É preciso assinar um termo de ‘sei que posso morrer’ para provar este sorvete

Você pode até gostar de pimenta, mas dificilmente irá apreciar o gostinho diabólico deste sorvete criado pelo Aldwych Cafe de Glasgow, na Escócia.

A sobremesa ganhou o nome de  “Respiro Del Diavolo” e seus criadores afirmam que a receita é feita com  Carolina Reapers, considerada a pimenta mais picante do mundo. Graças a isso, é preciso ter mais de 18 anos e assinar um termo de responsabilidade antes de provar o sorvete.

https://res.cloudinary.com/jpress/image/fetch/c_fill,f_auto,h_720,q_auto:eco,w_960/https://inews.co.uk/wp-content/uploads/2018/02/27368744_988977527920041_6919129496562008024_o-960x720.jpg

Entre as cláusulas do documento, os valentes o suficiente precisam confirmar que entendem que pode haver um “risco de ferimentos pessoais, doença e possivelmente perda da vida“. Além disso, é necessário afirmar que não possui nenhuma condição médica que possa tornar a experiência ainda mais perigosa.

 https://i1.wp.com/foodgod.com/content/uploads/2018/02/Pepper-ice-cream.png

Ainda segundo o documento, o Respiro del Diavolo teria uma classificação de 1.569.300 na escala de Scoville, usada para medir o grau de ardência das pimentas. Esse número indica que o sorvete seria 500 vezes mais apimentado do que o molho Tabasco convencional, por exemplo.

Resultado de imagem para Aldwych Cafe

Você teria coragem de provar?

Anúncios

Robert Plant se encanta com baterista japonesa de 8 anos tocando clássico do Led Zeppelin

A japonesa Yoyoka Soma, uma talentosa baterista de somente 8 anos de idade, já havia provocado espanto quando, há dois meses, um vídeo com sua participação em um concurso de bateristas e percussionistas mulheres ganhou a internet.

A firmeza e a precisão com as baquetas na mão com que executava uma impressionante canção de sua escolha fez com que a pequena Soma se agigantasse e conquistasse a todos os milhões que assistiram o tal vídeo.

https://player.vimeo.com/video/263985244?app_id=122963

Recentemente, no entanto, uma pessoa verdadeiramente especial também se encantou com Soma – e sua reação diante da jovem baterista foi filmada e transformada em um vídeo igualmente viral.

A música que Soma havia escolhido para seu vídeo no concurso era nada menos que Good Times Bad Times, do Led Zeppelin – uma das levadas mais lendárias da história, defendida originalmente por seu baterista preferido, o incrível John Bonham. Acontece que o furor provocado pela qualidade da execução da pequena baterista era tamanha que o próprio Robert Plant, em um programa de rádio, assistiu a Soma tocando a música de sua banda – e mais: ele já conhecia a menina e sua baquetas.

“Que fantástico! Eu já vi isso outro dia. Ouça isso!”, diz Plant logo de cara, com um largo sorriso no rosto – para em seguida colocar os óculos como quem quer ver melhor para poder crer naquilo que está soando aos seus ouvidos. “É tecnicamente uma coisa realmente difícil de fazer”, comenta Plant, não sem soltar gritos de excitação diante da execução e da felicidade (e facilidade) com que Soma toca. O apresentador não se furta a perguntar a Plant o que todos que assistem ao vídeo pensam: o que John Bonham diria diante de tal encantadora prodígio? “Acho que ele ficaria espantado e realmente orgulhoso. É incrível”, responde Plant.

O vídeo original de Soma foi realizado para a sétima edição do concurso Hit Like a Girl – 2018 – algo como “Bata como uma garota”, competição anual entre percussionistas mulheres. A categoria em que Soma, que é uma das finalistas, concorre é de bateristas com menos de 18 anos. O resultado do concurso ainda não foi anunciado – mas Soma já saiu com um grande prêmio: de ter, aos 8 anos, Robert Plant em pessoa encantado com seu talento.

© fotos: reprodução/fonte:via