Jovem em fase terminal tem incrível recuperação após mãe lhe dar maconha em segredo

Não é mais possível negar o poderoso efeito curativo que a maconha e seus derivados possuem sobre diversas doenças. A frequência com que novos relatos de doentes que, sofrendo com males extremos, tiveram sua dor atenuada ou mesmo curada após o uso de algum derivado da cannabis nos faz crer que podem haver verdadeiras revoluções médicas a serem descobertas a partir da planta. O mais recente caso é do adolescente britânico Deryn Blackwell.

July2010_Deryn 1st day ALL.jpg

Em 2013, aos 14 anos, os médicos deram a Deryn poucos dias de vida. Lutando contra dois cânceres desde 2010, três anos depois restava ao jovem, segundo os médicos, a morfina para lhe aliviar a dor para esperar a morte. Rapidamente Deryn desenvolveu sinais de dependência de morfina, um forte e viciante opiáceo.

Deryn6

Foi aí que a mãe do menino, Callie Blackwell, depois de muita pesquisa, decidiu por lhe remediar óleo de cannabis por conta própria – conforme a própria mãe revelou recentemente.

Deryn7

Deryn5

Callie passou a medicar o filho às escondidas, valendo-se do diagnóstico de que Deryn estava à beira da morte para arriscar o medicamente à base de maconha.

Deryn9

Acontece que Deryn não morreu, e recuperou-se gradualmente, e hoje estuda e trabalha. Passados quase quatro anos, a mãe não tem dúvidas de que a melhora do menino está diretamente ligada ao tratamento com derivado da erva. Tanto o THC quanto o cannabidiol são elementos químicos ativos da maconha com capacidades curativas, segundo estudos.

Deryn2

Os oncologistas escutados pela imprensa britânica afirmam que não é possível confirmar a eficácia da maconha como tratamento a partir da história do menino – e que, para tal, será preciso realizar uma série de testes, exames e pesquisas em laboratório.

Seja como for, o número de casos similares torna evidente que há uma pesquisa enorme a ser realizada a partir da maconha. Quem sabe a cura doenças aparentemente imbatíveis não está escondida justamente em uma planta pouco testada, por ter sido mantida proibida por tanto tempo?

Deryn4

© fotos: divulgação fonte

Anúncios

Ela entrou numa missão para retratar pais que desafiam os estereótipos de figura secundária

Qual o papel do pai na hora de tomar conta dos filhos? Para January Harshe, a falta de representação da figura paterna como alguém atencioso faz com que muitos homens deixem tarefas simples, como alimentar ou trocar fraldas, para as mulheres, e ela decidiu fazer algo para mostrar que não é bem assim.

Há dois anos January e o marido, Brandon, criaram a conta Don’t Forget Dads (algo como “Não Se Esqueça dos Pais”) no Instagram para mostrar que há sim muitos pais dedicados a criar laços de afeto com os filhos, sem aquela ideia ultrapassada de que o homem é o provedor e a mulher a responsável pelos cuidados com as crianças.

fatherhood-without-fear-2

Eu percebi que às vezes os pais são esquecidos”, diz January. “Quando a mulher está grávida, tudo gira em torno dela e do nascimento. Depois, o centro das atenções é o bebê, e mesmo as mães podem ser esquecidas no pós-parto. E onde entram os pais?”.

Ela acredita que os homens podem se sentir tão sozinhos na jornada da paternidade quanto as mulheres, por isso decidiu criar a conta no Instagram para mostrar que pais cuidadosos não estão sozinhos. Ela também é responsável pela Birth Without Fear (“Parto Sem Medo”), focada em imagens sobre as últimas semanas de gravidez e o parto.

fatherhood-without-fear-6

No Brasil, a diferença entre o modo como se encara o papel do pai na criação dos filhos pode ser constatada na Licença Paternidade: a maioria dos homens que trabalham com carteira assinada podem tirar apenas 5 dias de folga após o nascimento dos filhos. Desde 2016, funcionários de locais que fazem parte do Programa Empresa Cidadã têm direito a vinte.

Veja mais fotos publicadas pelo Don’t Forget Dads:

fatherhood-without-fear-5

fatherhood-without-fear-4

fatherhood-without-fear-11

fatherhood-without-fear-12

fatherhood-without-fear-14

fatherhood-without-fear-7

fatherhood-without-fear-9

fatherhood-without-fear-3

fatherhood-without-fear-10

Todas as fotos © Don’t Forget Dads/Instagram fonte

Fotógrafo conta a história de vida das pessoas através de fotos das suas mãos

Para o fotógrafo libanês Omar Reda, é possível ler a história de uma pessoa através da palma de sua mão. Não, não se trata de qualquer sugestão mística, mas sim de uma leitura sensível e poética, sem mirar o destino, mas sim as profundezas, o sentido e os efeitos das escolhas e caminhos que trilhamos ao longo de nossas vidas. Por isso, Omar passou a viajar pode diferentes países do mundo, para fotografar a palma da mão das mais diversas pessoas.

Soldado

Soldado

A mão, como os olhos, revela o que está escondido por baixo da superfície”, ele diz. “Ela foi essencial para nossa evolução e sobrevivência. Nossos ancestrais usavam a mão para acender o fogo, caçar, lutar e outras ações de sobrevivência”. Omar esteve tanto em vilarejos e tribos, quanto em grandes cidades, e deu ao seu projeto o nome de Hands: The Story of Life (“Mãos: a história da vida”).

 EDIT_padeiro

Padeiro

Para Omar, as linhas da pele da palma falam muito sobre as lutas, escolhas e passagens de vida de cada pessoa. Ver suas fotos é ter certeza que não só nas impressões digitais residem traços únicos de nossa identidade – nenhuma mão é igual a outra. A sensibilidade está em notar tais singularidades, e registrar o poema do tempo escrito na palma de nossas mãos.

EDIT_motorista

Motorista

EDIT_meninotribo

Menino de tribo

EDIT_mecanico

Mecânico

EDIT_jardineiro

Jardineiro

EDIT_homemsanto2

Homem santo

EDIT_garotafazendeira

Garota de fazenda

EDIT_ferreiro

Ferreiro

EDIT_homemsanto

Homem santo

EDIT_ceramista

Ceramista

EDIT_carpinteiro

Carpinteiro

EDIT_cabelereiro

Barbeiro

EDIT_anciatribo

Anciã de tribo

EDIT_alfaiate

Alfaiate

Todas as fotos © Omar Reda fonte

Essas mulheres pilotas estão quebrando estereótipos e chamando a atenção no Instagram

A profissão de piloto de avião, assim como muitas outras, ainda é dominada por profissionais do sexo masculino. No Brasil, apenas 197 mulheres são pilotas de avião, contra 13.928 homens pilotos, segundo dados de 2016 da ANAC.

Mas já existe um movimento para mudar essa situação. Como o caso da pilota holandesa holandesa Eser Aksan Erdogan, de 31 anos, que faz o maior sucesso no Instagram compartilhando fotos das suas viagens à frente de um Boeing 737.

Na onda de Eser, há muitos outros perfis começando a aparecer e conquistando cada vez mais seguidores. Separamos abaixo alguns perfis inspiradores que provam que sim, lugar de mulher é no cockpit também. Aliás, lugar de mulher é onde ela quiser, sempre bom lembrar!

Confira:

Eva Claire Marseille, da Holanda

@flywitheva

33.7 mil seguidores

meet-eva-claire-marseille-flywitheva-the-31-year-old-currently-has-over-337k-instagram-followers

she-posts-motivational-quotes-that-she-has-followed-in-her-own-career-to-inspire-others-like-this-one-the-distance-between-dreams-and-reality-is-called-discipline

the-dutch-pilot-flies-boeing-737-jets

Gabriela Laghi, do Brasil

@gabilaghi

10,7 mil seguidores

Captura de Tela 2017-03-28 às 23.39.40

Captura de Tela 2017-03-28 às 23.40.14

Captura de Tela 2017-03-28 às 23.41.01

Lindy Kats, da Holanda

@pilot_lindy

43,9 mil seguidores

like-eser-lindy-kats-pilotlindy-was-born-in-the-netherlands-shes-now-based-in-italy

she-often-posts-photos-of-the-view-from-the-cockpit-like-this-one-over-dubai

with-over-43k-followers-on-instagram-lindy-is-inspiring-other-young-women-to-enter-the-aviation-industry

Maria Fagerström, da Suécia

@mariathepilot

214 mil seguidores

swedish-born-maria-fagerstrm-mariathepilot-24-is-another-young-pilot-making-waves-in-the-industry

and-she-teams-up-with-other-women-in-the-field-like-maria-pettersson-yes-another-maria-who-is-also-becoming-instagram-famous-as-pilotmaria

the-canary-islands-based-pilot-knows-the-ins-and-outs-of-a-boeing-737-literally

Alejandra Manríquez, do México

@babywingz_pilot

72,2 mil seguidores

she-has-the-best-window-seat-on-the-plane

the-mexican-pilot-has-amassed-over-722k-followers-with-her-photos-in-the-cockpit

when-shes-not-in-the-cockpit-alejandra-kicks-back-in-the-classy-cabins-of-the-private-jets-she-flies-its-just-one-perk-of-the-job

also-killing-it-on-instagram-is-pilot-alejandra-manrquez-babywingzpilot

Imagens © Reprodução Instagram fonte