Casal embarca em aventura cheia de amor: fazer sua foto de casamento em 11 países diferentes

Logo após se casarem, o fotógrafo malaio Keow Wee Loong e sua esposa Marta Sibielak, da Polônia, partiram em uma aventura pelo mundo, em busca de criar o álbum de casamento mais legal do mundo.

Eles decidiram visitar 11 países para fazer fotos com seus trajes de noivos. A viagem, que durou três meses, passou pela Noruega, Indonésia, Japão, Itália, Inglaterra, Áustria, Alemanha, Polônia, Malásia, Suécia e Dinamarca e, segundo o casal, saiu por pouco mais de mil dólares.

“A noiva que fazia a sua própria maquiagem, e os equipamentos pesados foram carregados por nós durante toda a viagem. Uma das fotos foi no topo de uma montanha com temperaturas congelantes“, disse Keow. Apesar do sacrifício, o resultado valeu a pena, confira:

Kjeragbolten, Noruega

Ponte de Westminister, Londres, Reino Unido

Angelholm, Suécia

Varsóvia, Polônia

Monte Tabur, Malásia

Trolltunga, Noruega

Veneza, Itália

Monte Fuji, Japão

Mehlweg, Alemanha

Riesenbichl, Alemanha

Copenhaga, Dinamarca

Viena, Áustria

Monte Sinabung, Indonésia

Todas as fotos © Keow Wee Loong

Anúncios

Fotógrafo convida mães e filhas pra mostrar como seriam as princesas da Disney uma geração depois – agora como rainhas

O fotógrafo Tony Ross, baseado em Los Angeles, Califórnia, criou uma série fotográfica incrível, onde retrata as princesas da Disney numa espécie de antes e depois.

Para o projeto, Tony convidou algumas mães e filhas para participarem. Enquanto as filhas se caracterizavam como princesas, representando-as durante a juventude, as mães se vestiam como rainhas, para mostrar como elas seriam depois do famoso “viveram felizes para sempre”.

O fotógrafo ainda contou com a participação da figurinista Nephi Garcia, que criou as roupas especialmente para a ocasião. O resultado é encantador, confira abaixo:

Todas as fotos © Tony Ross fonte:via

As flores de bambú que aparecem a cada 100 anos lotaram esse parque japonês

Nada é mais intrigante e fascinante do que os misteriosos fenômenos da natureza, que podem ser vistos em toda parte – como nos bambus. Os bambus são a planta que mais rápido se desenvolvem no planeta, podendo crescer até 10 centímetros em um só dia (algumas espécies crescem um milímetro a cada 2 minutos). Por outro lado, no que diz respeito ao aparecimento de suas flores, o bambu é uma das plantas mais lentas que existem, levando entre 60 e 130 anos para um primeiro florescer – e é por isso que o parque Sankeien, em Yokohama, no Japão, vem recebendo uma grande quantidade de visitantes: depois de cerca de 90 anos, seus bambus floresceram novamente.

A última que tais flores apareceram no parque foi em 1928, e a romaria de visitantes enxerga enorme significado no ocorrido, por sua raridade e, portanto, beleza – como uma experiência que a maioria provavelmente somente viverá uma vez.

A demora no florescer do bambu é ainda de modo geral um mistério, como tanta coisa na natureza é. As flores dos bambus são discretas e pequenas, mas sua curiosa e paradoxal relação com o tempo é seu atrativo principal – um tanto como a própria vida, e assim começamos a compreender a relação profunda dos japoneses com tal bonito fenômeno.

O parque, em Yokohama

© fotos: reprodução fonte:via

A renovação da incrível estação Penn Station é mais um motivo para visitar Nova York

O projeto de renovação de Penn Station, de Nova York, irá avançar, já que o governador Andrew Cuomo anunciou o fechamento de um acordo de US$ 1,6 bilhão para reconstruir uma grande ala do local.

O projeto consistirá em um novo terminal de 20 mil metros quadrados para Long Island Railroad e Amtrak, aumentando o espaço total da Penn Station em mais de 50 por cento, enquanto um adicional de 65 mil metros quadrados será desenvolvido para espaços comerciais de uso misto no Oeste de Manhattan.

O financiamento para o projeto virá de uma colaboração entre Empire State Development (US$ 550 milhões) e parceiros privados relacionados, Vornado e Skanska (US$ 630 milhões). Um adicional de US$ 420 milhões virá das três principais agências de trânsito de Nova York (MTA, Autoridade Portuária e Amtrak) e subsídios federais.

Se tudo correr bem, as reformas ficarão prontas até o final de 2020.

Confira as fotos do projeto:

01

02

03

04

05

06

07

08

09

010

011

012

013

Todas as imagens: Reprodução/fonte:via