Aqui vai o raro making of em preto e branco dos Beatles na produção da capa de Sgt. Peppers

Nenhum outro disco da história do rock possui a mística, o impacto, a importância histórica, o reconhecimento da crítica e o sucesso comercial combinados de tal forma como “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band”, o oitavo disco de estúdio dos Beatles.

Reconhecido imediatamente como uma obra-prima, que elevou o rock e o disco de rock à condição de obras de arte – tendo pautado e transformado o fundamental ano de 1967, quando foi lançado – , “SgtPepper’s” passou nada menos que 22 semanas no topo das paradas de sucesso inglesa, e 15 semanas em primeiro lugar nos EUA.

O disco já vendeu, desde então e até hoje, quase 35 milhões de cópias.

Não é possível mensurar e ilustrar tal sucesso sem reconhecer que o disco mais importante da história do rock possui também uma das mais icônicas, influentes e belas capas da história. Criada pelo artista inglês Peter Blake a partir de uma ideia de Paul McCartney, a capa foi fotografada por Michael Cooper reunindo os Beatles como a tal “banda do clube dos corações solitários do Sgto. Pimenta” à frente de bonecos de pessoas históricas selecionadas por John, Paul, George e Ringo.

Os personagens da capa foram representados alguns por imagens em papelão, outros através de bonecos de cera emprestados pelo célebre museu Madame Tussaud especialmente para a foto. Os uniformes usados pela banda foram também especialmente desenvolvidos para a foto, que tornou-se uma das mais significativas e simbólicas imagens dos anos 1960, do rock, da cultura de uma época e até mesmo do século XX. Relançado esse ano em comemoração pelos 50 anos do lançamento original, Pepper’s voltou ao topo das vendas de disco em todo mundo.

As imagens de bastidor aqui reunidas mostram não só o processo de montagem do cenário, como as diferentes tentativas, poses e sugestões que ficaram de fora, o processo de seleção de objetos e até mesmo as conversas nos intervalos das fotos para a capa – uma ideia simples, reunindo a banda e seus “heróis” (como se todos fossem parte do tal clube dos corações solitários), que pela força estética, narrativa e pela inigualável qualidade musical do disco ao qual a foto serviu como moldura, entrou para o topo da história da música popular.

O resultado final: a capa do disco como conhecemos

A banda, na festa de lançamento do disco, em 1 de junho de 1967

© fotos: Michael Cooper/fonte:via

Anúncios

Ela ganhou um presente de aniversário inesperado do pai falecido há 4 anos

A relação entre pai e filha pode ser repleta de ternura, como mostra o gesto de Michael William Sellers. Pai de quatro filhos, ele faleceu em 2013 de câncer de pâncreas, mas não sem antes deixar uma surpresa preparada para Bailey, sua filha mais nova.

Michael deixou arranjos de flores pré-pagos para serem entregues no aniversário da filha em todos os seus aniversários, até que ela completasse 21 anos. Este ano, essa data finalmente chegou e, com ela, o último presente.

A jovem compartilhou a surpresa através do Twitter, explicando a história. “Meu pai faleceu de câncer quando eu tinha 16 anos e antes de morrer ele deixou flores pré-pagas para que eu pudesse recebê-las todos os anos no meu aniversário. Bem, esse é o meu 21º aniversário e as últimas flores. Sinto muita saudade de você, papai!“, escreveu ela.

A mensagem, acompanhada de fotos retratando pai e filha e o presente recebido, foi retweetada por mais de 365 mil pessoas desde então. “Seja feliz e viva sua vida ao máximo. Eu ainda estarei com você em cada conquista, é só olhar para o lado e eu estarei lá“, diz um trecho da carta deixada por Michael.

Foto: Reprodução Twitter /fonte:via

 

Ele se embrenhou na selva para fotografar um leopardo como você nunca viu

Enquanto a fofura é a palavra de ordem quando fotografamos gatinhos, quando se trata de registrar alguns de seus parentes “maiores”, como os leopardos, o que se procura costuma ser a elegância, a beleza, a velocidade, tudo isso devidamente temperado por uma forte dose, subentendida ou expressa, de agressividade, força, temor e medo. O que o fotógrafo inglês George Turner procurou quando se embrenhou pelas florestas da Tanzânia atrás de um leopardo foi justamente registrar um outro lado do animal.

George procurou o leopardo Ghost por meses pelas matas do Parque Nacional Ruaha, na Tanzânia. No fim, ele teria somente uma semana para conseguir registrar a foto específica com que sonhava – que justamente mostrasse um lado mais doce e tranquilo do animal. Desde sempre, os guias lhe avisaram que Ghost era um leopardo especialmente ágil, perigoso e grande, mas nada disso intimidou George, que é um fotógrafo especializado em vida selvagem.

Depois de muito tempo, subitamente George avistou a imagem exata que sonhara: Ghost, ao fim de uma tarde, dormindo candidamente em cima de sua árvore preferida, em uma doçura proporcional ao seu tamanho. “Ghost parece tão calmo e sereno na imagem, e isso é exatamente como deveria ser e, na verdade, continua a ser”, disse o fotógrafo, que ainda pode observar o animal deitado por mais meia hora, como um privilegiado observador de uma das mais belas e poderosas forças da vida selvagem.

Basta ver algumas outras imagens do trabalho de George para saber que seu olhar é especial – e para reconhecer a beleza, a intensidade e a força da vida selvagem como um todo.

© fotos: George Turner/fonte:via

Ela decidiu fazer as tortas mais estilosas do mundo em seu tempo livre

Aos 30 anos, Lauren Ko é uma assistente executiva bem-sucedida na Universidade de Seattle, Washington, mas é suas horas vagas que sua grande paixão vem à tona. Com uma veia artística aflorada unida a um imenso talento culinário, a jovem vem conquistando seguidores em seu Instagram devido à confecção de tortas maravilhosas.

No perfil @LokoKitchen ela já possui quase 60 mil seguidores impressionados com suas criações artísticas dignas das paredes dos mais renomados museus do mundo. Alguns de seus trabalhos incluem uma bela torta de batata doce com tons dourados e alaranjados enfeitada com uma rosa de maçã com nozes ao molho de açúcar.

Uma outra foto mostra uma torta de mirtilo com uma crosta de treliça pouco cozida para o jantar de Ação de Graças. Também são comuns tortas inspiradas em obras de mestres como uma feita em homenagem a Vincent Van Gogh.

Inspiração na obra Starry Night de Van Gogh;

Confira abaixo e resista se puder…

Imagens: Instagram/fonte:via