O famoso festival no Nepal que todos os anos agradece aos cachorros por serem nossos amigos

 

Quando o outono chega, os nepaleses comemoram o Tihar, um festival que tem cinco dias de duração e que faz parte das celebrações religiosas hindus. Apesar de haver variações entre as comemorações, dependendo da região do país, o segundo dia do festival sempre é dedicado aos cachorros e sua lealdade.

Chamado de Kukur Tihar ou Khichã Pujã, o dia envolve comemorações voltadas aos melhores amigos do homem e à lealdade que eles nos têm. Os hindus acreditam que os cães são mensageiros de Yamaraj, o deus da morte, e celebram a existência desses animais com muitas flores e alimentos. Os cães são marcados com um pó avermelhado na testa como um sinal de sua santidade.

Vale a pena ver as fotos:

NepalFestivalEx

kukur-tihar

kukur-tihar2

kukur-tihar4

kukur-tihar5

kukur-tihar6

kukur-tihar7

Fotos © EPA/NARENDRA SHRESTHA

kukur-tihar8

Foto © Jenny Mendes

kukur-tihar10

kukur-tihar11

kukur-tihar12

Fotos © Pawsgo/Instagram

kukur-tihar13

Foto © Leandgf

Anúncios

5 instalações artísticas surreais que usam a natureza como suporte

De todos os meios já utilizados para que criássemos arte de maneira geral, difícil imaginar um suporte melhor, mais bonito e intenso do que a própria natureza. Musa maior de toda forma de arte, a natureza tem sido diretamente integrada a obras mundo a fora, transformando o que já é belo em obras magníficas.
Sete montanhas mágicas, Las Vegas, Nevada – Ugo Rondinone
natureza1 
Piers flutuantes, Lago Iseo, Itália – Christo e Jeanne Claude
natureza2 
Salgueiro guarda-chuva, Oulu, Finlândia – Jaakko Pernu
natureza4 
 
Floresta de conto de fadas, Noruega – Rune Guneriussen
natureza5 
Cachoeira, Versalhes, França – Olafur Eliasson
natureza3 
Cinco obras que acrescentam sensação e certa estética mágica aos já monumentais cenários para as quais foram criadas. A arte contemporânea pode ser de difícil compreensão para muitos – da mesma forma que a natureza. Impossível é conseguir, em tais casos, fazer com que o suporte que a natureza oferece para tais obras seja superado em beleza e força.
© fotos: divulgação

O único hotel na Antártida te permite passar férias no continente gelado e passear com pinguins

https://scontent-gru2-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/14702398_1790818281194592_1178718075758608350_n.jpg?oh=5512c0ed7e0644d1cca276d45d2217bb&oe=589733B3

Quem está cansado de viajar para os lugares de sempre e está procurando um destino incomum para passar suas férias, o mais exótico e isolado continente do mundo agora oferece um resort de luxo para quem está com o espírito aventureiro em dia. Entre pinguins, ursos polares e o clima literalmente glacial, é possível passar suas férias na Antártida.

 antartida7

O White Desert é o único e primeiro resort construído no continente gelado, e sua construção foi pensada sem causar impacto ambiental algum à Antartida.

antartida11

antartida1

Nem por isso sacrifica-se em nada o bem estar dos hóspedes – ainda que seja batizado de acampamento, o local é um verdadeiro hotel de luxo, com acomodações dignas de 5 estrelas. O único porém e ao mesmo tempo o maior charme do acampamento Whichaway, onde se localizam os “quartos”, é realmente ser no lugar mais frio do mundo.

antartida12

antartida2

antartida10

antartida5

antartida8

Em compensação, a paisagem parece saída de um filme de ficção científica, como se a viagem te levasse para outro planeta – e é possível ao hóspede sair de seu “quarto” e passear entre pinguins.

antartida3

Claro que, para isso, será preciso enfrentar o vento do polo sul, o que não é um detalhe, mas que parece valer a pena.

antartida13

O acampamento possui um “iglu” comum para alimentação, e quartos separados para cada par de hóspedes, e a viagem oferece caminhadas, escaladas no gelo e até uma ida à colônia de pinguins-imperadores.

 

A ideia é permitir que o continente seja visitado não só por cientistas, e que qualquer pessoa possa conhecer a Antártida. Há, é claro, outro porém além do clima inclemente: o bolso. A viagem ao continente gelado no extremo sul do mundo custa singelos 70 mil dólares pessoas – com tudo incluído: viagens, hospedagem, pinguins, o mais intenso frio do mundo, e a incrível sensação de visitar o mais inóspito local do mundo.

antartida14

antartida9

antartida6

antartida4

antartida15

© fotos: divulgação

10 lugares ‘não-clichê’ que todo mundo deveria visitar

https://scontent-gru2-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/14656276_1790811331195287_8395194467000979968_n.jpg?oh=6b7aa60ecb776adf57e36caa51ab9eb3&oe=58AB9A7D

Veja aqui uma lista destinos poucos conhecidos e incríveis para se aventurar pelo menos uma vez na vida!

Conhecer essas casinhas adoráveis no Japão, na vila de Shirakawago, registradas pela UNESCO como Patrimônio Mundial.

shirakawago_japanese_old_village_002

Tomar um chá da tarde numa floresta em pleno centro de Londres no Barberican Conservatory

Conhecer “O Olho Azul”, um paraíso natural escondido no distrito de Sarande, Na Albânia

blue_eye_syri_i_kalte%cc%88r_03

Ver as vistas a partir do Kolukkumalai Tea Estate, um pedaço de terra a 8000 metros acima do nível do mar em Munnar, na Índia!

kolukkumalai

Caminhar pelas dunas de areia de Nairn Beach, na Escócia, e ter a sorte de avistar golfinhos no mar.

nairn_beach_-_geograph-org-uk_-_1330383

Ver as formações rochosas de Simphony of The Stones, na Armênia, uma estrutura natural composta por rochas de basalto próxima ao Garni Gorge.

symphony_of_stone

Alcança Knight Inlet, na British Columbia, no Canada, acessível apenas de barco ou avião, para ver ursos e lobos em seu habitat natural.

grizzly_cub

Conhecer a Caverna de Bisevo, na Croácia, uma gruta que é tão brilhante que parece iluminada artificialmente!

1024px-bisevo-in-001

Escalar um vulcão desativado na Áustria para conhecer o Castelo de Riegersburg:

riegersburg_burg

Explorar a ilha coreana de Oedo, que foi transformada num lindo jardim botânico e é um lugar super romântico, principalmente no verão!

kocis_korea_oedo_botania_28_10016932444

Fotos: Wiki Commons

5 destinos brasileiros que não estão em qualquer guia turístico

https://scontent-gru2-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/14732256_1790813924528361_3119450820808948459_n.jpg?oh=a2ff42624fe22ffce7042b3ef0222450&oe=58A4DB25

Viajar está nos planos de dez entre dez pessoas, mas nem todas conseguem viabilizar o sonho de sair pelo mundo. As razões são diversas, mas as principais delas são falta de tempo, dinheiro, planejamento e, acreditem, uma bela pitada de zona de conforto envolvida.

Para se surpreender, é preciso primeiro arriscar, sair do lugar comum, do óbvio que marca presença em toda conta de Instagram e chegar naquele cantinho que pode não estar na maioria dos blogs, mas fica na maioria dos corações. Viajar é isso mesmo: se permitir sair, enxergar a vida com um novo olhar.

Por isso, para te inspirar, fizemos uma lista com cinco lugares absolutamente deslumbrantes, todos no Brasil e todos fora da ‘modinha’. São lugares diferentes, interessantes e belíssimos, onde é possível apreciar a natureza e também a si mesmo explorando além dos destinos brasileiros convencionais. Pronto para desibernar e sair do lugar comum?

1.  Cânion Fortaleza – Cambará do Sul – RS

canyon-fortaleza

O Canyon Fortaleza está situado a 23 Km de Cambará do Sul, Rio Grande do Sul, no Parque Nacional da Serra Geral. O nome Fortaleza deve-se à configuração do terreno, talhado de tal forma que lembra as muralhas de um forte, com suas pontes e torres. O cânion se estende por cerca de 5.800 metros de comprimento, 2.000 metros de largura e uma profundidade de 600 metros. Suas escarpas atingem, em alguns lugares, 900m de altura. A Cachoeira do Tigre Preto forma a mais bela queda d´água do conjunto de cascatas e pode-se ver num ângulo bastante raro. As pedras permitem que se vá até o meio das águas.

2. Caxambu – Minas Gerais

caxambu

Privilegiada pela natureza, Caxambu é conhecida por sua variedade de águas hidrotermais. Banhos de imersão em água mineral, piscina de hidroterapia, duchas e tratamentos estéticos são algumas das especialidades encontradas, além de sauna e massagens. É possível conhecer o centro da cidade em passeios de charrete e se deliciar com doces de leite, ambrosia, geleias, compotas de frutas e uma dezena de variedades de queijos produzidos na região enchem os olhos e as malas dos turistas.

3. Iriri – Espírito Santo

iriri

O litoral sul capixaba conta com surpresas agradáveis como o balneário Iriri. O balneário é composto por quatro praias: Areia Preta, Costa Azul, Praia dos Namorados e Santa Helena. A Praia da Areia Preta é a maior delas e está próxima a bares, restaurantes, pousadas e quiosques. A Areia Preta é o local ideal para quem ama observar belos pores-do-sol.

A Praia Costa Azul possui águas claras e é perfeita para quem gosta de passar o dia aproveitando o mar. A Praia dos Namorados é repleta de pedras, corais e uma grande faixa de areia que, juntos, formam uma das paisagens mais bonitas do litoral sul do Espírito Santo. A Praia de Santa Helena é uma das praias mais aconchegantes recomendada para aqueles que gostam de contato com a natureza e descanso.

4. Conde – Paraíba

conde

A apenas 20km de João Pessoa, o município de Conde impressiona pela beleza em suas praias rodeadas de rochas, vegetação nativa, falésias e piscinas naturais. A cidade ficou famosa por abrigar a primeira praia oficial de nudismo do pais, a Tambaba. A Praia Coqueirinho, também merece destaque: é considerada a mais bela da Paraíba. Lá é possível conhecer o Cânion do Coqueirinho, uma maravilha com formações de arenitos e argila avermelhadas.

5. Chapada das Mesas – Maranhão

chapada_das_mesas

Criado em 2005, o Parque Nacional da Chapada das Mesas é uma das reservas naturais mais belas do Nordeste brasileiro. Com cerca de 160 mil hectares, o cenário de formações rochosas esculpidas pelo vento e pela chuva possuem uma beleza de tirar o fôlego. O local é repleto de cachoeiras que formam piscinas naturais e no parque é possível a prática de rapel, rafting e tirolesa. Para quem só quer saber de sossego, vale visitar um dos poços de água cristalina como o Poço Azul e Poço Encantado.