Ela nasceu sem pernas, mas não se deixou vencer: hoje é modelo e fatura até US$ mil por dia

É sempre inspirador e impressionante ver como o corpo humano se adapta e vence suas próprias limitações. Kanya Sesser é uma tailandesa que foi abandonada nas escadarias de um templo budista quando tinha apenas uma semana de vida. O motivo? Ela nasceu sem os membros inferiores.

Mas se essa história tinha tudo para ter um final triste, Kanya a transformou em sucesso: adotada por um casal norte-americano, a garota hoje mora em Los Angeles, anda de skate e segue uma bem-sucedida carreira como modelo. Apaixonada por adrenalina, a jovem pratica skate, surfe e até ski.

Kanya começou a modelar aos 15 anos, posando para marcas de esporte. Hoje ela afirma faturar até mil dólares por dia trabalhando para marcas como Nike, Volcom e Rip Curl, segundo o Daily Mail. “É algo divertido e mostra a minha história – eu sou diferente e isso é sexy. Eu não preciso de pernas para me sentir sexy“, afirma.

Veja algumas das fotos de Kanya:

kanya-sesser

kanya-sesser2

kanya-sesser3

kanya-sesser4

kanya-sesser5

kanya-sesser6

kanya-sesser7

kanya-sesser8

kanya-sesser9

kanya-sesser10

kanya-sesser11

kanya-sesser12

kanya-sesser13

kanya-sesser14

kanya-sesser15

No Instagram de Kanya você pode acompanhar algumas de suas aventuras por aí.Fotos © Facebook/Reprodução

Menino autista combate seus medos lendo pra animais de abrigo, enquanto os ajuda a encontrar um lar

Crianças com autismo costumam ter dificuldades de socialização e não se adaptam facilmente a ambientes com muito barulho ou estímulos visuais. Porém, o convívio com animais pode ser bastante benéfico para os pequenos que convivem com o transtorno – é o que diz essa pesquisa aqui. Mais do que apenas pesquisas, a experiência também mostra que essa fórmula dá certo, como no caso do menino autista Jacob Tumalan, de seis anos.

Toda a quinta-feira, Jacob visita o abrigo de animais Carson, em Gardena, nos Estados Unidos, com um propósito sério: o pequeno aproveita o tempo depois da escola para ler para os animais que vivem no abrigo. O ritual é repetido há seis meses e começou com um empurrãozinho da tia de Jacob, Lisa Dekowski-Ferranti, que trabalha com o resgate de animais.

A experiência de voluntariado do menino o ajuda a ter um senso de propósito e melhorou muito suas capacidades linguísticas. Os animais também se beneficiam da iniciativa, que os ajuda a se socializar enquanto se preparam para encontrar um novo lar. A ação faz parte do projeto Rescue Readers, em que crianças são voluntárias para ler para os animais do abrigo

Olha que ternurinha (em inglês):

dog1 

dog2 

dog3 

dog4

Todas as fotos © Lisa Dekowski-Ferranti

Ele criou um casamento falso para pedir a mão da namorada e ela nem desconfiou



O mineiro Jivago Sales, fotógrafo de casamentos, queria uma forma diferente e muito especial de oficializar seu pedido de casamento para a também fotógrafa de casamentos Laura Alvarenga. O casal, que se conheceu através das redes sociais, está junto há aproximadamente 8 meses. E desde que o assunto casamento ficou mais frequente entre o casal, Jivago começou a quebrar a cabeça para o pedido surpresa.

Mas, para o pedido não sair “pela culatra’, ele esperou até comprarem as alianças, assim Laura não diria não! E para que a ideia desse certo, tinha que acontecer num momento em que Laura não pudesse imaginar (e nem sonhar!). Como são fotógrafos justamente de casamento, Jivago pensou: ‘e se eu fizer o pedido durante uma cerimônia?’. Foi então que teve a ideia do casamento de mentirinha.

Como estavam com a agenda para o segundo semestre apertadíssima, o fotógrafo teve que correr com tudo para que o casamento falso acontecesse em apenas três semanas. E não é que ele conseguiu?! Com a ajuda de amigos, muitos deles que também trabalham na área, e de familiares, Jivago conseguiu realizar a cerimônia do jeito que imaginou.

1 

3 

4A noiva de mentirinha, fotografada pela noiva de verdade

O casamento falso teve direito a casal de noivos, convidados (240!), cerimonial, padre e daminha. Esta, por sinal, parte muito importante da história. Foi ela que entrou, logo após os noivos, com uma caixa que continha a foto de Laura e Jivago, além do par de alianças do casal.

5 

6 

No momento em que Laura viu a foto dela e do seu noivo, continuou fotografando como se nada estivesse acontecendo, pois imaginou que alguém da organização teria se confundido e utilizado a foto do casal. Somente quando o fotógrafo entrou na igreja, sob a música “Marry Me“, do Bruno Mars, foi que a ficha caiu.

7 

8 

9 

10 

11 

Laura, que ficou muito emocionada, disse que não fazia ideia da surpresa. Gente, eu não acredito. Que é isso, amor?! A resposta é sim, claro! Lógico!, disse ela, que achava que teriam um jantar íntimo de noivado.

12 

13 

Após o pedido bem sucedido, eles receberam a benção das alianças, realizada pelo padre da igreja. E, depois das formalidades, noivos (os de verdade e os de mentirinha) e convidados seguiram para comemorar em um restaurante local.

14 

15 

Agora, eles planejam se casar no ano que vem, assim que tiverem uma brecha nas agendas. E, como disse o noivo, se o pedido foi assim, imagina o casamento!

Todas as fotos © Jivago Sales

FOTO DO DIA

https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/564x/3c/9d/e9/3c9de9a3ff4a317bfd82d18d38a86813.jpg

As pessoas raramente reconhecem as oportunidades da vida, porque muitas vezes elas estão disfarçadas de trabalho.

Gatinho pula montra de pet shop para brincar com filhote de cachorro que estava sozinho

CatEscapes1

Aviso: este é mais um post da série “aprendendo com os animais”. Mas poderia caber também na série “morrendo de fofura”. Você decide!

Antes de se apaixonar pelo que vai ver abaixo, vamos ter isto em mente: não compre animais, adote . Este caso é apenas mais um exemplo, entre milhares de milhões, do isolamento a que estão sujeitos os animais em pet shops e da forma como isso impacta negativamente suas vidas e desenvolvimento. Cães, gatos ou qualquer outro animal, não nasceram para viver dentro de uma jaula (felizmente, há quem esteja entendendo isso e fechando espaços como o zoo de Buenos Aires).

Agora a parte que nos comove: um filhote de gato e um pequeno cachorro estavam juntos, mas sós, separados por uma barreira de plástico na JoLinn Pet House, uma pet shop em Taiwan. Mas o gatinho não se conformava com a situação e, por isso, decidiu pular a cerca para brincar com seu amigo.

CatEscapes1

O processo não foi simples e o felino vai (adoravelmente) se debatendo contra as leis da física, até que o cachorro, cuja cauda indicia puro entusiasmo por estar ganhando uma companhia, decide ajudar também. Até ao momento em que um bravo pulo os deixa juntos!

Olha só esse momento:

CatEscapes3

CatEscapes2

CatEscapes4

CatEscapes5

Todas as imagens: Reprodução YouTube

No Egito existe um templo com mais de 4 mil anos com obras de arte incrivelmente bem preservadas

Espalhados por todo o Egito moderno estão muitos templos antigos que são famosos pelo seu esplendor e importância histórica.

O exemplo perfeito de uma destas apresentações de tirar o fôlego é o Templo de Hathor. Construído em torno de 2250 aC, a obra de arte é inteira executada pelas paredes de todo o edifício e está muito bem conservado, apesar de ter milhares e milhares de anos de idade.

hathortemple3

A atração principal é conhecida como o complexo do templo de Dendera, um dos locais mais bem preservados de todo o Egito.

De frente para o Nilo, o cenário do santuário é um clássico egípcio, com extraordinárias obras de arte egípcia como os desenhos e hieróglifos, ou seja, a escrita sagrada – uma das mais antigas do mundo, dominada apenas por pessoas que tinham o poder sobre a população, como: sacerdotes, membros da realeza e escribas.

Além disso é possível encontrar representações da Cleópatra e seu filho com Júlio César. O próprio templo foi construído para adorar a deusa egípcia que personificava o amor feminino, a cura e a maternidade. Colunas imponentes também foram esculpidas para “suportar a face da deusa”, completada com os chifres de vaca, material tipicamente usado para suportar tal peso.

hathortemple5

Apesar de todo o templo ser magnífico, é o teto que continua a ser a verdadeira obra-prima. Recentemente, os restauradores removeram cuidadosamente centenas de anos de fuligem preta que acumularam durante todos esses séculos. A partir do trabalho de restauração, uma pintura espetacular foi lentamente revelada.

Decorada com um mapa astrológico complexo dos céus e dos signos do zodíaco, o teto do antigo templo agora oferece um ambiente altamente detalhado para estudos ou apenas como um cenário encantador para visitar e deixar que a imaginação trabalhe para te levar para anos e anos de história.

Abaixo, algumas imagens do Templo durante a remoção de fuligem, revelando a diferença do antes e depois:

hathortemple3-(1)

hathortemple1

hathortemple2-(1)  hathortemple2

hathortemple4

Via My Modern Met