Estes quadrinhos mostram como é difícil encarar a vida adulta

Ninguém nos contou como seria difícil virar adulto. Cada dia mais responsabilidades, a louça que não se lava sozinha como imaginávamos e também aquele monte de boleto que aparece na sua porta vindo de outra galáxia para lembrar do seu saldo negativo no banco. Uma artista holandesa decidiu dar um toque de humor a essa difícil transição para a vida adulta.

Marloes De Vries fala sobre a nossa dificuldade em amadurecer e também lança um olhar sobre as mudanças ocorridas nessa fase da vida em relação à época dos nossos pais. Difícil mesmo é não se identificar com algumas das situações apontadas por ela.

Espia só:

jovem'

jovem2

jovem3

jovem4

jovem5

jovem6

jovem7

jovem8

jovem9

jovem10

Todas as ilustrações © Marloes De Vries

Anúncios

Mãe de 19 anos faz um álbum por cada mês de vida do seu bebê: e é tudo demasiado… bonito

Quando criança, Isabel Moutran não tinha fotografias suas. Foi assim que, ao se tornar mãe aos 19 anos, a jovem pensou que sua filha nunca passaria por isso e teria as melhores fotos! Tudo começou quando Isabel decidiu que a primeira fotografia da pequena Egypt Moutran-Greenhouse seria especial – e a ideia só cresceu desde então!

Quando a menina nasceu, a mamãe criou uma fotografia com temática de flores para celebrar o nascimento. Daí para frente, Isabel, que vive em Tucson (Estados Unidos) cria fotografias estilosas para a menina todos os meses. A ideia é que as imagens se tornem um calendário personalizado quando a menina completar um ano.

baby1

Ao Buzzfeed, Isabel contou que quer que a filha veja todo o esforço e dedicação que ela colocou nas imagens, cujos cenários demoram de três a quatro dias para ficar prontos. Muitos dos acessórios que aparecem nas fotografias são criados pela própria mamãe para tornar os cliques ainda mais especiais.

baby2

Egypt já está com cinco meses e suas fotos recentemente se tornaram virais após uma conta do Twitter republicá-las. Desde então, a mamãe ganhou notoriedade e a menina conquistou a sua própria conta no Instagram, onde já arrebatou os corações de mais de 800 seguidores em apenas uma semana. A expectativa de Isabel é continuar registrando fotografias da menina todos os meses até que ela complete 10 anos, quando as imagens passarão a ser feitas anualmente.

baby3

baby4

baby5

baby6

Todas as fotos © Isabel Moutran

Estas duas irmãs tinham vergonha de seus cabelos até se tornarem famosas por eles

Para muitas mulheres, o cabelo é uma parte importantíssima de sua própria identidade. Porém, mulheres negras costumam ouvir tantos discursos preconceituosos a respeito de seus cabelos que, em alguns casos, passam a sentir vergonha de seus cachos. Era isso que estas duas gêmeas idênticas começavam a sentir até perceber que seu cabelo era lindo demais para uma sensação destas!

Cipriana Quann e TK Wonder chegaram a odiar as próprias mechas, mas hoje são famosas justamente pela beleza de seus cabelos. Elas são responsáveis pelo blog Urban Bush Babes e se tornaram conhecidas como as rainhas do cabelo natural.

cabelo0

Cipriana fundou o blog para mostrar seu estilo e como uma forma de promover a autoestima e estilo das mulheres negras. Ela chegou a ser considerada como a blogueira mais bem vestida segundo a Vogue. TK Wonder é música, além de contribuir com a publicação. E elas são simplesmente geniais juntas.

Espia só:

cabelo1

cabelo9

cabelo8

cabelo7

cabelo6

cabelo5

cabelo4

cabelo3

cabelo2

Todas as fotos © Urban Bush Babes

5 destinos imperdíveis onde é possível gastar menos de US$ 30 por dia

Viajar é preciso. E talvez essa seja uma verdade tão universal porque sempre que viajamos, entendemos de fato como somos pequenos diante da imensidão do mundo. Viajar nos ensina sobre a vida muito mais do que escolas, faculdades, MBAs, dentre outros, além de exercer um papel fundamental na nossa sanidade (e felicidade), considerando que vivemos em uma realidade cuja rotina nos massacra.

No entanto, um dos grandes mitos sobre viagens, tem sido quebrado nos últimos tempos. Muita gente acredita que para viajar é preciso ter muito dinheiro sobrando, mas não é bem assim. O mundo está cheio de lugares fantásticos, para todos os gostos e bolsos. Talvez você tenha que esperar um pouco ou intensificar as economias para fazer aquela viagem sonhada para Londres ou Paris, mas não se desanime – há muito mais para ver do que as cidades que constam em todos os guias turísticos, e a boa notícia é que seu bolso irá agradecer bastante.

Por isso, na hora de planejar a sua próxima viagem, uma dica bacana é pensar em roteiros alternativos, e em locais cuja moeda seja mais barata do que a nossa. Seu dinheiro pode não valer muito na Noruega, mas você vai definitivamente se sentir mais rico em países como Tailândia, Honduras, ou Índia.

Para provar esse ponto, trouxemos hoje uma lista com 5 dicas de destinos imperdíveis, e bem baratos. Nesses lugares, é possível cobrir as despesas básicas do seu dia gastando em média 30 dólares, ou algo como 70 reais. Isso significa que se fizer escolhas mais inteligentes, vai poder viajar muito mais, ou quem sabe até, se tornar um Nômade Digital, passando a vida migrando de cidade para cidade, sempre priorizando aquelas cuja moeda compensa para a gente.

Confira a lista e já vá pensando na sua próxima aventura:

1. Tailândia

Não é propriamente um segredo que a Tailândia é um país maravilhoso e com muitos locais por visitar. Ainda assim, o elevado número de turistas não fez os preços aumentar muito (viu, Brasil?).

Evite algumas ilhas mais luxuosas e viva abaixo dos 30 dólares, usando guesthouses em vez de hotéis, comida local, nas ruas, ao invés de restaurantes e prefira os transportes públicos. Outra dica para evitar – as bebidas, normalmente são mais caras do que a comida.

As vistas e experiências, com certeza valem cada centavo.

Tailândia1

Foto via

Tailândia2

Foto © fra.ps

2. Bali

Bali consegue ser ainda mais barato que a Tailândia e mesmo no sul, a zona mais turística da ilha, é possível ter uma refeição abaixo dos quatro dólares, qualquer coisa como oito reais (repetindo, isto é preço de turista). Se estiver disposto a correr a ilha e suas incríveis paisagens, é possível esbarrar em verdadeiros achados.

Bali1

Foto © Simon_sees

Bali2

Foto © Jeda Villa Bali

3. Grécia

Há muitas razões pra visitar a Grécia, mas se está procurando qualquer coisa barata na Europa, este país tem provavelmente a melhor relação qualidade/preço. Já era um dos mais baratos daquela região da Europa, agora, depois da bancarrota, ficou ainda mais fácil viajar por lá.

Grécia1

Grécia2

Fotos via

4. Países da América Central

Aqui o leque de opções é maior: não só um país, mas vários. Retiremos Belize, Costa Rica e Panamá, um pouco mais caros, e aproveitemos El Salvador, Honduras, Nicarágua ou Guatemala, pra encontrar hotéis a cerca de 10 dólares a noite, com refeições a três e cervejas a menos de um dólar! Fica até difícil gastar mais de 30 por dia.

AmericaCentral2

AmericaCentral1

Fotos via

5. Budapeste

Mais um destino europeu, desta vez apenas a cidade. Bem mais acessível que outras capitais vizinhas, como Praga ou Viena, em Budapeste, Hungria, você consegue almoçar ou jantar por dois dólares, nos mercados de rua ou nas lojas de kebabs que fazem vibrar a cidade. Para os quartos, oito dólares (18 reais) deve ser suficiente.

Budapeste1

Foto © Mauro Moroni

Budapeste2

Foto © allfreephotos