Artista cria paisagens surrealistas que vão bugar sua mente

Inspirado por pintores surrealistas e armado com o Photoshop, Justin Peters edita fotografias coletadas na internet para criar mundos paralelos e oníricos. Entre colagens digitais e imagens naturais, o artista, que estuda design gráfico em Stuttgart, na Alemanha, consegue criar uma outra dimensão.

Segundo ele, “tudo é possível quando você abre a sua mente”. Nada é esperado e tudo é surpreendente em cada nova colagem. Seu trabalho desafia a lógica, criando uma beleza estranha e rica de elementos. Confira:

Arte: Justin Peters/fonte:via

Anúncios

As imagens fantásticas deste fotógrafo Russo vão te transportar para um mundo improvável

Alguns fotógrafos parecem ter o dom de capturar imagens que nos fazem sonhar. O russo Platon Yurich explora ao máximo este talento, clicando fotografias de um mundo impossível.

Com um olhar apurado e muita habilidade em edição de imagens, Platon cria cenários únicos e repletos de fantasia. Membro da União Russa de Fotógrafos de Arte, ele também compartilha este talento através do Instagram, onde conta com mais de 220 mil seguidores.

Em seu mundo, o céu pode se transformar em fragmentos de um quebra-cabeças, o universo inteiro pode estar do lado de fora da janela e é possível se balançar em uma nuvem de sonhos. Quando não está clicando imagens fantásticas, Platon também trabalha com retratos, fotografias urbanas e filmagens.

Confira só mais algumas de suas incríveis criações:

 

Fotos © Platon Yurich /fonte:[via]

Ele criou universos impensáveis para seus filhos por meio da fotografia

Um guarda-chuva que sempre tem sol, aventuras em uma fábrica de bananas e até banhos com bonecos de neve. A fotografia não tem limites e este trabalho mostra exatamente isso!

John Wilhelm nasceu em 1970, na Suíça, e sempre esteve rodeado de imagens. Seu pai era um experiente fotógrafo e, apesar de ser apenas um hobby para ele, fundou pelo menos duas das associações de fotógrafos da cidade. Assim, John cresceu em meio a câmeras, revistas, lentes, malas, quartos escuros e casamentos divertidos. Esta porém não era sua maior paixão.

Já casado e com três filhas e um filho, ele conseguiu sua primeira câmera digital e tudo mudou. A importância da fotografia voltou à sua vida e ele passou a descobrir técnicas, programas e novas câmeras – e ficou muito empolgado com isso!

Em 2011 ele decidiu dar um passo adiante em sua nova empreitada e cruzar os limites da fotografia pura e simples: foi para o mundo do photoshop e das ferramentas em 3D. Assim completou sua vocação e agora mostra os resultados:




























Fotos de John Wilhelm/ fonte:[via]

Fotos da Nova Zelândia com infravermelho mais parecem pinturas

Interessado em produzir imagens não convencionais, o fotógrafo paisagista Paul Hoi combina criativamente a ficção científica com a psicodelia. Usando uma câmera modificada para infravermelho, Hoi é capaz de criar cenas sonhadoras da natureza em terras estrangeiras.

Durante uma recente viagem à Nova Zelândia, ele levou esta prática a um novo patamar, transformando seu ambiente em estudos impressionantes de cor.

Enquanto acampava pelo sul do país, Hoi usou uma câmera com uma lente especial que revelou uma luz invisível. Este truque tecnológico altera drasticamente a composição de cores de suas fotografias, transformando as exuberantes florestas tropicais da região e as colinas verdejantes em formas de relevo rosa brilhantemente coloridas. Embora ligeiramente sem saturação, os tons não-verdes dos céus nebulosos, lagos glaciais e os animais selvagens permanecem relativamente intactos, culminando em paisagens perplexas que atuam como “âncoras visuais vagamente conhecidas de um mundo alienígena”.

Mesmo que a especialidade de Hoi seja fotografia paisagística, ele não se sente atraído por imagens que reproduzem a realidade, mas sim por representações que alteram as percepções e experimentam a expectativa. Sua abordagem criativa arroja uma nova luz sobre o tipo de fotografia tradicional, resultando em um belo trabalho que é tão incompreensível quanto atraente.

Confira mais imagens:

 

Imagens: Paul Hoi/fonte:via

 

10 lugares surreais que você provavelmente nunca ouviu falar

https://i1.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/03/surreal3.jpg

O mundo está cheio de destinos curiosos e uma das coisas que mais nos motiva a desbravá-lo são os lugares surreais, aqueles que são difíceis de acreditar que existem. Agora está na hora de apresentar aqueles que você provavelmente nunca ouviu falar.  

A natureza é a grande responsável pela criação destes destinos tão maravilhosos, que formam cenários de sonhos. Com cores vibrantes, labirintos, águas cristalinas e até terapêuticas, fica difícil escolher qual será a próxima viagem a ser feita. Olha só:

1. Esta gruta incrível em St Marcel d’Ardèche, na França, foi descoberta em 1836 por um caçador. Desde então tem encantado o mundo com sua rede subterrânea de bacias hidrográficas e formações rochosas que a tornam uma das maiores grutas do mundo.

surreal1

2. Um dos destinos imperdíveis na Guatemala é Semuc Champey, uma ponte de pedra que cobre o leito do Rio Cahabón, formando maravilhosas piscinas de cor esmeralda.

surreal2

3. O distrito de Dongchuan, na cidade de Xintian – China, é formado por uma cadeia de vales avermelhados que dão ao local o apelido de “Terra Vermelha”. A coloração é justificada pela presença de ferro oxidado e minerais no solo, além de plantas que florescem ao longo do ano.

surreal3

4. A cinco horas de Lima, no Peru, um dos lugares mais fascinantes é o oásis de Huacachina. A fonte d’água no meio do deserto atrai mochileiros que praticam sandboard e fazem passeios de buggy.

 surreal4

5. Na região de Thassos, na Grécia, quem ganha o coração dos turistas é o Lago Giola, uma piscina natural que se forma nas rochas próximas ao mar. Esculpida pela força das ondas, a piscina de águas cristalinas fica numa praia próxima a aldeia de Astria.

surreal5

6. A Vila Popeye, em Malta, serviu como cenário para a filmagem de “Popeye” em 1980. Após as filmagens esta charmosa aldeia continuou montada e se tornou um museu a céu aberto. 

surreal6

7. Rotorua é uma cidade da Nova Zelândia conhecida por suas águas termais, gêiseres e spas. Um dos locais mais famosos na região é a chamada “piscina de champanhe”, dentro do parque termal de Waiotapu, que borbulha CO². A borda alaranjada é por conta dos metais pesados presentes na água.

surreal7

8. A região de Namaqualand se estende pela Namíbia e África do Sul. Durante a Primavera é tomada por uma porção de margaridas laranjas e brancas, criando um dos cenários mais surreais do mundo.

surreal8

9. A Ilha das Flores, dentro do arquipélago de Açores, em Portugal, tem paisagens deslumbrantes. O nome tem origem nas flores selvagens que cercam o local, ao redor de belas lagoas e fontes termais.

surreal9

10. Na província de Cádiz, Espanha, está a curiosa Setenil de las Bodegas, cidade construída logo abaixo de um penhasco com vista para o Rio Tejo. O local se destaca pela gastronomia de qualidade, que pode ser apreciada em bons bares e restaurantes.

Surreal10