Fotógrafa passa 14 anos retratando as árvores mais antigas do mundo

Conhecida como “árvore da vida”, o Baobá é um tipo de árvore existente na África, Península Arábica, na Austrália e em alguns outros lugares do mundo. Os baobás são considerados por estudiosos como as árvores mais antigas do planeta, chegando a alcançar impressionantes dois mil anos de existência. Esse cálculo é feito através do diâmetro das árvores, que revelam a idade aproximada do exemplar.

Não é por menos que essas árvores encantam tantas pessoas, entre elas a fotógrafa Beth Moon. Ela dedicou 14 anos de seu trabalho para fotografar esses belos exemplares pelo mundo, o que deu origem ao livro “Árvores Antigas: Retratos do Tempo.”

“Sendo os maiores e mais antigos monumentos vivos da Terra, acredito que essas simbólicas árvores tem um grande significado, especialmente num tempo quando nosso foco está direcionado para encontrarmos formas melhores de convivermos com o meio ambiente“, relata a fotógrafa.

Confira algumas das fotos clicadas por Beth Moon:

baoba10

baoba9

baoba8

baoba7

baoba6

baoba5

baoba3

baoba2

baoba1

fotos por Beth Moon.

Projeto retrata moradores de rua e seus sonhos nunca realizados

Dois estudantes saíram pelas ruas de Lisboa com uma dúvida em uma mão e uma câmera na outra. O objetivo? Perguntar aos moradores de rua quais eram seus sonhos. O resultado do projeto é uma série fotográfica instigante que mostra os projetos de vida destas pessoas.

A série, chamada de  “Sempre Quis Ser”, apresenta 10 moradores de rua fotografados sempre em preto e branco segurando uma lousa em que registram seus desejos não cumpridos. A autoria do projeto é dos estudantes Catarina Fernandes e João Porfírio.

Além da série fotográfica, o projeto também foi composto por longas conversas com os moradores de rua, onde os jovens puderam conhecer a história de uma senhora que queria ser professora e foi abandonada pelas próprias filhas; de um jovem de 22 anos que desejava apenas ser feliz; e de estrangeiros que foram a Portugal em busca de uma vida melhor, mas nunca a encontraram.

Cada história deixou alguns sonhos nunca realizados pelo caminho, que foram agora retratados pelas lentes de Catarina e João da forma que você vê abaixo:

semprequis8

semprequis6

semprequis4

semprequis3

semprequis2

semprequis1

semprequis5

semprequis9

semprequis10

semprequis7

Todas as fotos © Catarina Fernandes e João Porfírio

9 casas para as quais nos mudaríamos imediatamente

Presentes nas mais diversas histórias e no imaginário de meninos e meninas do mundo todo, as casas em árvores são praticamente unanimidade. Porém, há quem vá muito além quando o assunto é construir nas alturas e em meio à natureza; aí, a coisa já deixa de ser brincadeira de criança. Listamos abaixo vários destes refúgios – algumas das mais belas e bizarras casas nas árvores do mundo.

14. Casa de Chá Tetsu, projetada por Terunobu Fujimori para o Museu Shirakaba Kiyharu, no Japão

14
A construção ergue-se em um tronco de cipreste, entre árvores de cerejeira em flor.

13. Naha Diner Porto em Okinawa, no Japão

13

 

13-
Situada 6 metros acima do solo em uma árvore Gajumaru, é acessível por uma escada em espiral e um elevador construído dentro do tronco.

12. Hotel Costa Verde, na Costa Rica

12

12-

12--

12---

12----
Um Boeing 727 de 1965 está de pé sobre um pedestal de 50 metros de altura no meio da selva da Costa Rica e serve como um hotel de luxo, com itens de mobiliário esculpido à mão e quartos com ar condicionado. Apesar de parecer algo realmente único, existem alguns outros edifícios feitos de aviões antigos.

11. Uma casa de três andares incrível

11
Tudo o que sabemos é que essa construção encantadora fica em algum lugar de British Columbia, no Canadá.

10. Mount Crested Butte Residence, no Colorado

10----

10---

10--

10-

10
Projetado em 1985 e concluído em 1987, da porta da frente deste edifício inusitado se pode esquiar até o teleférico, subir em uma das cadeiras e esquiar de volta para a casa descendo a montanha. Um eixo central que corre verticalmente através da construção a sustenta. No interior do veio central há uma chaminé para cada um dos três andares da casa, que foi projetada com duas garagens em cada um dos pisos de entrada.

No nível superior do triplex, duas suítes master são separadas pelo eixo central, com uma lareira e banheira de hidromassagem. No meio, a partir da entrada principal, estão as áreas familiares e comunitárias, sala, cozinha, etc. No nível mais baixo, ficam as salas de brincadeiras e o quarto das crianças.

9. Esferas Espírito Livre

9

9-
As esferas são casas feitas de madeira e fibra de vidro em árvores de Vancouver Island, Canadá.

8. Mirrorcube, Harads, na Suécia

8

8-

8--
Medindo 4x4x4 metros, a caixa de vidro espelhado, projetada por Tham & Videgard Architekter, foi inaugurada em 2010.

7. HemLoft Treehouse, projetada e construída por Joel Allen em Whistler, no Canadá

7

7-

7---

7----

7-----
O HemLoft é uma criação autofinanciada do desenvolvedor de software Joel Allen. Depois de tentar se aposentar com meros 26 anos de idade, ele resolveu construir uma casa na árvore em Whistler, no Canadá. 

6. Apartamento de aves, por Nendo, fica no centro da natureza Momofuku Ando em Komoro, Japão

6

6-

6--

6---
O local tem 78 entradas para pássaros e um buraco redondo grande para os seres humanos. A casa foi construída para a observação de aves.

5. Ninho de Pássaro

5-

5
5--
É um hotel nas árvores feito por Inrednin Gsgruppen, em 2010, na Suécia.

4. Wilkinson Residence, em Portland, nos Estados Unidos

This and the next are nice

4-

I can get slightly wider than this to complete the full circle

4---

4----
Projetado em 1997 por Robert Harvey Oshatz, e concluído em 2004.

3. Casa de Chá Muito Alta, em Takasugi-an, no Japão

3
Um professor japonês de arquitetura chamado Terunobu Fujimori a construiu no jardim de seu pai. A obra foi concluída em 2004.

2. Yellow Treehouse Restaurant, da Pacific Environments em Auckland, na Nova Zelândia

2---

2--

2-

2
O prédio fica a mais de 40 metros de altura em um pau-brasil.

1. Minister’s Treehouse, em Crossville, nos Estados Unidos

1

1-
Construída pelo Ministro Horace Burgess, a obra durou 14 anos e custou apenas US$ 12 mil (cerca de R$ 24 mil). O edifício fica a 29,5 metros de altura, tem cinco andares, uma igreja e uma torre de sino. Os sinos são garrafas de acetileno de oxigênio reutilizadas.

Bônus: casa de Frans Krajcberg

Krajcberg
Nascido na Polônia e naturalizado brasileiro, o artista plástico Frans Krajcberg esculpe como protesto à ação devastadora do homem. Suas obras são desenhadas em raízes e troncos consumidos pelas chamas. Frans tem lutado para a preservação das florestas brasileiras, com um vasto acervo de pinturas, esculturas e fotografias que relatam os crimes do homem contra o homem e a natureza. Uma das mais bonitas obras de Frans Krajcberg é sua própria casa em Nova Viçosa, litoral sul da Bahia, construída sobre o tronco de uma árvore de 2,60 metros de diâmetro. 

18 impressionantes casas dominadas por vegetação

Sejam fruto de descuido ou de um inusitado planejamento artístico, casas que acabaram cobertas por plantas dificilmente passam despercebidas, como você pode ver nas fotos a seguir.

1. Casa tomada por flores na Half Moon Bay (Califórnia/EUA)

1

2. Casas cobertas por turfa na Islândia

2

 

3. Casa tomada por uma videira em Detroit (EUA)

3

4. Curta de Argeș (Romênia)

4

5. Casa em Savannah (EUA)

5

6. Casa em Cury Rivel (Grã-Bretanha)

6

7. Casa em Shere (Inglaterra)

7

8. Casa em Düsseldorf (Alemanha)

8

9. Hotel e SPA Greenway, em Cheltenham (Reino Unido)

9

10. Castelo de Chenonceau (França)

10

11. Universidade de Chicago (EUA)

11

12. Casa em Rocamadour (França)

12

13. Casa em Evanston (EUA)

13

14. Casa que aparece no filme Morte no Funeral (2007)

14

15. Casa em Hamburgo (Alemanha)

15

16. Hotel Pennyhill Park, em Bagshot (Reino Unido)

16

17. Casa no bairro Castro, em São Francisco (EUA)

17

18. Pequena casa de campo no Reino Unido

18

As 46 casas mais solitárias

Enquanto derretemos com nosso verão tropical, é inverno congelante no hemisfério norte, cortesia da inclinação do eixo da Terra.

Todos os invernos, a paisagem cobre-se de um belo e mortal tapete branco, dando um toque surreal de conto de fadas, com trolls, gigantes de gelo e lobos. No meio das enormes extensões nevadas, casas solitárias parece que ficam mais solitárias ainda.

Viaje nestas fotos que sussurram isolamento:

casas-solitarias-cobertas-de-neve-1

casas-solitarias-cobertas-de-neve-2

casas-solitarias-cobertas-de-neve-3

casas-solitarias-cobertas-de-neve-4

casas-solitarias-cobertas-de-neve-5

casas-solitarias-cobertas-de-neve-6

casas-solitarias-cobertas-de-neve-7

casas-solitarias-cobertas-de-neve-8

casas-solitarias-cobertas-de-neve-9

casas-solitarias-cobertas-de-neve-10

casas-solitarias-cobertas-de-neve-11

casas-solitarias-cobertas-de-neve-12

casas-solitarias-cobertas-de-neve-13

casas-solitarias-cobertas-de-neve-14

casas-solitarias-cobertas-de-neve-15

casas-solitarias-cobertas-de-neve-16

casas-solitarias-cobertas-de-neve-17

casas-solitarias-cobertas-de-neve-18

casas-solitarias-cobertas-de-neve-19

casas-solitarias-cobertas-de-neve-20

casas-solitarias-cobertas-de-neve-21

casas-solitarias-cobertas-de-neve-22

casas-solitarias-cobertas-de-neve-23

casas-solitarias-cobertas-de-neve-24

casas-solitarias-cobertas-de-neve-25

casas-solitarias-cobertas-de-neve-26

casas-solitarias-cobertas-de-neve-27

casas-solitarias-cobertas-de-neve-28

casas-solitarias-cobertas-de-neve-29

casas-solitarias-cobertas-de-neve-30

casas-solitarias-cobertas-de-neve-31

casas-solitarias-cobertas-de-neve-32

casas-solitarias-cobertas-de-neve-33

casas-solitarias-cobertas-de-neve-34

casas-solitarias-cobertas-de-neve-35

casas-solitarias-cobertas-de-neve-36

casas-solitarias-cobertas-de-neve-37

casas-solitarias-cobertas-de-neve-38

casas-solitarias-cobertas-de-neve-39

casas-solitarias-cobertas-de-neve-40

casas-solitarias-cobertas-de-neve-41

casas-solitarias-cobertas-de-neve-42

casas-solitarias-cobertas-de-neve-43

casas-solitarias-cobertas-de-neve-44

casas-solitarias-cobertas-de-neve-45

casas-solitarias-cobertas-de-neve-46

As 15 mais belas (e estranhas) casas construídas em telhados

Um telhado é o lugar perfeito para se construir uma casa: você tem uma ótima vista das redondezas e fica completamente escondido e protegido da rua por um prédio inteiro. Aqui estão algumas fotos das mais loucas e surpreendente casas construídas em telhados ao redor do mundo.

15. China

15
Vinte e cinco moradias em cima de um shopping center em Hengyang, China. Imagem feita em agosto de 2013.

14. EUA

14
Uma pequena casa vitoriana vermelha em cima da fábrica desativada da companhia Penfield Manufacturing Syracuse, Nova York, Estados Unidos.

 

13. Holanda

13
Vila Didden em Roterdã, Holanda. O projeto é do escritório de arquitetura local, MVRDV, realizado entre os anos de 2002 e 2006.

12. LoftCube

Loft Cube von Werner Aisslinger
As casas pré-fabricadas “LoftCube”, desenhadas pelo designer de móveis alemão Werner Aisslinger em 2003, disponível para compra por 60 mil dólares (140 mil reais).

11. EUA

11
Três pequenas casas, no topo de um prédio centenário de oito andares, no coração da Broadway, em Nova York, EUA. A imagem é de 2008.

10. EUA

10
Uma casa de madeira com chaminé de tijolos em cima de um prédio de 4 andares, também em Nova York, EUA. Registro feito em 2009.

9. Austrália

9
9-

A cobertura de um edifício Art Deco em Bondi, na Austrália. O projeto é da empresa de arquitetura de Sydney, MHND Union e a fotografia, de 2010.

8. EUA

8
Outra cobertura, mais uma vez na cidade que nunca dorme, Nova York. Projeto da empresa Acheson Doyle Partners Architects.

7. China

7
Quatro moradias em um shopping de cinco andares em Zhuzhou, China. Fotografia do ano passado. Cada metro quadrado é comercializável na segunda maior cidade da China, mesmo que seja em cima de um shopping center.

6. China

6
Uma mansão disfarçada de caverna no topo de um edifício de 26 andares em Pequim, China: um médico chinês, chamado Zhang Biqing, acaba de passar seus últimos seis anos construindo – ilegalmente! – esta mansão de 2,4 milhões de dólares (5,5 milhões de reais). No entanto, sua façanha foi descoberta (como se alguém que passasse por ali conseguisse ignorar a construção), e o complexo de 3 mil metros quadrados está agora aguardando o dia de sua demolição.

5. África do Sul

5
Estacionamento de trailers no telhado do Grand Daddy Hotel, com diversos veículos de luxo parados. Cidade do Cabo, África do Sul.

4. China

4
4-

4--
Essas são habitações irregulares em telhados em Hong Kong, China. Esses barracos de chapas metálicas (cujos tamanhos variam entre 9 e 27 metros quadrados) são extremamente baratos: o aluguel custa apenas de mil a 2 mil dólares de Hong Kong (entre 300 e 600 reais). Para se morar em uma casa de somente 20 metros quadrados na região, é preciso pagar mensalmente 28.000 dólares de Hong Kong (mais de 8.300 reais) de aluguel. As habitações no topo do prédio são, obviamente, ilegais.

3. EUA

3
Uma casa rosada localizada na Oitava Avenida, em Chelsa, Nova York, EUA.

2. EUA

Do Ho Suh, Fallen Star, Stuart Collection, UCSD
Esta é a chamada “Estrela Cadente”, uma casa em miniatura, do escultor e artista sul-coreano Do Ho Suh. A construção se encontra no topo de um prédio de sete andares da Universidade da Califórnia, em San Diego, EUA. A fotografia foi feita em 2011.

1. Áustria

1
O último item da lista fica por conta dessa casa, claramente não-habitada, de autoria do artista austríaco Erwin Wurm. A obra pode ser vista no Museu Moderno de Kunst (Mumok), em Viena, na Áustria. O registro fotográfico foi realizado no ano de 2006.

13 animais arquitetos e as belas casas que eles constroem

A maioria dos animais se contenta em encontrar um abrigo qualquer para se proteger do clima ou para dormir durante a noite. No entanto, existem animais selvagens que querem muito mais; eles querem as melhores acomodações permanentes possíveis, como os 13 animais da lista abaixo.

Eles são alguns dos exemplos de melhores arquitetos do reino animal. Ao invés de se esconder embaixo de qualquer árvore ou coisa similar, eles constroem seus próprios cantos, e cuidam deles da melhor forma possível.

A construção de uma casa é provavelmente o mais próximo que muitos animais chegam do uso de ferramentas. No sentido evolucionário, usar ferramentas é algo bastante avançado. Por exemplo, humanos dominam o uso de ferramentas, o que nos coloca em vantagem em relação às outras espécies.

 

Enquanto existem animais mais próximos de nós – como o chimpanzé, que sabe usar ferramentas, por exemplo, uma vara para caçar cupins -, a maioria não consegue utilizar os objetos a seu redor da maneira como nós fazemos. Ainda assim, os dessa lista carregam paus, galhos e folhas para uso futuro intencional, o que pode ser considerado “uso de ferramentas”, em alguns casos.

Veja:

Tecelão-social

animais arquitetos 1

animais arquitetos 1-

animais arquitetos 1--

animais arquitetos 1---

animais arquitetos 1----
O tecelão-social (Philetairus socius), nativo da África do Sul, Namíbia e Botswana, tece enormes ninhos que podem hospedar centenas de aves em várias gerações. Estes ninhos, feitos de paus e capim, são permanentes. As câmaras internas mais profundas mantêm uma temperatura mais elevada durante a noite, permitindo que os pássaros fiquem aquecidos.

Créditos de imagem: Denis Roschlau

Formigas tecelãs

animais arquitetos 2
As formigas tecelãs (gênero Oecophylla) que vivem na África Central e no Sudeste Asiático reúnem folhas e usam seda larval para colá-las juntas. Estes ninhos podem variar em tamanho desde um pequeno bolo de folhas coladas até 50 centímetros de comprimento.

 

Créditos de imagem: Ingo Arndt

Vogelkop

animais arquitetos 3

animais arquitetos 3-

animais arquitetos 3--

animais arquitetos 3---

animais arquitetos 3----
O macho da espécie Amblyornis inornata cria caramanchões, ou pequenas cabanas, a partir de grama e paus para atrair as fêmeas com as quais quer acasalar. Designers de interiores famosos do mundo animal, estas aves organizam bagas, besouros, flores e outros elementos em enfeites coloridos e atraentes. Os arranjos artísticos ficam dentro ou próximos dessas cabanas e servem para seduzir as companheiras. Ironicamente, as fêmeas não usam esses caramanchões para criar seus filhotes.

Créditos de imagem: thewildernessalternative.com

Cupim-bússola

animais arquitetos 4

animais arquitetos 4-

animais arquitetos 4--
O cupim-bússola constrói grandes montes para fazer seus ninhos. Esses montes são mais ou menos inclinados em uma orientação norte-sul, por isso o inseto leva esse nome. Acredita-se que esta forma ajuda os amontoados a ficarem termorregulados.

Abelhas

animais arquitetos 5

animais arquitetos 5-
Todo mundo sabe que abelhas vivem em colmeias. Elas constroem casas a partir de cera secretada, e é lá que fabricam mel e criam seus filhotes. As vidas inteiras desses insetos giram em torno de seus ninhos.

Formiga vermelha da madeira europeia

animais arquitetos 6
Essas formigas europeias (Formica polyctena) constroem grandes montes no chão de florestas para abrigar seus ninhos. Vários desses montes podem ser ligados para que os insetos alternem entre eles no caso de um evento catastrófico destruir algum.

João-de-barro vermelho

animais arquitetos 7

animais arquitetos 7-
O joão-de-barro vermelho constrói seu ninho usando barro e lama. Estas casas ajudam a prevenir a predação e, uma vez abandonadas, fornecem abrigos seguros a outras aves.

 

Tecelão asiático

animais arquitetos 8

animais arquitetos 8-

animais arquitetos 8--

animais arquitetos 8---
Esse tecelão (Ploceus philippinus) costuma construir elegantes ninhos suspensos em palmeiras e acácias espinhosas ou acima de corpos de água, onde os predadores podem ter dificuldade em alcançá-los. Os ninhos podem ser encontrados em colônias, embora existam abrigos isolados também.

Vespa-social

animais arquitetos 9

animais arquitetos 9-
A maioria das vespas na verdade não constrói ninhos, preferindo arranjos solitários ou mesmo parasitas. Vespas-sociais, por outro lado, criam ninhos usando polpa vegetal, cuspe, resina e outros materiais.

Castor

animais arquitetos 10
Castores constroem barragens para inundar áreas de floresta até uma certa profundidade. Em seguida, criam entradas submersas que lhes permitem evitar predadores e caçar comida no inverno. As barragens podem ser verdadeiramente enormes – a maior conhecida fica em Wood Buffalo National Park, um parque no Canadá, e tem aproximadamente 850 metros de comprimento. Quando a água está profunda o suficiente, esses animais podem viver em tocas em vez de construir barragens.

Créditos de imagem: Ingo Arndt

Montezuma Oropendola

animais arquitetos 11

animais arquitetos 11-
O Montezuma Oropendola (Psarocolius montezuma) tece seus ninhos usando pequenas videiras e grama. Esses animais normalmente vivem em colônias de cerca de 30 aves, que incluem um macho dominante que acasala com as fêmeas.

Andorinha

animais arquitetos 12

animais arquitetos 12-

animais arquitetos 12--
As andorinhas constroem ninhos de diversos materiais. Algumas espécies nem sequer constroem nada, preferindo ficar em cavidades encontradas ou abandonadas. Outras criam seus ninhos usando principalmente sua própria saliva. Estes abrigos são comestíveis, e são considerados uma iguaria em alguns lugares.

Mosca-de-água

animais arquitetos 13

animais arquitetos 13-
Os frigânios ou moscas-de-água (ordem Trichoptera) são insetos que, na fase de pupa, criam casulos duros usando seixos, areia, conchas e outros detritos encontrados no leito de lagos e rios. Esses elementos, juntamente com fios de sua própria seda, formam um abrigo seguro para o animal crescer para a vida adulta.

26 ratos selvagens pequeninos e fofos

Quando ouvimos a palavra “rato”, o primeiro pensamento é sempre “eca!”, e nunca “oun”. Esse artigo pretende mudar esse cenário.

Esses roedores comuns por todo o mundo costumam invadir nossas casas, comer a nossa comida e ainda podem passar doenças. Sendo assim, é compreensível que a maioria de nós os considere pragas repulsivas.

Devido à sua adaptabilidade e velocidade, os ratos são uma das espécies de mamíferos mais difundidas e bem sucedidas na Terra – eles podem ser encontrados em praticamente qualquer ambiente e em quase todos os continentes.

Confira:

rato selvagem fofo (1)

rato selvagem fofo (2)

rato selvagem fofo (3)

rato selvagem fofo (4)

rato selvagem fofo (5)

rato selvagem fofo (6)

rato selvagem fofo (7)

rato selvagem fofo (8)

rato selvagem fofo (9)

 

rato selvagem fofo (10)

rato selvagem fofo (11)

rato selvagem fofo (12)

rato selvagem fofo (13)

rato selvagem fofo (14)

rato selvagem fofo (15)

rato selvagem fofo (16)

rato selvagem fofo (17)

 

rato selvagem fofo (18)

rato selvagem fofo (19)

rato selvagem fofo (20)

rato selvagem fofo (21)

rato selvagem fofo (22)

rato selvagem fofo (23)

rato selvagem fofo (24)

rato selvagem fofo (25)

rato selvagem fofo (26)

 

Eles de fato podem ser devastadores quando introduzidos a novos ambientes, mas são inofensivos em seus ambientes naturais. Em seus campos e bosques nativos, os ratos são quase tão fofos quanto as focas nos oceanos e os pandas com seus bambus.

Como o maior conjunto de fósseis de mamíferos marinhos apareceu na beira de uma estrada?

maior conjunto de fósseis de mamíferos marinhos 2

A Rodovia Panamericana atravessa o continente americano de norte a sul. São 48 mil quilômetros de estrada que ligam o estado do Alasca, nos Estados Unidos, ao extremo sul da Argentina. Em 2010, as obras para o alargamento da rodovia pararam após uma descoberta inusitada no Chile.

Trabalhadores encontraram um gigantesco cemitério de animais marinhos na beira da estrada. Centenas de fósseis de baleia foram encontradas, em pleno deserto do Atacama. Os pesquisadores logo se perguntaram como o maior conjunto de fósseis de mamíferos marinhos já observado foi parar lá.

 

Como as obras não podiam parar por muito tempo, pesquisadores fizeram escavações em ritmo acelerado. Foram encontrados fósseis de mais de 40 baleias e outros predadores marinhos, que estão expostos agora em museus das cidades Santiago e Caldera, no Chile.

Em um estudo recente, pesquisadores revelaram que muitos dos fósseis pertencem a animais extintos, como a baleia-morsa, enquanto outras espécies ainda precisam ser identificadas.

Os esqueletos das baleias foram encontrados empilhados em quatro camadas diferentes, ou seja, elas foram parar lá em diferentes momentos históricos. Mas como é que todos esses mamíferos foram parar no árido deserto chileno?

maior conjunto de fósseis de mamíferos marinhos 3

maior conjunto de fósseis de mamíferos marinhos 1

Há milhões de anos, Cerro Ballena – região em que foram encontrados os fósseis – era uma planície de maré, ambiente úmido costeiro que une lama e água do mar, onde as baleias podem ter encalhado. Como foram encontradas baleias de várias espécies, pesquisadores acham pouco provável que uma única doença possa ter dizimado todas elas.

Um grupo de baleias foi encontrado na mesma posição, todas de barriga para cima, o que indica que elas podem ter chegado à costa já mortas. A melhor explicação para as mortes são a propagação de algas tóxicas, que causam a morte de baleias até hoje. No entanto, ainda não foram encontrados fragmentos de algas nos sedimentos, o que seriam provas definitivas.

Pesquisadores da Universidade do Chile planejam abrir uma estação de pesquisa na área, que pode abrigar centenas de outros fósseis e esconder tesouros para a paleontologia marinha.