Animais de estimação estão ajudando alunos de Cambridge a passar nas provas

Para passar nas provas de uma universidade como Cambridge, na Inglaterra, é preciso dedicação intensa aos estudos, foco inquebrantável nas aulas, infinitas horas de leitura e preparação em bibliotecas e… afagos em porquinhos-da-Índia, cachorrinhos ou até mesmo em um gato de três pernas. É isso que um projeto dedicado a diminuir a tensão dos estudantes em época de prova oferece – e os resultados comprovam a eficácia desse tão fofo método, e os animais se tornaram como “funcionários” de uma das mais prestigiadas universidades do mundo.

Assim, funcionários de diversos cursos adotaram animais, para que os estudantes possam levar cachorros para passear ou mesmo tomar um chá desfrutando da felpuda companhia de Jasper, o gato malhado de Cambridge que não tem uma perna. E a ajuda é reciproca, já que os animais também demonstram ânimo e felicidade diante do carinho recebido dos alunos, que costumam morar no campus e aproveitam a oportunidade para não só relaxar como muitas vezes matar a saudade de seus próprios bichos de estimação.

Jasper, estrela na universidade

Jasper mora na biblioteca de Cambridge já há muitos anos, e é de tal forma uma estrela local que possui seu próprio evento: o “Chá com Jasper”, no qual naturalmente é o anfitrião, e que costuma receber até 100 pessoas.

E da mesma forma recebem atenção e diminuem a tensão os quatro porquinhos-da-Índia e o Cocker Spaniel chamado Jack, que tem sempre uma agenda cheia de alunos dispostos a leva-lo para uma volta pelo campus, e o mesmo acontece com o cão Toby.

Outras universidade possuem programas similares no país, e em Huddersfield há até mesmo uma “sala de filhotes”, e pesquisas comprovam que os alunos que tiveram contato com os animais apresentam um nível de cortisol (conhecido como o hormônio do stress) bastante reduzido, comprovando que o efeito sobre a tristeza, a solidão e a ansiedade são efetivos quando nos relacionamos com animais.

© fotos: divulgação/fonte:via

Anúncios

Ela fotografou homens com seus gatos e o resultado é pura fofura

A italiana Sabrina Boem é fotógrafa e completamente apaixonada por gatos. Sabrina começou a fotografar seus dois gatos em casa e eles eram tudo o que ela sabia sobre felinos. No entanto, um dia, enquanto caminhava em um parque, encontrou vários caminhando abandonados.

‘Voltei no dia seguinte e descobri que aqueles gatos eram atendidos por um grupo de voluntários que diariamente lhes dava comida e água fresca. Eles tinham feito abrigos para esses gatos em alguns prédios abandonados para que pudessem ter um lugar quente e seco para ir em dias frios de inverno’. Então passou a fotografá-los em várias circunstâncias, inclusive em abrigos, para incentivar a adoção.

Recentemente ela criou um novo projeto especial. “Nos últimos meses eu tive a chance de conhecer alguns homens que têm um relacionamento especial com seus gatos. Então decidi dedicar um projeto especial para eles”.

Ela batizou este trabalho simplesmente de ‘Gatos e Homens’. As fotos captam afeto, cuidado, cumplicidade e muito amor.

Veja:

Imagens: Reprodução/fonte:via