corretamente os resíduos domésticos. A expectativa do grupo é diminuir em 22% a quantidade de embalagens enviadas aos aterros sanitários do Brasil até o fim de 2018. Entre as medidas incentivadoras está a intensificação da coleta seletiva e dos pontos de entrega de lixo no bairros.

O plástico também está na mira dos ambientalistas. No Rio de Janeiro, a Câmara autorizou a proibição do uso de canudinhos plásticos em bares e outros estabelecimentos comerciais da capital fluminense. A tendência deve ser adotada por outras cidades brasileiras. O meio ambiente agradece.

Foto: Reprodução/fonte:via

Moradora de ilha grega paradisíaca dá casa e salário para quem cuidar de seus gatos

Gosta de gatos? Mas, gosta mesmo? Então prepare-se, pois uma responsável vai se ausentar de sua casa e está em busca de quem queira cuidar dos felinos.

Agora, existem dois detalhes que vão transformar sua experiências. A primeira é que, são ao menos 50 gatos, localizados em santuário na ilha paradisíaca de Syros, em frente ao Mar Egeu, na Grécia.

O emprego dos sonhos é remunerado e dá ao selecionado a chance de alimentar a paixão pelos bichanos, além de conhecer um dos lugares mais belos do planeta. Que tal? Joan Bowell disse está em busca de alguém “maduro e genuinamente apaixonado por gatos”.

É importante saber como lidar com os gatos, pois alguns deles, segundo a dona, possuem “temperamento selvagem”. Ou seja, os que têm experiência em medicina veterinária e carteira de motorista saem na frente. A carta de habilitação é importante para alguma emergência, como levar os animais ao hospital.

A experiência também conta e pessoas com mais de 45 anos são o encaixe perfeito para os anseios de Joan. Ficou interessado? As inscrições podem ser feitas pela página do Facebook do santuário God’s Little People Cat Rescue.

“Certamente você se dará bem ser uma pessoa que ama a natureza, gosta de tranquilidade e da sua própria companhia.”, finaliza.

Fotos: Reprodução/fonte:via

Fotógrafa premiada denuncia a poluição nas praias e oceanos com arte

Denunciar a poluição dos oceanos e das praias dos nossos continentes: este é o objetivo de vida de Mandy Barker. A fotógrafa britânica premiada internacionalmente representa a questão dos detritos plásticos marinhos e, com isso, recebeu reconhecimento global. A ideia de seu trabalho é aumentar a conscientização de todos sobre a poluição.

A artista registra materiais coletados em mais de 30 praias de Hong Kong desde 2012. Sua série intitulada Hong Kong Soup: 1826. O termo “sopa” está relacionado ao nome dado pelos cientistas e ambientalistas à água cheia de restos de plástico depositados no fundo do mar. O norte do Oceano Pacífico é a área mais preocupante, com grande concentração de poluentes.

Assim, descobrimos isqueiros coloridos, restos de bolas de futebol, pedaços de papel ou mesmo cacos de vidro. Cada trabalho é representado em um fundo preto, com foco total nos detritos.

Confira a série e acompanhe o trabalho de Mandy Barker:

 

Fotos: Mandy Barker/fonte:via

As praias italianas definitivamente não se parecem nada com as brasileiras

Organização perfeita e geométrica, cores combinadas e calmaria. Não parece exatamente a descrição de uma praia que nós conhecemos, certo? Pois um ensaio fotográfico aéreo do artista Bernhard Lang mostra o quão diferentes nossas praias são das italianas.

Especializado em fotografia aéreas, Lang expressa mais uma vez todo o seu talento, agora com vistas de cima da praia de Versilia, no coração da Toscana. Depois de ter registrado Miami, Kansas, Florida, entre outras cidades, ele acaba de publicar esta nova série de fotografias e, mais uma vez, o resultado é impressionante: tudo parece gráfico, colorido e tranquilo. Confira:


Na mesma pegada deste ensaio, Lang fez uma série de fotografias aéreas das praias de Adria, também na Itália, documentando a precisão simétrica dos guarda-sóis e cadeiras. Com ela, o fotógrafo ganhou o prêmio Sony World Photography 2015 na categoria “Professional Travel”. Veja mais abaixo e conheça o trabalho completo de Bernard Lang.


 

Fotos: Bernhard Lang /fonte:via