Fot√≥grafo viaja por paisagens do ‚ÄėSenhor dos An√©is‚Äô na Nova Zel√Ęndia vestido de Gandalf

Quem pode ser um melhor guia da Nova Zel√Ęndia (Terra M√©dia) do que o pr√≥prio Gandalf de Tolkien? Essa foi a ideia por tr√°s da viagem de 6 meses do fot√≥grafo Akhil Suhas pelo pa√≠s vestindo uma fantasia do mago.

Suhas chamou sua aventura de #GandalfTheGuide e fez registros de tirar o f√īlego. ‚ÄúEu queria um tema recorrente em minhas fotos e com tantos fot√≥grafos visitando o pa√≠s, percebi que precisava fazer algo para me diferenciar‚ÄĚ, explicou ao Bored Panda. ‚ÄúEu estava assistindo Senhor dos An√©is pela 5 ¬™ vez quando eu percebi que a Nova Zel√Ęndia √© famosa por duas coisas: suas paisagens e as Trilogias Senhor dos An√©is e Hobbit. Ent√£o por que n√£o combinar os dois por ter Gandalf nas paisagens‚ÄĚ, contou.

No come√ßo, ele tentou fazer auto-retratos: ‚ÄúEu testei a c√Ęmera em um trip√© com um timer, mas n√£o funcionou para mim‚Äú, disse Suhas. ‚ÄúEnt√£o, comecei a pedir √†s pessoas que conheci ao longo do caminho se eles queriam colocar a roupa.‚Äú

Surpreendentemente as pessoas concordaram e Suhas criou uma incr√≠vel sele√ß√£o de fotos de paisagens na Nova Zel√Ęndia.

Veja:

gandalf (1)

gandalf (2)

gandalf (3)

gandalf (4)

gandalf (5)

gandalf (6)

gandalf (7)

gandalf (8)

gandalf (9)

gandalf (10)

gandalf (11)

gandalf (12)

gandalf (13)

gandalf (14)

gandalf (15)

gandalf (16)

gandalf (17)

gandalf (18)

gandalf (19)

gandalf (20)

gandalf (21)

gandalf (22)

gandalf (23)

gandalf (24)

gandalf (25)

gandalf (26)

gandalf (27)

gandalf (28)

gandalf (29)

gandalf (30)

* Todas as fotos: Akhil Suhas

Ele fotografa as incr√≠veis cachoeiras que congelam durante o inverno na Cro√°cia

O fot√≥grafo h√ļngaro Tamas Toth¬†recentemente partiu de sua cidade natal, Budapeste, na Rom√™nia, rumo a um dos maiores Parques Nacionais da Cro√°cia, em torno dos lagos Plitvice. L√°, ele explorou a¬†√°rea ¬†e¬†fotografou uma infinidade de cachoeiras congeladas, nos 16 lagos posicionados ao norte e ao sul, que a natureza altera o curso conforme os anos passam.

O resultado são essas imagens magníficas! Veja só:

Lago 1

Lago 2

Lago 3

Lago 4

Lago 5

Lago 6

Lago 7

Lago 8

Lago 9

Lago 10

Lago 11

Lago 12

Lago 14

Lago 15

lAgo 16

Lago 17

Lago 18

Todas as fotos © Tamas Toth

Os 50 melhores destinos de ecoturismo do Brasil

Parques e cachoeiras, dunas e lagoas, trekkings e futua√ß√Ķes. Selecionamos os melhores lugares para se aventurar e curtir paisagens surreais. Prepare a sua mochila e pegue a estrada para curtir um pa√≠s bonito por natureza!

Bonito (MS)

Em Bonito, ningu√©m p√Ķe o p√© sem antes fazer reserva, pagar taxa de visita e contratar um guia. Mesmo com toda a estrutura dispon√≠vel aos turistas, muitos atrativos parecem intocados. √Č o caso do Rio Sucuri, na foto.

Conhe√ßa o lago mais profundo e mais antigo do mundo

A imagem pode conter: oceano, céu, nuvem, água, atividades ao ar livre e natureza

O lago nome do lago mais limpo e profundo do mundo é Baikal, e ele fica no sul da Sibéria, na Russia. Tem nada menos que 600 km de comprimento e uma espessura de gelo na superfícies que varia entre 1,5 e 2 metros. Dizem que pode tolerar veículos de 15 toneladas, o que não significa que aconselhamos você a percorrê-lo com um carro, já que existem registros de acidentes.

Mas o gelo n√£o √© apenas forte. √Č de uma beleza que faz cair o queixo, j√° que forma cen√°rios diferentes por conta da √°gua, que congela em camadas. O gelo do Baikal √© tamb√©m o mais transparente no mundo.¬†√Č poss√≠vel enxergar absolutamente tudo, da superf√≠cie at√© o fundo: peixes, pedras verdes, plantas‚Ķ E as bolhas se que formam nele e o tornam ainda mais magn√≠fico s√£o resultado do g√°s metano que as algas produzem.

Dá só uma olhada. Com um cenário assim, a gente nem lembra de sentir frio!

Lago 2

Lago 5

Lago 4

Lago 3

Lago 6

Lago 7

Todas as fotos © Kristina Makeeva

Este casal decidiu ficar 7 meses em lua de mel num rol√™ de moto pela Am√©rica

A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado, oceano, água, céu, atividades ao ar livre e natureza

Geralmente a lua de mel de um casal dura apenas alguns dias. N√£o foi o caso dos ingleses Tom, de 31 anos, e Lorna Broadway, de 30, que resolveram comemorar o in√≠cio de sua uni√£o com uma viagem e tanto: percorreram mais de 40 mil quil√īmetros, do Alasca at√© Ushuaia, em cima de uma moto. A aventura come√ßou em julho do ano passado, e deve terminar no pr√≥ximo m√™s. Veja aqui os registros de suas andan√ßas!

Honey 2

Honey 1

Honey 3

Honey 4

Honey 5

Honey 6

Honey 7

Honey 8

Honey 9

Honey 10

Honey 11

Fotos: reprodução Caters News Agency

Casal criativo que est√° viajando separado une suas fotos para criar composi√ß√Ķes maravilhosas

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé, montanha, oceano, atividades ao ar livre, natureza e água

Becca e Dan¬†exploram o mundo separados com frequ√™ncia. E o casal encontrou uma maneira criativa para¬†diminuir essas dist√Ęncias, ao menos de forma digital! Eles alimentam a p√°gina do Instagram¬†@halfhalftravel¬†onde postam fotos¬†criativas e semelhantes, que se unem na tela mas foram tiradas em diferentes partes do globo.

Atuamente, Dan viaja por um ano, conhecendo a cada mês uma nova cidade, enquanto Becca, que vive em Nova York, diverte-se por diferentes destinos sempre que pode. Veja no que deu essa mistura:

collage5

collage4

collage3

collage2

Peta 2

Peta 3

HalfLove1

Todas as fotos © halfhalftravel

Artista S√≠rio fotografa meninas de seu pa√≠s vestidas de princesas para acabar com estere√≥tipos de terrorismo

Quando pensamos em crianças refugiadas, nem sempre a primeira imagem que lembramos é algo tão positivo. Muitas vezes, pensamos mais nas dificuldades enfrentadas por suas famílias em seu país de origem do que no que vem pela frente. Começar a vida do zero em um novo país não é nada fácil, mas um artista sírio acaba de encontrar uma maneira divertida para chamar a atenção para o tema.

Com uma ideia simples, o artista Saint Hoax decidiu fantasiar meninas s√≠rias com roupas das suas princesas da Disney preferidas. A ideia era desmistificar os estere√≥tipos associados aos seus conterr√Ęneos e conscientizar as pessoas sobre a import√Ęncia de educar as crian√ßas que vivem nos campos de refugiados.

O ensaio ganhou o nome de Once Upon a War (‚ÄúEra uma vez uma guerra‚Äú, em tradu√ß√£o livre) e foi feito em parceria com a Plastik Studios, que ficou respons√°vel pela grava√ß√£o de um v√≠deo de divulga√ß√£o do projeto. O artista conta que algumas das meninas haviam nascido no campo de refugiados e nunca haviam se fantasiado antes, o que fez desta uma experi√™ncia √ļnica.

Ele lembra que, graças à guerra e à mudança, a maioria das meninas refugiadas deixa de estudar, o que está associado a um aumento na exposição à violência sexual e de gênero e à gravidez precoce. A campanha busca arrecadar fundos para que a ONG Malaak possa garantir uma educação de qualidade para estas meninas.

https://i2.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/03/siria1.jpg

https://i1.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/03/siria2.jpg

https://i2.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/03/siria3.jpg

https://i2.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/03/siria4.jpg

https://i1.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/03/siria5.jpg

https://i2.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/03/siria6.jpg

Todas as fotos © Saint Hoax

Mulher conta o que aprendeu ap√≥s viajar o mundo sozinha

 

Se h√° quem condene mulheres por irem at√© a esquina sozinhas, imagine o que disseram para a californiana Kristin Addis, 29, quando em 2012 ela pediu demiss√£o, vendeu todos os seus pertences e avisou que estava saindo em uma viagem pelo mundo ‚Äď sozinha! A mo√ßa j√° passou por mais de 35 pa√≠ses desde ent√£o, conheceu lugares e pessoas incr√≠veis e, apesar de um ou outro perrengue, n√£o se arrepende nem um pouco de ter partido nessa jornada.

H√° tr√™s anos ela se tornou uma viajante e, longe dos luxos de um hotel cinco estrelas ou pomposos roteiros tur√≠sticos, ela faz viagens usando transporte p√ļblico, hospeda-se em hotels e em pousadas e tem o objetivo de conhecer cada pa√≠s que visita a fundo. Seus destinos favoritos, at√© hoje, s√£o Pai, no norte da Tail√Ęndia, Dali, na China, Berlim, S√£o Francisco, nos EUA e Cape Town, na √Āfrica do Sul. Este √ļltimo, segundo ela, foi um dos pa√≠ses mais surpreendentes, devido √† riqueza das paisagens.

Hoje, a viajante se lembra como se sentia infeliz em seu emprego que, apesar de lhe trazer uma certa estabilidade, n√£o a satisfazia completamente. O √°pice da insatisfa√ß√£o foi quando precisou fazer uma cirurgia no ombro e, afastada do trabalho, descobriu que era mais feliz assim. Ap√≥s tanto viajar, Kristin criou o blog Be My Travel Muse, em que d√° dicas para pessoas que querem viajar o mundo. √Č a partir dele que hoje ela banca financeiramente suas viagens e n√£o tem planos de parar.

travel-muse20

Al√©m de descobrir-se uma viajante apaixonada pelo mundo, Kristin encontrou¬†o prazer de estar em sua pr√≥pria companhia. Todas as viagens s√£o feitas sozinhas e, apesar de compartilhar e curtir momentos com diferentes pessoas que conhece ao longo da jornada, est√° sempre por si s√≥. ‚ÄúUma das partes mais dif√≠ceis de se viajar sozinho √© lidar com seus pr√≥prios pensamentos. Voc√™ ter√° muito tempo para pensar quando est√° sozinho, por exemplo em uma viagem de 14 horas de √īnibus, e voc√™ precisa estar consciente disso. Agora, eu acho isso algo bom, porque viajar sozinha me ajudou a apreciar minha pr√≥pria companhia. Eu sou uma pessoa mais confiante e consigo resolver melhor os meus problemas‚Äú, afirmou ela ao Daily Mail.

Para incentivar outras mulheres a fazerem o mesmo, apesar de todos os conselhos que s√£o dados para n√£o se viajar sozinha, Kristin escreveu o livro ‚ÄúConquering Mountains: how to solo travel the world fearlesssly‚ÄĚ (Conquistando Montanhas: como viajar o mundo sozinho e sem medo, em tradu√ß√£o livre‚ÄĚ. ‚ÄúQuando voc√™ est√° viajando sozinha, muitas pessoas v√£o tentar te convencer dizendo que n√£o √© seguro ‚Äď mas na verdade talvez seja mais seguro ir sozinha. Eu acho que √© importante para as pessoas experimentarem uma viagem sozinhas, voc√™ consegue ser quem voc√™ realmente √©, pois ningu√©m mais te conhece‚Äú, explicou.

travel-muse

travel-muse2

travel-muse3

travel-muse4

travel-muse5

travel-muse6

travel-muse7

travel-muse8

travel-muse9

travel-muse10

travel-muse11

travel-muse12

travel-muse13

travel-muse14

travel-muse15

travel-muse16

travel-muse18

travel-muse19

travel-muse21

travel-muse22

travel-muse23

Todas as fotos © Be My Travel Muse