5 fatos terríveis que foram apagados da história

6
 

A história tende a esconder os fatos obscuros de figuras que se tornaram famosas ou extremamente importantes. Felizmente, geralmente é possível encontrar um ângulo diferente de diversos acontecimentos históricos.

Como já disse antes, a história humana pode – e constantemente faz – produzir histórias que são muito mais assustadoras e curiosas do que muitos filmes. Em nossa busca incessante para mostrar a verdade sobre fatos históricos, nós mostramos a seguir algumas bombas históricas que não aparecem nos livros de história. transformar-se em seus livros de texto.

Conheça 5 fatos terríveis que foram apagados da história:

O patriarca da família Kennedy mutilou o cérebro de um membro da família

1

Em seu auge, a família Kennedy era basicamente, a realeza americana: o vasto poder político que ela tinha, o legado que eles deixaram e os rumores de relacionamentos polêmicos que os cercavam fdeixar os Kardashians no chinelo.

Rosemary Kennedy, a irmã mais velha do clã Kennedy foi vítima da crueldade de seu pai. Joseph Kennedy fez algo unicamente cruel com ela, mesmo para os padrões políticos. O pai dela era notório por ter ambições muito altas para os seus filhos, mas Rosemary provou ser um problema para ele devido a suas pontuações relativamente baixas de QI e sua atitude rebelde durante a puberdade.

Joseph orquestrou uma lobotomia na sua própria filha. No outono de 1941 Rosemary Kennedy foi levada para longe de sua rica vida confortável. Ela foi jogada em um hospital, onde os médicos perfuraram um buraco em sua cabeça e cortaram parte de seu cérebro. Rosemary, que provavelmente sofria de alguma doença mental, embora ele definitivamente não foi debilitante, estava acordado durante toda a operação, o que, naturalmente, não de uma maneira mais espetacular.

Ela entrou em um estado vegetativo e ficou incapaz de falar ou controlar seus movimentos. Ela passou o resto de sua vida em instituições, longe dos olhos do público, especialmente quando seu irmão John tornou-se um candidato presidencial viável.

Cadáveres conservados em barris

Bela Kiss era um latoeiro em Cinkota, Hungria. Alto, loiro e bonito, ele era uma espécie de garanhão com as mulheres, apesar de ser uma pessoa tão particular que ninguém em sua cidade parecia saber nada sobre ele. Tudo o que sabiam era que ele gostava de festas e tinha um bigode muito chamativo.

A verdade finalmente emergiu em 1916, dois anos após o Kiss ir para a Primeira Guerra Mundial. Seu senhorio acreditava que Kiss não voltaria tão cedo da guerra e decidiu limpar o lugar para um novo inquilino. A equipe de limpeza encontrou vários tambores de metal enormes com um odor suspeito. Eram cadáveres.

 

Kiss tinha os corpos de nada menos do que 23 mulheres (incluindo sua esposa infiel) e um homem (adivinhe quem?) estocados nesses barris. Duas dúzias de cadáveres humanos estavam flutuando em um fluido de decapagem caseiro como cebolas em um frasco.

As autoridades também descobriram um quarto secreto contendo cartas de amor de 74 mulheres, que lançam luz sobre de onde todos os corpos em conserva vieram: eram mulheres que ele atraía para a morte usando anúncios de relacionamento nos jornais. Até hoje, ninguém pode dizer ao certo para onde Kiss fugiu e quantas pessoas a mais ele matou.

Hitler era um sonegador de impostos

Pesquisas recentes em documentos relativos a Hitler revelaram o fato de que, quando ele se tornou chanceler da Alemanha, em 1934, ele tinha deixado de pagar 500 milhões de marcos em impostos (6,3 milhões de dólares atualmente). Felizmente para Hitler, seus débitos fiscais foram perdoados (por ele mesmo, quando foi eleito).

Acredita-se que ele ganhou 1,2 milhões de marcos com a venda de seu livro “Mein Kampf”. Ele também evitou o pagamento de 600.000 marcos em imposto. O funcionário que perdoou a dívida fiscal de Hitler foi “recompensado” com 2.000 marcos de isenção de impostos por mês.

Einstein era um namorador

Einstein é, talvez, a maior mente do século 20. A maioria das pessoas sabe que ele tinha uma paixão por violino e que ele começou a vida como balconista em um escritório de patentes. O que a maioria das pessoas não sabe é que ele traiu suas esposas repetidamente. Após se separar com sua primeira esposa (por causa de sua infidelidade), ele se casou com sua prima Elsa.

Pouco depois, ele teve um caso com sua secretária Betty Neumann. Em um novo volume de cartas pesquisadas pela Universidade Hebraica de Jerusalém, Einstein descreveu cerca de seis mulheres com quem ele teve casos enquanto era casado com Elsa.

Gandhi adorava sexo

Quanto tinha 36 anos, enquanto era casado, Gandhi decidiu se tornar celibatário, a fim de alcançar um estado de iluminação (religião hindu). Quando ficou mais velho, ele se tornou mais e mais fascinado com o sexo, a ponto de ser o assunto mais falado por ele. A fim de “aperfeiçoar” o celibato, Gandhi dormia nu com adolescentes.

Uma das mulheres era a esposa de seu sobrinho-neto Kanu Gandhi de 16 anos. Quando ele quis partilhar a sua cama com sua sobrinha-neta de 19 anos, Manu Gandhi, ele disse ao pai dela que estava “corrigindo sua postura de dormir”.via: Cracked

Anúncios

Esta é a sessão de fotos mais fofínea que você já viu

A maioria das imagens fofíneas que vemos pela internet representam gatos ou cachorrinhos em poses cheias de charme. Porém, o fotógrafo russo Vadim Trunov foi um pouco além e resolveu capturar imagens de esquilos que exalam fofura!
As fotografias foram clicadas no inverno, em uma área repleta de neve, o que confere um ar ainda mais especial a elas. Em cada imagem, os esquilos parecem estar brincando entre si ou jogando bolas de neve um no outro.
esquilo1
Na verdade, o fotógrafo deixou algumas nozes e pinhas em uma clareira para poder capturar as fotografias dos animais. E, em algumas das fotos em que eles parecem brincar entre si, o que ocorre é uma briga para ver quem irá ficar com o alimento.
Mesmo assim, os cliques não deixam de ser a coisa mais fofa da vida! Espia só! ♥
esquilo2 
esquilo3 
esquilo4 
esquilo5 
esquilo6 
esquilo7 
esquilo8 
esquilo9 
esquilo10 
esquilo11 
esquilo12 
esquilo13 
esquilo14 
esquilo15
Todas as fotos © Vadim Trunov

Faz 120 anos que este tronco está flutuando na vertical e ninguém sabe a causa

https://scontent-gru2-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/14642148_1788974801378940_8247262571418094020_n.jpg?oh=d6d576e9ad06b6749e3845fca66bda67&oe=586C86AD

O lago mais profundo dos Estados Unidos se chama Crater Lake e fica no estado de Oregon, bem ao norte da Califórnia. Além do fato de ficar no topo do que costumava ser um vulcão, o lago chama atenção por suas águas incrivelmente azuis e por um mistério que envolve um tronco.

Desde pelo menos 1896 este tronco de árvore de nove metros de comprimento boia no lago, e é flutuante o suficiente para suportar o peso de uma pessoa de pé em seu topo. Cerca de 1,2m fica acima do nível da água.

https://scontent-gru2-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/14671246_1788974674712286_2538894388956100354_n.jpg?oh=222f8a99b4506eed6920191dce5a23c2&oe=585F5071

E ele não fica paradinho no mesmo lugar. Registros mostram que entre 1986 e 1891, ele se moveu 400m no lago. Batizado de Old Man, o tronco passou por uma pesquisa mais detalhada em 1938, e foi observado que ele se move ainda mais do que pensado inicialmente. Em apenas três meses de observação ele percorreu 99km graças aos ventos fortes e ondas do lago.

“Você pensaria que o 1.2m que está acima da água funcionaria como uma pequena vela, mas algumas vezes ele se move contra o vento”, aponta Mark Buktenica, ecologista aquático do Parque Nacional em que o Crater Lake está localizado.

https://scontent-gru2-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/14708317_1788974668045620_2605347468782832876_n.jpg?oh=4381a1d859f2506e8a7a772d01da62d4&oe=5898D402

Por que ele boia na vertical?

Com seus 9m de comprimento e 61cm de diâmetro, o Old Man deveria boiar na horizontal. Pesquisadores descobriram que o tronco existe há pelo menos 450 anos, e que ele deve ter caído no lago há mais de 100 anos. É possível que pedras estivessem presas às suas raízes no momento da queda, e que elas tinham funcionado como âncoras, fazendo com que ele flutuasse na vertical.

Atualmente nenhuma pedra ou sinal delas é encontrada na ponta inferior do tronco, mas depois de tanto tempo flutuando nesta posição, a parte da madeira submersa poderia ter se tornado mais densa e pesada, enquanto a parte exposta continuou relativamente seca.

https://i1.wp.com/s1.1zoom.me/big3/422/350703-svetik.jpg

“Esse equilíbrio aparente permite que o tronco fique estável na água”, diz uma explicação do Instituto Crater Lake. [Science Alert]

Casa de praia atingida por furacão em Nova York vira incrível instalação artística

https://scontent-gru2-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/14720348_1789030874706666_1207038072497764626_n.jpg?oh=9ab2cdcf67894c2c9a18b2f34b109e68&oe=586469CF

No último fim de semana de verão em Nova York, acordei cedo e resolvi conhecer Rockaway, uma praia perto de Manhattan. Aproximadamente 1h30 de transporte público depois, lá estava eu pisando naquela enorme faixa de areia e olhando para um mar parecido com o que tenho perto da minha cidade, Curitiba, no Paraná. Escuro e um tanto quanto agitado. Mas estava calor e eu estava na praia, isso já era o suficiente para me fazer muito feliz.

Era o que eu pensava. Após uma curta caminhada à beira mar, eis que uma casa vermelha no meio do nada’ me chama atenção. Ao me aproximar, descobri se tratar de uma instalação do MoMA PS1, um braço mais contemporâneo do MoMA que fica em Long Island. Agora sim meu coração batia mais forte.

img_7757

A obra é da artista alemã Katharina Grosse, famosa por suas intervenções com tinta spray, e fica em uma casa atingida pelo furacão Sandy em 2012 em Fort Tilden, uma antiga base do exército norte-americano.

w704-1

Klaus Biesenbach, diretor do museu, conta que quando ficou sabendo que a casa estava com sua estrutura comprometida e seria demolida em novembro deste ano, não hesitou em chamar a artista para uma intervenção. “Quando eu ouvi sobre a casa de Fort Tilden que seria demolida por conta do furacão, imediatamente pensei em convidar Katharina.”, disse.

A artista topou na hora, e se inspirou nas cores do pôr do sol de Rockaway para criar uma instalação quente e vibrante, dando nova vida à casa, pelo menos por alguns meses, já que ela ainda será demolida no fim do ano.

img_7788

O lugar é realmente mágico, e encanta justamente pela simplicidade. Apenas um pouco de cor e a casa se transformou totalmente. E essa não era uma opinião particular, já que nos aproximadamente 45 minutos em que admirava a obra de Katharina, uma boa quantidade de turistas e curiosos passou e parou por ali.

img_7782

Alguns entravam na casa, e eram advertidos por policiais que faziam ronda de que, por conta da estrutura comprometida, era proibido ficar no interior do imóvel. Mesmo assim, vários se arriscavam para tirar boas fotos. E confesso que fiz parte da turma. O resultado incrível você confere abaixo:

img_7760

img_7762

img_7778

img_7786

img_7787

img_7799

img_7800

img_7804

img_7807

img_7808

img_7811

img_7813

img_7815

w704-2

w704-3

w704-4

w704-5

w704

Imagens © Gabriela Alberti/Pablo Enriquez

Agora qualquer habitante de Paris pode plantar seu próprio jardim urbano

https://scontent-gru2-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/14721557_1789482624661491_8797016362280348321_n.jpg?oh=7653ac2bac02e9278b6324c61cba6356&oe=589F4530

Se Paris já é famosa pelos seus jardins formidáveis, suas floriculturas espetaculares espalhadas pela cidade e pela presença abundante de plantas em toda e qualquer casa ou apartamento que se preze, o futuro da cidade luz é tornar-se ainda e cada vez mais a cidade verde. Uma iniciativa da prefeitura permite e encoraja ainda mais que os moradores de Paris cultivem jardins urbanos em suas mais variadas formas.

 parisverde3

A ideia do prefeito Hidalgo é oferecer tais permissões para que até 2020 a cidade possua 100 hectares ao menos de área verde em seu perímetro urbano, tornando Paris uma das cidades mais verdes do mundo. De frutas e vegetais até flores e plantas, as autorizações terão a duração inicial de três anos e permitirão que os moradores interessados possam cultivar basicamente o que quiserem, dando preferência a plantas locais.

 parisverde4

E quanto mais criativos os moradores forem, melhor. Muros vivos, jardins nos telhados das casas e prédios, hortas, jardins verticais, pequenos vasos ou cultivos especializados, tudo é permitido e incentivado. As exigências, no entanto, são duas somente: que o cultivo seja realizado de forma sustentável, sem agressões ao meio ambiente, e que a plantação em si combine ou melhore a estética parisiense.

parisverde2

O que já era lindo se tornará ainda mais bonito, e trará benesses inestimáveis para o meio ambiente e o bem estar em Paris – a única pergunta que resta é: o que as outras cidades do mundo estão esperando para fazer o mesmo?

Permis de végétaliser 90 Bld de Charonne 20e

parisverde8

parisverde7

parisverde6

La rue verte

parisverde1