A maior réplica de Mondrian do mundo deixou esta cidade holandesa mais colorida

Haia, a terceira cidade mais populosa da Holanda, resolveu homenagear o pintor Piet Mondrian, nascido em Amersfoort, cidade da província de Utrecht, com “a maior pintura de Mondrian do mundo”.

A fachada da prefeitura da cidade foi toda decorada pelos artistas Madje Vollaers e Pascal Zwart, do Studio VZ, com finas lâminas de plástico, representando o famoso desenho de linhas retas pretas preenchidas com blocos vermelhos, amarelos e azuis.

richard-meier-mondrian-city-hall-the-hague-designboom-010

richard-meier-mondrian-city-hall-the-hague-designboom-09

richard-meier-mondrian-city-hall-the-hague-designboom-08

richard-meier-mondrian-city-hall-the-hague-designboom-07

Esse estilo de arte holandês, amplamente divulgado mundo a fora por Mondrian, é conhecido como De Stijl, e completa 100 anos de existência em 2017. “O conselho da cidade de Haia decidiu homenagear o artista de renome mundial como parte de um ano comemorando o tema ‘Mondrian para o design holandês’”, disse Herbert Brinkman, porta-voz da prefeitura, à AFP.

richard-meier-mondrian-city-hall-the-hague-designboom-03

richard-meier-mondrian-city-hall-the-hague-designboom-02

richard-meier-mondrian-city-hall-the-hague-designboom-04

richard-meier-mondrian-city-hall-the-hague-designboom-05

O resultado é uma obra de arte colorida e incrível, cujo processo de montagem você pode conferir neste vídeo abaixo:

Imagens © Reprodução Prefeitura de Haia

Anúncios

Você precisa conhecer Picasso, o maravilhoso cachorro que ninguém queria e que agora faz sucesso na web

Todo charme está justamente naquilo que sai do comum, que não corresponde ao padrão, que entorta o estabelecido e foge do que é esperado – e o cãozinho oportunamente batizado de Picasso é um perfeito exemplo disso. Picasso nasceu em uma ninhada grande e saudável, e enquanto todos os seus irmãos foram devidamente adotados, Picasso inicialmente foi rejeitado, por ter nascido com o maxilar retorcido.

 PicassoCao7

O cãozinho foi mandado para um abrigo, onde se reuniu com Pablo, um de seus irmãos, que havia sido devolvido pela família que originalmente o adotou. O tempo passou e, por falta de espaço, estrutura, e pelo pouco interesse das pessoas em adota-los, os dois estavam sob a ameaça de serem sacrificados.

PicassoCao6

Foi quando a instituição de resgate de cachorros Luvable Dog Rescue entrou em cena, tomando a guarda e os cuidados dos dois irmãos para si.

PicassoCao1

Eu perguntei se eles tinham algum cão de aparência incomum ou com necessidades especiais”, disse Liesl Wilhardt, o diretor executivo da instituição. “Eles me mandaram então a foto de Picasso. Era um cão encolhido em uma caminha, que parecia triste. Seu rosto retorcido me encarava na foto, mas ele tinha um olhar doce e gentil, e foi amor à primeira vista”.

A Luvable então levou os dois cães para serem devidamente cuidados e para garantir que sejam adotados juntos, depois da cirurgia pela qual Picasso passará – a fim de remover o dente que ameaça ferir o céu de sua boca. O sorridente par de irmãos é agora um sucesso na internet, e Liesl acredita que a adoção acontecerá rapidamente.

PicassoCao8

PicassoCao5

PicassoCao3

Assim como nas figuras pintadas pelo genial artista catalão e xará do cãozinho, a beleza e a força está naquilo que sai do comum – e, em se tratando de graça e personalidade, Picasso é um cão campeão.

PicassoCao2

PicassoCao4

fotos © reprodução

A arquitetura da Holanda é um dos melhores motivos para você visitar o país

O fotógrafo alemão Tobias Gawrisch visita a Holanda com frequência para registrar a sua arquitetura.Ele contou ao site Bored Panda que o design moderno e a arquitetura do país  sempre o impressionaram. “Cada cidadezinha da Holanda tem um design especial, seja uma ponte, um arranha-céu, um hotel ou outra obra prima arquitetônica“.

Veja aqui suas fotos e entenda por quê ele sempre volta para mais registros:

Holanda 4

Holanda 3

Holanda 2

Holanda 1

Holanda 5

Holanda 6

Holanda 7

Holanda 11

Holanda 10

Holanda 9

Holanda 8

Holanda 7

Holanda 12

Holanda 13

Todas as fotos © Tobias Gawrisch

A estrela de Hollywood Hedy Lamarr foi uma gênia, mas o mundo só enxergou a sua beleza

Você talvez nunca tenha ouvido falar de Hedy Lamarr. Se ouviu, certamente não foi por causa de uma de suas maiores invenções, que permite que você esteja conectado ao wifi agora mesmo. O grande problema é que, além de ser uma gênia, Hedy era também considerada a “mulher mais bonita do mundo“.

Falando assim não parece nada tão ruim, não é mesmo? Porém, a beleza fez com que as invenções da musa não fossem levadas a sério durante muito tempo. Tudo o que as pessoas a sua volta conseguiam ver era sua estonteante beleza, que inspirou a criação da personagem Branca de Neve.

Nascida em Viena em 1914 filha de pais judeus, seu nome verdadeiro era Hedwig Kiesler. Ele teve que ser mudado quando ela fugiu da Áustria em direção aos Estados Unidos, em 1937. Na época, ela desconfiava que seu marido Friedrich Mandl estivesse vendendo munição para Adolf Hitler e Mussolini.

hedy1

Foto: MGM / Clarence Bull / Foto destaque: Reprodução Bombshell: The Hedy Lamarr Story

Antes de se casar, Hedy já havia estrelado em alguns filmes e aparecido nua em uma produção de 1933. O feito, incomum na época, fez com que ela ganhasse notoriedade, o que a ajudou a se estabelecer ao chegar aos Estados Unidos. A convite de Louis Mayer, diretor da MGM, ela chegou ao país com um dos maiores contratos salariais para atrizes iniciantes em Hollywood.

O que poucos valorizavam, no entanto, eram suas criações fora das telas de cinema. Hedy era uma inventora talentosa, cujas criações iam desde tabletes efervescentes para que soldados pudessem beber refrigerante durante a guerra até uma tecnologia que originou o wifi, sua única invenção patenteada. A tecnologia ficou conhecida como FHSS e partia da ideia de usar um código que alternava entre diferentes frequências de rádio, permitindo a transmissão de informações sigilosas entre dispositivos.

hedy3

Foto: Reprodução Bombshell: The Hedy Lamarr Story

A atriz desenvolveu a tecnologia em conjunto com o amigo George Antheil buscando aumentar a segurança da comunicação durante a Segunda Guerra Mundial. E, embora tivesse uma patente do Governo dos Estados Unidos, a criação não foi levada a sério pela Marinha do país. Na época, o sistema poderia oferecer uma vantagem estratégica na guerra com a qual nenhuma outra nação no mundo contava até então.

Demorou quase uma década para que a Marinha americana decidisse desenvolver um sistema semelhante – inspirado justamente na tecnologia desenvolvida por Hedy. Porém, como a patente já havia vencido, a inventora nunca recebeu um centavo por sua criação, o que não fez com que perdesse confiança em suas habilidades como inventora. O sistema criado por Hedy deu origem a muitas das tecnologias que conhecemos hoje, como o wifi, GPS e drones.

hedy5

Foto: Reprodução Bombshell: The Hedy Lamarr Story

A história de Hedy foi recentemente recuperada graças ao trabalho da documentarista Alexandra Dean, que acaba de lançar o documentário “Bombshell: The Hedy Lamarr Story” (“Bomba: A História de Hedy Lamarr”, em tradução livre). O filme foi lançado durante o 16º TriBeCa Film Festival e ainda não tem data prevista para estreia no Brasil.

Todas as fotos: Reprodução