FOTOS DO DIA

 

Home
Morning rays
Somewhere in Arizona
Obligatory fall road photo

 

 

 

Anúncios

FOTO DO DIA

 

SUPER GALERIA

 

Framed by nature

 

 

 
 

 
 


 

 

Stand Alone 
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
 
 
 
 
 
 
 
Splash

 

 




 Merry Christmas if that’s you celebrate. Have a good day! 

 I finally got around to making a Tumblr and I’m excited to start sharing my DSLR work with you. Better late than never!

Get rich quick.

FOTO DO DIA

 
 
 
 
 
 

Vídeo revelador mostra que o racismo vai muito além de insultos na rua

 

É 2015 e o racismo ainda existe. Na verdade, sua existência ainda está tão firme e forte, infelizmente, que muitas vezes nem nos damos conta da situação. Muito além de insulto público, por exemplo, pessoas negras enfrentam o preconceito em praticamente todos os momentos da vida: da hora de arrumar um emprego à compra de um carro.

Em um vídeo que funciona como um merecido tapa na cara de cada branco, o pessoal da Brave New Films usou estudos para mostrar o quanto de racismo ainda está enraizado em nossa sociedade e em como é preciso levantar bandeiras e se posicionar em relação ao tema a fim de suscitarmos mudanças relevantes.

Assista ao vídeo (ative as legendas em português, caso tenha dificuldade em enteder) e reflita:

racismo-video9

Milhares de CVs foram enviados para empresas. Eles eram idênticos, exceto pelos nomes.

racismo-video10

Nomes que são mais comuns na comunidade negra foram chamados apenas na metade das vezes.

racismo-video11

Ao comprar um carro, negros foram cobrados em US$ 700 a mais do que os brancos que fizeram a mesma compra.

racismo-video12 racismo-video13

Vários estudos comprovam que um motorista negro tem duas vezes mais chances de ser parado pela polícia do que um branco

racismo-video14

Compradores negros visitam 17,7% menos imóveis à venda do que brancos

racismo-video15

Negros e brancos usam maconha em igual proporção

racismo-video16

Mas os negros têm quatro vezes mais chances de serem presos por isso

racismo-video17

Os negros vão para a prisão seis vezes mais que os brancos

racismo-video18

Médicos não aconselham pacientes negros sobre procedimentos cardíacos tão bem quanto o fazem com brancos

racismo-video19

Congressistas brancos não respondem mensagens de pessoas com nomes comuns a negros com a mesma frequência que o fazem com brancos

racismo-video20

Todas as imagens: Reprodução YouTube

Gari que criou a filha sozinho banca estudos e realiza sonho de ver a filha se tornar médica

Todo mundo sabe que entrar em uma faculdade de Medicina não é tarefa fácil. Mais difícil ainda é conseguir sair dela graduado e pronto para atuar na Residência. Pois recentemente, Tales Pereira, que trabalha como gari nas ruas de Goiânia (GO), pôde realizar isso através da filha.

Aline de Castro Pereira, 26, graduou-se em Medicina pela Universidade Federal de Goiás (UFG) e pretende se especializar em gastroentereologia. A motivação vem da própria história: ainda quando criança, a menina perdeu a mãe para um câncer de estômago e confiou a Pereira a tarefa de ser pai e mãe – o que ele cumpriu com excelência.

É muito emocionante. A gente fica todo derrubado. Fiz minha parte e ajudei. Agora ela vai colher os frutos. Ela é uma joia. Para chegar onde chegou, é uma guerreira“, disse ao G1 o gari, que com muito sacrifício conseguiu bancar um colégio particular para a filha durante todo o período escolar.

gari-medicina

A Bangladeshi baby girl born with two heads receives medical care at a hospital in Brahmanbaria, some 120 kms east of capital Dhaka on November 12, 2015. Doctors at a Bangladesh hospital were treating a baby girl born with two heads, medical officials and the newborn's father said. The baby was born late November 11, 2015 and is now being treated for breathing difficulties after being shifted to the intensive care unit of the country's largest hospital in Dhaka. AFP PHOTO

A Bangladeshi baby girl born with two heads receives medical care at a hospital in Brahmanbaria, some 120 kms east of capital Dhaka on November 12, 2015. Doctors at a Bangladesh hospital were treating a baby girl born with two heads, medical officials and the newborn's father said. The baby was born late November 11, 2015 and is now being treated for breathing difficulties after being shifted to the intensive care unit of the country's largest hospital in Dhaka. AFP PHOTO

gari-medicina4

Todas as fotos © TV Anhanguera [Via G1]