10 coisas que você não sabia sobre os animais

 

Você ama animais? Pois é, nós também. Mas, mesmo que a gente pense que entende tudo sobre os bichanos, sempre tem alguma coisa que nos surpreende…

Por isso nós separamos 10 curiosidades interessantes sobre os animais que você provavelmente ainda não sabia.

1. Moluscos podem ser animais de estimação

É, tem quem canse de ver peixinhos nadando de um lado para o outro do aquário e dê preferência para ter camarões de água doce. Eles podem chegar a até seis centímetros de comprimento e suas colorações variam do escarlate ao azul. Quem busca mais variedade de vida aquática em casa pode optar ainda por mexilhões de água doce e diversos moluscos com conchas que chegam a medir mais de 10 centímetros. Uma das opções mais exóticas é a lagosta azul da Austrália.

8

2. Furões são predadores ferozes

Quem vê a cara fofinha de um furão não imagina o poder deste bichano. Ele é apenas a versão domesticada das doninhas da Eurásia. E as doninhas são bem sádicas com suas presas: costumam perfurar o cérebro de suas vítimas, deixando-as vivas, porém paralisadas, e prontinhas para serem mortas na hora que o predador preferir. Nada mau para um animal tão pequeno, não é?

9

3. Cães e gatos podem te cegar

Calma! É só se você não tomar os cuidados necessários. É que a infecção pelo parasita nematóide, transmitida por solo contaminado ou resíduos de cães e gatos, pode provocar cegueira caso não seja tratada adequadamente. Uma boa maneira de reduzir a ameaça é lavar bem as mãos. Simples assim.

4

4. Cavalos estão em processo extinção

É isso mesmo que você ouviu. É que a espécie de cavalos (Equus Ferus) é composta por várias subespécies. Mas, atualmente, apenas uma dessas subespécies ainda existe na natureza, o cavalo-de-przewalski que precisou ser reintroduzido na natureza após o desaparecimento de sua população selvagem, nos anos 60.

2

5. Papagaios e araras transmitem doenças

Além de repetir tudo o que você fala, os papagaios também transmitem doenças. É que eles podem produzir um pó fino capaz de causar danos aos pulmões, gerando uma doença conhecida como “pulmão do pássaro extravagante“. Se não bastasse, eles também podem carregar clamídia em sua forma aviária e ocasionar a “febre do papagaio” que, se não tratada adequadamente, pode ser fatal.

3

6. Mordida de sapo é grave

Por mais que pareçam animais pacatos, algumas espécies de sapos têm uma mordida feroz. São os sapos Pacman, ou sapo-de-chifre-argentino, capazes de causar ferimentos bastante dolorosos com suas mandíbulas. #medo

1

7. Animais exóticos não fazem mal

Na verdade, é você quem pode fazer mal para eles. Os animais que mais causam mortes costumam estar entre os domésticos, com os quais já estamos mais familiarizados. Enquanto isso, animais de estimação exóticos como periquitos, lagartos, chinchilas, gerbilos da Mongólia, lagostas ornamentais e o bagre anão podem ser bastante inofensivos. Mas vale ler um contraponto e ver como podemos ser nocivos a esses bichanos.

10

8. Canários = tentilhões

Se você gosta de pássaros e alguma vez esteve em dúvida entre escolher um canário ou um tentilhão, nós temos uma notícia desconcertante: é que os canários do Atlântico são tentilhões da família Fringilidae. É, pode acreditar.

7

9. Muito além do peixinho dourado

Os peixinhos dourados costumam ser a primeira, quando não a única, opção de quem quer ter em casa um aquário de água fria. Mas há outras opções para fazer companhia aos peixinhos: o red shiner fish é um ótimo habitante de águas frias e possui um belo corpo azul com nadadeiras vermelhas; o dojô se parece a uma enguia e tolera temperaturas abaixo de 12,8º; e os bluntnose prometem deixar seu aquário bem mais colorido.

6

10. Beija-flor de estimação

Os amantes de pássaros podem muitas vezes manter beija-flores em seus aviários. Neste caso, os espaços devem ser equipados com néctar ou plantas com flores, ao invés de alpiste. Assim os animais se sentem na natureza e podem suprir suas necessidades diárias de néctar.

5

Fotos via [via]

Anúncios

13 espetaculares fotos submarinas

 
Confira belíssimas fotos premiadas no Concurso de Fotografia Subaquática 2013 da Escola de Ciências Marinhas e Atmosféricas Rosenstiel da Universidade de Miami (EUA):

1. Foca nas algas

 
Crédito: Kyle McBurnie, Califórnia (EUA)
Uma foca flutua no meio de uma floresta de algas nesta imagem feita perto da costa de San Diego, na Califórnia (EUA). A foto venceu o primeiro lugar geral do concurso.

2. Rosa no rosa

2
Crédito: Beth Watson, Missouri (EUA)
Esta imagem de um camarão de anêmona em Puerto Galera, Filipinas, ficou em primeiro lugar na categoria “Macro”.

3. Nudibrânquios lutadores

3
Crédito: Douglas Good, Pensilvânia (EUA)
A imagem mostra um camarão imperador (Periclimenes imperator) sobre dois nudibrânquios (Risbecia tryoni), subordem de moluscos gastrópodes, na Praia de Dinah, Papua Nova Guiné. Ganhou o segundo lugar na categoria “Macro”.

4. Caranguejo porcelana

4
Crédito: Frederica Bambi, Itália
O terceiro lugar na categoria “Macro” foi para esta foto impressionante de um caranguejo porcelana (Neopetrolisthes maculatus) em uma anêmona na Ilha Pescador, Cebu, Filipinas.

5. Azul no preto

5
Crédito: Steven Kovacs, Flórida (EUA)
Este peixe-leão azul brilhante ganhou o primeiro lugar na categoria “Retrato”. Steven Kovacs fez a imagem durante um mergulho noturno em Roatan, Honduras.

6. Polvo azul

6
Crédito: Marcello DiFrancesco, Itália
O segundo lugar na categoria “Retrato” foi para esta imagem de um colorido polvo-de-anéis-azuis (Hapalochlaena lunulata) feita perto da Ilha de Malapascua, Filipinas.

7. Bom pai

7
Crédito: Judy Townsend
Esta foto ficou em terceiro lugar na categoria “Retrato”. Mostra um macho do peixe boca de cabeça amarela, com sua ninhada de ovos que ele protege na boca, em Riviera Beach, Flórida (EUA).

8. Arco-íris de peixes

Lionfish feeding on SIlversides Pterois Volitans Red Sea, Egypt
Crédito: Alex Tattersall, Reino Unido
Na categoria “Grande-angular”, esta foto feita em um naufrágio no Mar Vermelho impressionou e ganhou o primeiro lugar.

9. Grupo de golfinhos

9
Crédito: Joseph Tepper, Nova York (EUA)
Golfinhos brincam ao largo da costa de Kona, no Havaí, nesta imagem que ficou em segundo lugar na categoria “Grande-angular”.

10. Coral colorido

10
Crédito: Pietro Cremone, Itália
Peixes-borboleta e peixes-anjo em um recife no Mar Vermelho, perto Sharm el Sheik, no Egito deram o terceiro na categoria “Grande-angular” a esta imagem.

11. Mero

11
Crédito: Laura Rock, Flórida (EUA)
Laura ficou perto de um mero nesta imagem vencedora na categoria “Estudante”. A foto foi feita em um evento anual de desova deste peixe na Flórida (EUA). O mero é uma das maiores espécies de peixes marinhos, podendo pesar de 250 a mais de 400 kg e medir até quase 3 metros.

12. Tubarão-martelo

12
Crédito: Laura Rock, Flórida (EUA)
Laura também ficou em segundo lugar na categoria “Estudante” por sua imagem de um tubarão-martelo cruzando Bimini, nas Bahamas.

13. Galha-branca-oceânico

13
Crédito: Austin Gallagher, Flórida (EUA)
Este tubarão chamado galha-branca-oceânico (Carcharhinus longimanus), fotografado perto de Cat Island, Bahamas, levou o terceiro lugar na categoria “Estudante”.Para saber mais sobre o concurso, ver outras imagens ou vencedores anteriores, acesse a página da competição no site da Universidade de Miami.[LiveScience]

O Instagram deste garoto de 16 anos vai te dar vontade de desbravar o mundo agora

https://fbcdn-sphotos-c-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xpf1/v/t1.0-9/14192059_1771510433125377_3050792153017066214_n.jpg?oh=0416026e7987634c9140538ac95f54a9&oe=58427C1D&__gda__=1484550946_225ed6bc7b98f3fbb821e017faaa8284

Nós já sabemos que não é preciso nenhuma motivação extra para ficar com aquela vontadezinha de viajar. Mesmo assim, algumas imagens parecem inspirar ainda mais essa ânsia de conhecer o mundo. É o caso das fotografias deste garoto de apenas 16 anos, que já conheceu paisagens incríveis pela Europa.

viagem12

O alemão Jannik Obenhoff vive em Munique e começou a fotografar algumas das belezas de seu país aos 13. Desde então, ele não parou mais e aproveita os intervalos entre os estudos para percorrer a Alemanha e capturar algumas das incríveis fotografias que você vê abaixo.

viagem13

O hobby já lhe rendeu mais de 280 mil seguidores no Instagram, onde compartilha seus cliques e inspira viajantes de todo o mundo com fotos que parecem ter sido feitas por um profissional. E, de certa forma, elas foram mesmo!

Espia só:

 

viagem1

viagem2

viagem3

viagem4

viagem5

viagem6

viagem7

viagem8

viagem9

viagem10

viagem11

Todas as fotos © Jannik Obenhoff

10 lugares da Terra que parecem de outro planeta

https://i2.wp.com/magnusmundi.com/wp-content/uploads/2015/09/Petrifying-Well-005.jpg

Todos nós já vimos, ao vivo ou através de fotos e vídeos, lugares estonteantes na natureza. Nós, brasileiros, especialmente, vivemos em um país cheio de belezas naturais, desde as Cataratas do Iguaçu até a Amazônia, passando por praias, ilhas e florestas maravilhosas. Mas há outros lugares no mundo que possuem uma beleza um pouco mais estranha. Lugares que parecem quase alienígenas, como se só pudessem existir em um planeta parecido com o nosso, mas que evoluiu de uma maneira totalmente diferente. São lugares que os cientistas tiveram que lutar apenas para entender como eles puderam se formar na Terra. Lugares impressionantes não apenas pela beleza, mas porque eles parecem seguir leis científicas que não existem em qualquer outro lugar no planeta.

10 – O rio em ebulição

https://www.sundaypost.com/wp-content/uploads/sites/13/2016/04/Boiling-river_Somebodys-in-hot-water-.-..jpg

Nas profundezas da Amazônia encontra-se um rio com 6,5 km de comprimento e diferente de qualquer outro na Terra. O Shanay-Timpishka é tão quente que qualquer animal que entra nele é cozido vivo. Quando uma criatura infeliz cai lá dentro, seus olhos cozinham em primeiro lugar, derretendo em seu crânio. Em pouco tempo, o animal está com muita dor para se manter nadando em busca de segurança. A água enche a boca e os pulmões, e o pobre coitado é cozido de dentro para fora.

O rio chega à temperatura de 91 Cº – e os cientistas não sabem ao certo por que. Normalmente, águas que ficam assim tão quentes são alimentadas por um vulcão, mas o rio está cerca de 700 km do vulcão mais próximo.

Há uma teoria, no entanto. Os cientistas acreditam que água fervente das profundezas da Terra chega através de falhas no solo e aquecem o rio, tornando suas águas um sistema geotérmico diferente de qualquer outro na Terra.

9 – A caverna com uma atmosfera de enxofre

https://i2.wp.com/s2.glbimg.com/QWd7Zktdek1nL1A1_qN5IFbmu8M=/e.glbimg.com/og/ed/f/original/2016/05/24/c0094889-cave_woodlouse-spl.jpg

No sudeste da Romênia, há uma caverna que ficou trancada, longe do menor raio de luz, por 5,5 milhões de anos e que tem uma atmosfera completamente diferente de qualquer outro dos lugares da Terra.

A caverna foi descoberta por trabalhadores que buscavam locais para a construção de uma usina. Eles testaram o solo em busca de lugares seguros para construir e abriram um caminho que os levou a um dos lugares mais estranhos na Terra.

Após descer através de uma entrada estreita e passar por uma série de túneis, você entra em uma câmara com um lago de água sulfúrica fedendo como ovos podres. O ar é tóxico, cheio de sulfureto de hidrogênio e contaminado 100 vezes acima dos níveis de dióxido de carbono da superfície.

O mais estranho, porém, é que todo um ecossistema tem sobrevivido lá dentro. Os pesquisadores descobriram 33 espécies dentro da caverna que não existem em qualquer lugar fora dela. Elas se adaptaram para sobreviver em um ambiente sulfúrico, e se alimentam de uma espuma que fica em cima das pedras.

8 – A fonte petrificada

https://i2.wp.com/magnusmundi.com/wp-content/uploads/2015/09/Petrifying-Well-005.jpg

Em Knaresborough, em North Yorkshire, na Inglaterra, exista uma fonte que parece ser algo tirado diretamente de uma história de ficção científica. É um lugar onde a água escorre de um penhasco que se parece muito com uma caveira arreganhada – e onde qualquer coisa que é colocada sob a água vira pedra.

O processo geralmente leva de três a cinco meses, mas você pode deixar qualquer coisa sob a água escorrendo e, quando voltar, será pedra. As pessoas realmente já deixaram de tudo lá, desde ursinhos de pelúcia a bicicletas, e tudo foi transformado em uma bela estátua de pedra.

Durante muito tempo, as pessoas acreditavam que a fonte havia sido amaldiçoada por uma bruxa. Os cientistas, no entanto, descobriram que a água só tem um conteúdo mineral muito elevado. Como resultado, ela cria um escudo mineral duro sobre qualquer coisa que toca – da mesma forma como estalactites formam-se em cavernas.

7 – O lago radioativo

Lago-Karachai-RUSIA

Dentro do que foi outrora uma fábrica de armas nucleares da União Soviética existe um lago mais cheio de material radioativo do que qualquer outra coisa na Terra. O Lago Karachay é tão radioativo que uma pessoa só precisa ficar perto dele por uma hora para morrer.

O lago foi usada pela União Soviética para despejar resíduos nucleares. Eles derramaram quantidades obscenas de material lá, o que causou grandes problemas. Em 1957, uma explosão na fábrica espalhou as partículas radioativas no lago por toda a região. Em seguida, em 1967, as águas secaram e a poeira radioativa foi soprada para lugares a cerca de 1450 km de distância.

Hoje, a água é coberta com concreto para evitar que desastres como esses aconteçam. A área ainda é tão tóxica, porém, que faz Chernobyl parecer um destino turístico ideal para a família.

6 – O parque que fica embaixo da água a cada primavera

https://i1.wp.com/i.imgur.com/LzMq5G5.jpg

Na Áustria, há um parque com trilhas bonitas e bancos para sentar e apreciar a paisagem durante qualquer manhã de outono. Se você visitar o lugar na primavera, porém, as coisas ficam um pouco diferentes – na verdade, você vai precisar de equipamento de mergulho para o passeio.

O parque fica perto das montanhas Hochschwab, que ficam completamente cobertas de neve no inverno. Há tanta neve nas montanhas que, quando ela derrete, o lago do parque dobra de tamanho e deixa o local embaixo d’água.

Se você nadar através dele na primavera, você verá bancos e pontes sob a água. Mesmo algumas das flores alpinas, que normalmente só sobrevivem acima da superfície, florescem sob a água. Em seguida, no meio do verão, a água começa a recuar e o parque emerge lá de baixo.

5 – A árvore dupla de Casorzo

https://i2.wp.com/imagens.mdig.com.br/natureza/arvore_dupla_Casorzo_02.jpg

No campo de Piemonte, na Itália, existe uma visão incomum. Há uma cerejeira lá que parece, em muitos aspectos, com qualquer outra cerejeira saudável, exceto pelo fato que ela cresce diretamente em cima de uma amoreira.

Esta não é uma situação completamente sem precedentes: árvores parasitárias crescem em cima de outras árvores, mas normalmente elas são pequenas e atrofiadas, e vivem vidas curtas antes de cair. Á árvore dupla de Casorzo, no entanto, consiste em duas árvores totalmente formadas e saudáveis, cada uma espalhando os seus ramos por cinco metros de diâmetro.

Ninguém sabe como isso aconteceu. Os moradores acreditam que uma ave pode ter derrubado uma semente de cereja no topo da amoreira. A semente então teria desenvolvido raízes que penetraram no tronco oco da amoreira e atingiram o solo, permitindo que a nova árvore sobrevivesse de forma completa e saudável.

4 – A tempestade interminável de Maracaibo

https://i2.wp.com/levelplay.com.br/wp-content/uploads/2015/08/406.jpg

No oeste da Venezuela, sobre o rio Catatumbo, há uma tempestade que nunca cessa. A partir de 19:00, raios caem sobre a água por dez horas durante 260 noites por ano.

Ninguém sabe ao certo por que isso acontece. Até recentemente, a principal teoria era que tinha algo a ver com urânio na rocha – embora os cientistas tenham começado a duvidar disso. Hoje, a principal teoria é uma questão complicada. Ela postula que a forma das montanhas faz com que ventos quentes colidam com o ar frio dos Andes. Essa colisão é então alimentada pela água evaporando rapidamente abaixo e metano vindo de um campo de petróleo nas proximidades.

 

Ninguém realmente sabe com certeza, no entanto, por que isso acontece. Tudo sobre o fenômeno é misterioso, incluindo um momento, em 2010, quando, inexplicavelmente, ele parou. Um dia, a tempestade simplesmente parou, sem explicação, e pareceu, por um tempo, ter acabado. Em seguida, após 6 semanas de silêncio, ela começou de novo e tem ficado ativa desde então.

3 – O lago colorido de Hokkaido

https://i1.wp.com/new-cloudfront.zekkei-japan.jp/images/spots/aflo_RYBA007353.jpg

Na ilha japonesa de Hokkaido, há um lago que é diferente de qualquer outro no mundo. A água tem um tom único de um azul elétrico que brilha e muda de tom quando você olha para ela a partir de ângulos diferentes. Conforme as estações mudam, a água muda de cor ainda mais, passando por tons de azul e verde.

O lago foi feito pelo homem. Os moradores locais fizeram uma represa na área e criaram um reservatório onde a água bloqueada pela barragem poderia ficar. Para surpresa geral, no entanto, a água recolhida ali mudou de cor.

Os cientistas acreditam que a cor estranha da água vem de partículas de hidróxido de alumínio. As partículas refletem a luz azul excepcionalmente bem, tornando o reflexo do céu acima muito mais vívido que qualquer corpo de água em qualquer outro lugar na Terra.

2 – As rochas musicais da Pensilvânia

No topo de uma colina, na Pensilvânia, nos EUA, há um campo cheio de estranhas rochas e ninguém sabe por que elas estão lá. Não há nenhum penhasco próximo, de modo que elas não poderiam ter chegado lá através de um deslizamento de terra, e os nativos que sabiam sobre as pedras antes dos colonizadores europeus chegarem acreditavam ser um fenômeno natural.

A sua existência e sua localização não são a parte mais estranha da história, entretanto. Em vez disso, essa honra vai para o som que elas fazem quando você bate nelas – um badalar que soa quase como o prato de um kit de bateria.

Há teorias, mas não sabemos completamente por que elas fazem este barulho estranho. Uma investigação, porém, descobriu que elas fazem isso por conta própria. Quando você bate uma única pedra, ela deixa escapar um tom de baixa frequência que não pode ser ouvido por ouvidos humanos. Quando você toca elas juntas, no entanto, os tons interagem e isso é o som que nós realmente ouvimos.

1 – O vulcão com lava azul

https://i1.wp.com/www.fatosdesconhecidos.com.br/wp-content/uploads/2015/03/1317.jpg

Na Indonésia, há uma mina de enxofre construída em um vulcão, e quando os trabalhadores entram lá durante a noite, eles apagam as luzes. Eles não precisam delas, porque seu caminho é iluminado por um estranho líquido brilhante azul que escorre como lava.

Kawah Ijen é frequentemente descrito como um vulcão com lava azul, embora os cientistas saibam agora que o líquido azul não é realmente lava – é enxofre. Gases sulfúricos dentro do vulcão aqueceram demais e explodiram para fora dele, atirando chamas azuis até 5 metros no ar. Os gases então condensaram em enxofre líquido, que se derrama para baixo nas encostas da montanha, parecendo um fluxo de lava azul néon.

Todo o enxofre no ar torna o lugar tóxico, e os pesquisadores e fotógrafos que o visitam têm de usar máscaras de gás para se manterem seguros. Os trabalhadores na mina, no entanto, não usam – e sofrem com o ar irrespirável, enquanto trabalham à luz de um brilho azul pálido que está lentamente os matando. [Listverse]

Drone capta incrível encontro de barco com três baleias jubarte

Uma escola francesa de pilotagem de drones registrou belíssimas imagens no início de agosto, quando um grupo saiu de barco para testar o equipamento perto de Nova Caledônia, na Oceania. Desde o início as imagens em 4K já são de cair o queixo, mas quando três baleias jubarte aparecem e rodeiam o barco, tudo parece bonito demais para ser verdade.

As três baleias passam alguns minutos ao redor da embarcação, esguichando água. Uma delas chega a virar de barriga para cima, como que para observar melhor o bundo do barco. Os sons emitidos pelos animais também são captados pela equipe, tornando a experiência do vídeo ainda mais completa.

Confira o resultado na maior tela de computador ou TV da sua casa:

[Sploid]