40 razões para visitar a Islândia com um zangão

Fláajökull

Dimmu Borgir

Jökulsárlón

Lakagígar

Álftafjörður

Myvatn

Gullfoss

Friðland að Fjallabaki

Fjallfoss

Berserkjahraun

Vestfirðir

Látrabjarg

Vik

Flateyri

Skógafoss

Kerlingarfjöll

Hvalfjörður

Grindavik

Dettifoss

Berufjörður

Þingvellir

Geysir

Todas as fotos:Jakub Polomski

Anúncios

Estas hortas urbanas levam comida de qualidade às pessoas e já são uma realidade pelo Brasil

Todo mundo quer se alimentar bem. Mas, enquanto para algumas pessoas comer bem significa gastar fortunas em restaurantes, para outras a alimentação está muito mais ligada à saúde e ao bem-estar. E estas hortas urbanas espalhadas pelo Brasil prometem levar comida de qualidade a um custo acessível para um número ainda maior de pessoas.

São iniciativas simples, que partem de governos, escolas, empresas e indivíduos em busca de uma alimentação mais saudável e que gere menos danos ao meio ambiente. E algumas delas podem ser replicadas aí na sua cidade. Vem ver!

1. Horta Municipal de Porto Real (RJ)

Pensa numa horta criada para distribuir alimentos para escolas municipais e hospitais. Essa é Horta Municipal da cidade de Porto Real, localizada no Rio de Janeiro. Por lá são produzidos alface, couve, cebola, abóbora, mostarda, almeirão, mandioca, acerola, banana, goiaba e ameixa. Os moradores interessados também podem passar no local para buscar uma muda e plantar em casa.

horta1

horta2

Fotos: Prefeitura de Porto Real

2. Horta das Coruja – São Paulo (SP)

Uma horta urbana, comunitária e sustentável que tinge de verde um pedacinho da nossa tão cinzenta São Paulo. A Horta das Corujas é cercada, mas é apenas para evitar a entrada de cachorros no local. As cercas não têm trancas e permitem que qualquer um entre ali para colher os alimentos plantados nesse espaço dominado pelo espírito comunitário na Vila Madalena.

horta3

horta4

Fotos: Ana Elisa de Rizzo

3. Shopping Eldorado – São Paulo (SP)

Com um telhado verde de quase três mil metros quadrados, o Shopping Eldorado planta hortaliças, legumes e verduras em uma horta que já ganhou até mesmo prêmios de sustentabilidade. Todos os alimentos plantados no local são adubados com uma composteira que usa justamente o lixo orgânico do shopping. Com a iniciativa da empresa, cerca de 1 tonelada de resíduos orgânicos deixa de ir para os aterros todos os dias. Os alimentos gerados na horta são consumidos pelos próprios funcionários.

horta5

Foto: Blog Shopping Eldorado

4. Projeto Germinar – Jaraguá do Sul (SC)

Implantado em 2013 pela prefeitura de Jaraguá do Sul, o Projeto Germinar buscou criar hortas comunitárias para utilizar espaços abandonados da cidade ao mesmo tempo em que promovia a qualidade de vida da população do município. As 26 hortas na cidade estimulam a alimentação orgânica e servem também como um local de interação entre vizinhos. Estima-se que mais de 400 famílias sejam beneficiadas com a iniciativa.

horta6

Foto via

5. Horta Comunitária da Lomba do Pinheiro – Porto Alegre (RS)

Na zona leste de Porto Alegre repousa essa horta comunitária em que qualquer um pode colher os alimentos, desde que também contribua com o plantio. A horta ocupa uma área de 0,7 hectare e é mantida por voluntários, que tomam conta dos cultivos de hortaliças e plantas medicinais.

horta7

Foto: Reprodução Facebook 

Ele construiu uma van movida a energia solar para poder viajar em família

Por anos Brett Belen idealizou veículos elétricos abastecidos coma  luz do sol. Ou seja, nada de posto de gasolina, bastava estacionar o carro e esperar algumas horas para cair na estrada de novo.  E para viabilizar suas viagens em família, ele transformou a icônica “pão-de-forma” da Volkswagen numa  van elétrica alimentada a energia solar, altamente funcional.

Aproveitou  o modelo de 1973, espaçoso e com uma vasta área de tejadilho para aplicar  um enorme painel fotovoltaico, que proporciona exposição solar máxima ao sol. Ele é composto por quatro paineis LG de 305 watts que, quando levantados, assumem a posição diagonal num ângulo máximo de 40º, e se encarregam de gerar mais combustível para a van.

Quando posicionada de forma correta para acompanhar o movimento do sol, ela pode ser carregada e aproveitar 6 horas de energia solar! Seu interior é  equipado com mesas dobráveis as laterais feitas com tecido à prova de água, como o de uma tenda de campismo, garantido conforto para toda a família. Veja só:

solarvan3

solarvan2

solarvan1

Todas as fotos © Brett Belen

Casal se entrega à vida na estrada e o resultado é uma série de fotos muito inspiradora

Quem nunca sonhou em largar tudo e encarar uma road trip sem data para terminar? Para o neozelandês Matt Aidney e sua companheira Vieta Kuznetsova isso não se tratava apenas de um sonho, mas de uma incrível maneira de conhecer o mundo sem sair de casa.

Tudo começou quando Matt realizou uma viagem pela Rota 66, nos Estados Unidos, de moto, há cinco anos. Desde então, ele percebeu que, apesar de ser uma experiência incrível, viajar sobre duas rodas era limitante. Foi quando o viajante decidiu que existia uma maneira mais interessante de pegar a estrada: a bordo de um ônibus transformado em lar.

bus1

Ao lado de Vieta, ele realizou uma viagem de campervan pela Nova Zelândia e decidiu que era o momento de investir em uma casa sobre rodas. O casal comprou um ônibus que já estava quase totalmente adaptado e o transformou em lar. Ao todo, foram cerca de mil horas de trabalho para que o espaço ficasse do jeito que eles queriam e a maior parte das reformas foi feita com materiais reciclados e reutilizados.

bus

Desde então, os dois passaram três meses viajando pelos Estados Unidos a bordo do ônibus particular, totalizando mais de 9,5 mil quilômetros percorridos. A história dos dois foi contada pelo site The Plaid Zebra e a viagem rendeu uma série de fotografias que vai deixar você com vontade de colocar os pés na estrada agora mesmo.

Espia só:

bus2

bus20

bus11

bus9

bus8

bus7

bus6

bus5

bus4

bus3

bus15

Todas as fotos via The Plaid Zebra