Cachorro fiel acompanha garoto autista de 9 anos ao hospital e deita do seu lado para o confortar

https://i2.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/JamesMahe_interna.jpg

James Isaac é um menino neozelandês de 9 anos. Por ser autista, ele tem dificuldades para estar em locais com muita gente, ficando muito ansioso, e diversas vezes saindo correndo dos pais. Mas a vida dele mudou com a companhia do labrador Mahe.

Há dois anos e meio a família de James recebeu o cachorro, que passou por um treinamento de seis meses para ser um assistente de autistas. Desde então, segundo Michelle Issac, a mãe do garoto, muita coisa melhorou. Agora eles conseguem ir a lugares movimentados, como cafeterias, sem tantas preocupações.

Mas a amizade dos dois vai além e é tão intensa que Mahe faz questão de ficar ao lado do menino mesmo quando ele precisa fazer exames no hospital. Em uma das últimas visitas, o cão ficou na cama de James, e, segundo Michelle, esteve o tempo todo com um olhar preocupado enquanto o garoto era anestesiado.

https://i2.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/JamesMahe1.jpg
Foto © Louise Goossens

Quando eles saem juntos, uma espécie de coleira liga os dois. Mahe é treinado para não deixar o companheiro ir muito longe. Se ele tenta correr em direção a algum lugar perigoso, o cão senta e evita o risco.

11168535_10153702743721575_4543213307352336446_n

Wendy Isaacs, fundador da instituição onde Mahe e outros cães são treinados, conta que é impressionante a relação entre os cães e as crianças autistas. “É uma conexão mágica, eles simplesmente acalmam os garotos. As crianças mantêm contato visual com os animais, algo que muitas vezes não acontece nem com seus parentes”.

Olha só que lindeza o dia a dia dos dois, seja no hospital ou na rua:

10523573_10153018748821575_3868495397837731641_n

12717481_831371883675259_8103199788730677131_n

12711055_827798177365963_6313311289899557193_o

Foto © Louise Goossens

12705244_827798380699276_4744978939601331198_n

12112293_827798220699292_8780822942226031694_n

Foto © Louise Goossens

12719526_827798184032629_8107513809887892611_o

Foto © Louise Goossens

12662632_10153873029061575_3956936174908416942_n

12246628_785843361561445_3959598337265927854_n

11825164_10153496047401575_7813641654818218592_n

Outras fotos: Reprodução Facebook

Anúncios

Abrigo convida crianças a ler pra cachorros traumatizados para ajudá-los a interagir com humanos


É o Shelter Buddies Reading Program, da Missouri Humane Society, nos EUA, que junta crianças entre os 6 e os 15 anos para ajudar cães com diversos traumas a interagir com humanos, preparando-os para o dia em que serão integrados em uma casa e ganharão uma família.

As crianças participam de um programa de treinamento de 10 horas e depois sentam-se na frente do canil de um cão lendo um pequeno livro. “Nós queríamos ajudar nossos cachorros tímidos e medrosos sem forçar a interação física com eles, e observar o efeito positivo que isso poderia ter sobre eles“, contou o diretor do programa, Job Klepacki, ao site The Dodo. Se o cachorro se aproximar, respondendo ao estímulo, as crianças continuam a leitura, criando uma empatia com o animal que de outra forma seria difícil.

ShelterReading2

O resultado deste programa você vê nas imagens abaixo, que são pura inspiração, mas Klepacki dá uma pista: “Ouvir uma criança ler pode realmente acalmar estes animais“, diz. “É incrível a resposta que temos visto nos cachorros“.

Vem ver:

ShelterReading1

Todas as fotos © Missouri Humane Society

Fotógrafo clica mulheres nuas em lugares abandonados em ensaio perturbador

O fotógrafo norte-americano Brian Cattelle é especialista em produzir imagens em preto e branco. Dentre os seus impactantes ensaios está Bare USA, onde modelos nuas ocupam lugares abandonados, como estações nucleares e hospitais psiquiátricos. O fotógrafo percorreu os Estados Unidos inteiro para realizar o projeto, que também inclui cenários como parque de diversões e usinas de energia.

A ideia do ensaio surgiu em 2014, quando Brian estava fotografando locais esquecidos pelo tempo no estado da Florida, sua terra natal. A produção de Bare USA durou um ano e meio e durante as viagens que fazia, o fotógrafo dormia no aconchego de seu carro.

Um dos objetivos do ensaio é o contraste entre a beleza natural das mulheres e a decadência artificial dos cenários escolhidos. “Eu esperava expressar uma sensação de vulnerabilidade no mundo, tanto entre o natural e o que nós criamos”, contou Brian. As modelos foram encontradas e convidadas pelo fotógrafo através das pesquisas feitas via internet. “Um dia eu estava explorando um lugar com um amigo meu e eu virei para vê-lo e um raio de luz entrava através do telhado. Eu pensei que aquela era uma imagem legal, mas seria melhor ainda se fossem belas mulheres naturalmente nuas”.

O projeto ganhou vida através de um financiamento coletivo, que arrecadou mais de 20 mil dólares que ajudaram a concluir a viagem. O resultado das fotos captadas em 50 estados se tornará um livro. “Eu acho que fazer esse projeto, e fazê-lo ir além, é um verdadeiro testamento para a ideia de que você pode fazer o que quiser”.

https://i2.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/bare1.jpg

https://i2.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/bare2.jpg

https://i1.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/bare3.jpg

https://i1.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/bare4.jpg

https://i1.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/bare5.jpg

https://i2.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/bare6.jpg

https://i1.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/bare7.jpg

https://i1.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/bare8.jpg

https://i2.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/bare9.jpg

https://i1.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/bare10.jpg

https://i1.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/bare11.jpg

https://i2.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/bare12.jpg

https://i2.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/bare13.jpg

https://i2.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/bare14.jpg

https://i2.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/bare15.jpg

Todas as imagens © Brian Cattelle

Comunidade sustentável de casas de baixo custo cultiva arte, agricultura e educação

 
 

Horrorizado diante da devastadora urbanização que destrói florestas para a construção de condomínios, o norte-americano Steve Nygren resolveu, junto de sua mulher Marie, decidiu criar uma alternativa barata e ecologicamente correta em seu próprio quintal, no estado da Georgia.

Sua ideia foi construir uma comunidade baseada em princípios simples e essenciais, como a agricultura, a arte, a educação e a saúde. Uma verdadeira utopia arquitetônica, econômica e ecológica. O casal então se juntou com alunos da universidade de arquitetura de Auburn, participantes do projeto Rural Studio, para realizar esse sonho. A exigência prévia foi de que as casas custassem somente até 20 mil dólares.

https://i2.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/COMUNIDADE8.jpg

O baixo custo foi estipulado para que as populações mais pobres também pudessem aderir ao sonho comunitário de Steve e Marie. Outra exigência era que, ainda que baratas, as casas fossem bonitas. O projeto foi batizado Serenbe, nome do primeiro terreno onde a primeira casa foi concluída, em 2004. O que era utopia se tornava enfim realidade.

https://i0.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/COMUNIDADEVDEO12.png

https://i0.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/COMUNIDADE6.jpg

https://i2.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/COMUNIDADE5.jpg

Para conseguir construir casas tão baratas, os arquitetos do Rural Studio tiveram de aprimorar e desenvolver técnicas realmente inovadoras. Para os envolvidos, Serenbe é o um modelo de como o futuro deve ser, tanto no sentido dos custos quanto de integração com a natureza – onde quase tudo é comestível na paisagem ao redor das casas, hortas orgânicas e criação de animais alimentam a comunidade e fomentam sua economia local.

https://i2.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/COMUNIDADEVDEO13.png

https://i0.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/COMUNIDADEVDEO11.png

https://i0.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/COMUNIDADEVDEO10.png

Hoje, Serenbe é a casa de mais de 400 residentes, e se tornou modelo nacional e internacional, recebendo diversos prêmios de arquitetura, desenvolvimento e sustentabilidade – e se oferecendo como ponto de partida para um futuro melhor, mais justo e possível para qualquer cidade em qualquer lugar.

© Fotos: Jessica Ashley

Fotos íntimas mostram a rotina de celebridades jovens antes das 10h da manhã

Acordar cedo é uma dádiva! Um sacrifício para uns, redenção para outros. E a realidade chega para todos nós mortais: a hora de levantar. Conheça a rotina de algumas celebs internacionais a partir das imagens a seguir. E pode ter certeza, você vai se sentir ainda mais normal!

O ensaio é sexy, divertido e muito bonito! Trabalho da fotógrafa francesa Véronique Vial, queridinha de Hollywood. Olha só o resultado:

https://i0.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/angelina-jolie.jpg

Angelina Jolie

https://i0.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/demi-moore.jpg

Demi Moore

https://i0.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/jackie-chan.jpg

Jackie Chan

https://i2.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/james-franco.jpg

James Franco

https://i0.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/10AM1.jpg

Tatjana Patitz

https://i1.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/julie-delpy.jpg

Julie Delpy

https://i2.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/karl-lagerfeld.jpg

Karl Lagerfeld

https://i1.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/lisa-marie.jpg

Lisa Marie

https://i2.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/milla-jovovich.jpg

Milla Jovovich

https://i0.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/naomi-campbell.jpg

Naomi Campbell

https://i0.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/patricia-arquette.jpg

Patricia Arquette

https://i2.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/reese-witherspoon.jpg

Resse Witherspoon

https://i0.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/salma-hayek.jpg

Salma Hayek

https://i2.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/sofia-coppola.jpg

Sofia Coppola

https://i2.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/tim-roth.jpg

Tim Roth

https://i1.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/vin-diesel.jpg

Vin Diesel

https://i1.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/02/winona-ryder-.jpg

Winona Ryder

Todas as fotos © Véronique Vial

As misteriosas pedras equilibristas da montanha de Vottovaara, na Rússia

https://i2.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/02/vottovaara-127.jpg

Mais uma vez, a natureza nos deixa intrigados com o misterioso fenômeno das rochas nas montanhas de Vottovaara, na Rússia. Nas colinas de Carélia, um local remoto a 20 km de do vilarejo de Sukkajärvi, existem pedras enormes que, por incrível que pareça, ficam apoiadas em cima de outras menores, como se alguém tivesse as colocado lá.

Na era glacial, a região era coberta de gelo, que só se alterou há aproximadamente 10 mil anos atrás. O que ficou no lugar foram formações rochosas exóticas, como estas em equilíbrio, além de outras que se assemelham a degraus de uma escada ou a uma piscina recortada de maneira muito precisa.

O que explica tudo isso cientificamente é o degelo e a ação dos ventos, que costumam resultar em pedras de aparência única, mas também há (claro!) teorias de ocultismo e até mesmo de que humanos as colocaram estrategicamente em cima das rochas menores. O povo indígena Sami, por meio do xamanismo, considera a montanha e cerca de 1.600 pedras locais como sagradas.

https://i1.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/02/vottovaara-149.jpg

https://i2.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/02/vottovaara-127.jpg

Fotos via

https://i2.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/02/vottovaara-166.jpg

https://i2.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/02/vottovaara-156.jpg

 

Fotos via

https://i1.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/02/vottovaara-12.jpg

https://i2.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/02/vottovaara-185.jpg

Foto via

https://i1.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/02/vottovaara-96.jpg

https://i1.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/02/vottovaara-22.jpg

https://i0.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/02/vottovaara-32.jpg

https://i0.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/02/vottovaara-102.jpg

https://i0.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/02/vottovaara-82.jpg

https://i1.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/02/vottovaara-62.jpg

https://i0.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/02/vottovaara-52.jpg

https://i2.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/02/vottovaara-42.jpg

Fotos © ravingdon