Este vídeo oferece a sensação exata de estar voando com um grupo de pássaros

Poucos sonhos são tão recorrentes quanto o de se estar voando. Na lista dos três desejos ou dos superpoderes que escolheríamos, a habilidade de voar certamente está entre os mais pedidos.Essa reportagem não vai oferecer enfim uma milagrosa solução para essa ambição humana, mas o vídeo produzido por Christian “Birdman” Moullec chega mais perto de mostrar como é de fato voar entre pássaros.

Trabalhando por boa parte de sua vida com a preservação e migração de pássaros, como gansos e cisnes, Christian utiliza os voos como maneira de ajuda-los e, ao mesmo tempo, de aproximar-se dos animais de um jeito inédito – como extensão do trabalho de criação e treino de gansos órfãos.

A teoria utilizada por Moullec para aproximar-se dos pássaros é a de que os animais criarão laços profundos com o primeiro ser vivo que virem mexendo-se depois de nascerem – como se eles pensassem que ele é sua mãe.

O ex meteorologista explica que é bastante difícil “convencer” os pássaros a voar ao seu lado, mas que vale a pena – ele garante que chora toda vez que realiza um voo, feito um sonho inalcançável tornando-se real.

 

 

© fotos: reprodução/fonte:[via]

Anúncios

Imagens raras mostram o porco que era considerado ‘mais feio do mundo’ na Indonésia

Imagens raras do “porco mais feio do mundo” foram capturadas na Indonésia, oferecendo uma visão para uma espécie pouco conhecida que se acredita estar à beira da extinção.

O porco da espécie Sus verrucosus já poderia ser considerado extinto na natureza, pois seu número tem caído desde o início da década de 1980 devido a caça e perda de habitat florestal, de acordo com o Chester Zoo, com sede no Reino Unido.

Os machos são distinguidos por três grandes pares de verrugas nos rostos que crescem à medida que envelhecem, o que significa que os porcos mais velhos têm as verrugas mais proeminentes.

Para flagrá-los, pesquisadores britânicos e indonésios colocaram câmeras escondidas nas florestas da ilha de Java no Sudeste Asiático. O objetivo era obter um senso mais claro dos níveis populacionais e encontrar formas de impulsionar a conservação da espécie altamente ameaçada.

“Até se temia que todos estivessem extintos até que sua existência fosse confirmada pelas câmeras do zoológico”, informou o zoo ao lançar as imagens.

A pesquisa “poderia eventualmente ser usada para estabelecer novas leis de proteção para as espécies na Indonésia, pois, atualmente, elas são bastante falhas no país asiático”, acrescentou.

Os porcos – que são encontrados apenas em Java – são semelhantes em tamanho aos javalis europeus, mas são mais delgados e têm cabeças mais longas, disse o zoológico.

“Os machos têm três pares de enormes verrugas nos rostos”, disse Johanna Rode-Margono, coordenadora do programa de campo do sudeste do sudeste da Ásia.

“São essas características que os levaram a ser carinhosamente rotulados como” o porco mais feio do mundo “, mas certamente para nós e nossos pesquisadores, eles são bastante bonitos e impressionantes”.

 

Imagens: Reprodução/fonte:[via]

Presente de aniversário? Menino de 12 prefere dar 500 kg de ração para abrigo de animais

Crianças geralmente pedem de presente de aniversário coisas como videogames, tablets ou celulares, mas existem criaturinhas como Valentin Bruschi, que possuem um nível de maturidade – ou evolução mesmo – surpreendente para a idade. Quando completou 12 anos, em dezembro de 2017, pediu ração para doar a um abrigo de animais na cidade em que vive, em Maceió, Alagoas.

Então, ao invés de brinquedos, todos os amigos e familiares do menino atenderam ao seu pedido e juntos conseguiram arrecadar 500 kg de ração. Todo alimento foi doado ao abrigo Pata Voluntária, instituição que ajuda animais em situação de risco.

O estoque da instituição, que cuida de cerca de 300 animais, ficou cheio e foi suficiente até mesmo para doar para outras ONGs parceiras do projeto.

A família de Valentin vai doar um novo sistema de segurança para o abrigo, pois há pouco tempo o local foi invadido e, além de ter objetos furtados, vários animais acabaram sendo covardemente agredidos pelos bandidos.

No momento, o menino está fazendo uma campanha para conseguir encontrar um lar para um cachorro que encontrou na rua e vem sendo cuidado por ele em sua casa. Seu grande sonho é se tornar veterinário para ajudar animais em dificuldade.

Confira a entrevista que Valentim concedeu à TV Pajuçara aqui.

 

Imagens: Reprodução/fonte:[via]

Todos os meses, as drags queens leem historinhas para as crianças em biblioteca de NY

O que crianças e drag queens têm em comum? Ambos são absurdamente felizes e adoram coisas coloridas e reluzentes. Interesses em comum à parte (ou não), a Biblioteca Pública do Brooklyn, em Nova York, vem dando um verdadeiro show de diversidade, com um projeto chamado Drag Queen Story Hour no qual convida drag queens para lerem histórias infantis para crianças uma vez por mês.

A iniciativa foi criada em 2015 pela escritora Michelle Tea e a Radar Productions, uma organização sem fins lucrativos na cidade de São Francisco. O evento reuniu crianças e drags que, além de lerem histórias também pintaram os rostos dos pequenos. O sucesso foi imenso e depois de sua primeira edição, o evento se espalhou por outras cidades americanas, como Los Angeles e Nova York.

Eu vi no Facebook uma publicação sobre o projeto”, disse Rachel Aimee, coordenadora da Drag Queen Story Hour em Nova York, ao The New York Times. “E assim que eu vi disse: ‘Uau, é isso o que eu estava esperando”.

O Drag Queen Story Hour tem entrada gratuita e ensina as crianças sobre diversidade desde cedo de uma maneira descontraída, diminuindo as chances de futuramente existirem pessoas preconceituosas no mundo.

Faz parte do mundo infantil ser imaginativo. Se as crianças tivessem permissão para se enfeitar todos os dias, elas fariam. Eu não acho que elas fiquem pensando em suposições de gênero. Eles estão apenas vendo o drag queens como outras pessoas que são sendo imaginativas’, afirmou.

Vale dizer que vários dos livros lidos são tradicionais e outros nem tanto, pois abordam temas como casamento gay e pessoas transgênero. Um dos favoritos da multidão foi “My Princess Boy”, um conto sobre um jovem que gosta de se vestir como uma menina e ainda é amado por sua família.

Após todas as leituras há também uma rodada de debates sobre os livros onde as crianças dão suas opiniões a respeito.

Eis uma ótima maneira de gerar reflexão nos pequenos, hein?

 

Imagens: Reprodução/fonte:[via]