Um ‘navio fantasma’ foi encontrado no Maranhão e o que se sabe até agora sobre ele é totalmente instigante

Uma embarcação de cerca de 20 metros de comprimento, sem registros identificados, amanhece misteriosamente em uma praia distante e deserta, arrastado pela maré até encalhar na areia. O barco é encontrado por pescadores, e dentro, objetos revirados, vidros, janelas e portas quebradas, equipamentos destruídos e nada mais: nenhum membro da tripulação foi encontrado. Essa incrível história parece o enredo de um filme de suspense ou de um livro de detetive, mas aconteceu esta semana em uma praia do município de Cedral, no litoral maranhense.

Baraka1

O município fica a 193 km de São Luís, e a marinha brasileira está investigando a origem e o que teria acontecido com o navio-fantasma que subitamente atracou na praia de Sassoitá, em Cedral.

Baraka5

O nome do barco, “Baraka”, e o número de registro escrito na parte externa da cabine são o ponto de partida da investigação, assim como dois documentos de supostos tripulantes chineses, encontrados dentro do barco. O problema é que até agora não foi encontrado nenhum tipo de registro de desaparecimento de um barco com essas características.

Além dos documentos, foram encontradas dentro da embarcação embalagens de produtos de diversas partes do mundo como Serra Leoa, Senegal e Malásia, além de anotações em folhas de caderno datadas de 2015. As primeiras informações indicam que o barco seria de origem japonesa, mas nada ainda parece confirmado.

Baraka2

Baraka7

Um dos documentos encontrados no interior do navio

São muitos os mistérios que envolvem o “Baraka” e sua chegada à costa brasileira, mas moradores da região garantem que a depredação no interior do barco aconteceu por conta de saques constantes que passaram a ocorrer assim que a embarcação foi descoberta no Maranhão. Seja como for, as condições gerais do próprio barco indicam que ele estaria à deriva há bastante tempo.

Baraka4

Segundo informações, principalmente de matéria publicada pelo G1, a marinha estaria descolando o navio-fantasma maranhense para a capital São Luís, a fim de dar continuidade às investigações. A população local, no entanto, segue sua própria investigação, assim como a internet, desde que o barco apareceu. Alguns acham que o “Baraka” teria sido atacado por piratas; outros acreditam se tratar de uma fuga, ou de um barco de contrabando; há até quem pense se tratar de um navio-fantasma de fato, mal assombrado e pilotado por espíritos marítimos.

Baraka3

A verdade ainda permanece escondida, encalhada em algum detalhe dessa história, feito um tesouro a ser desenterrado, que pode subitamente surgir com a próxima maré.

© fotos: reprodução fonte

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s